Vai por mim: San Francisco a Los Angeles de carro

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Highway 1, entre San Francisco e Monterey

Pecorrer a costa da Califórnia entre San Francisco e Los Angeles pela lendária costeira Highway 1 está na lista de viagens de sonho de muita gente.

  • Desde 20 de julho de 2018 o trecho de Ragged Point está reaberto ao tráfego, possibilitando percorrer toda a Highway 1 pela costeira. Leia aqui.

Quantos dias na Highway 1?

Não é dividindo os 730 quilômetros entre San Francisco e Los Angeles por nenhuma velocidade média que você descobre quantas horas são necessárias para cumprir o percurso. Trata-se de uma viagem para fazer sem afundar o pé no acelerador – e parando a cada mirante que se oferecer pelo caminho.

Para esquadrinhar trecho por trecho da costeira, você vai precisar de três dias inteiros, pernoitando primeiro em Monterey ou Carmel e depois em San Luis Obispo ou Santa Bárbara antes de chegar a Los Angeles. Tendo apenas dois dias disponíveis, dá para fazer o filé; programe o pernoite em Monterey ou Carmel. Se dispuser de mais dias, demore-se em Big Sur (para fazer trilhas nos parques) ou em Santa Bárbara (para esgotar as vinícolas do Vale Santa Inês ou pegar praia).

Qual é a melhor parte?

O eixo Monterey-Carmel-Big Sur, de apenas 70 quilômetros, detém a maior concentração de “uau” por quilômetro rodado. Neste trecho você vai encontrar o fabuloso Aquário de Monterey, a ultracenografada 17-Mile Drive, o charmosinho vilarejo de Carmel e a vertiginosa costeira até a entrada da reserva de Big Sur. Caso não se interesse por Los Angeles, você pode pernoitar e retornar dali mesmo (de Carmel a San Francisco são menos de 200 quilômetros pela auto-estrada 101, que vai pelo interior).

Negocie com o GPS

Se você quer aproveitar bem sua viagem, dirigir nos Estados Unidos sem GPS é impossível. Leve o seu do Brasil, compre um ao chegar ou certifique-se de que a sua locadora tem um aparelho para alugar. Nesta rota, porém, não basta ter um GPS: é preciso fazer com que o danado obedeça às suas ordens. Aprenda a programar os trechos que você quer fazer pela Highway 1, que é uma estrada secundária.

San Francisco: sem carro

Se você ficar uns dias antes em San Francisco (o mínimo ideal são quatro dias), não é preciso estar de carro desde o início. Assim como Nova York, San Francisco é uma cidade para ser explorada a pé e de transporte público (e quando precisar, o táxi não é caro). Deixe para pegar o carro no último dia – e aproveite para dar um rolê no Vale de Napa. Os vilarejos vizinhos de St. Helena e Yountville, que concentram as vinícolas e restaurantes, estão a uma hora e meia da Union Square.

Leia mais: 40 hotéis em San Francisco comentados pelos leitores

Leia mais: 4 dias em San Francisco, no Hotel California Blog

Leia mais: Sausalito de carro, com direito ao melhor mirante para a Golden Gate

Leia mais: Uma tarde perfeita no Vale de Napa

Leia mais: Vale de Napa: um jantar cedinho no Bouchon

Leia mais: Berkeley: um jantar no Chez Panisse

Leia mais: San Francisco & Napa: os tours personalizados em português da Maryanne

De San Francisco a Monterey (200 km)

O dia em que parti amanheceu muito feio, então não fiz questão de ir pela costeira desde o início. Saí de San Francisco pela auto-estrada 101 e peguei a Highway 1 em Half Moon Bay, 50 quilômetros adiante. Os 80 quilômetros seguintes, até pouco antes de Santa Cruz, ostentam uma costa ainda selvagem, quase toda protegida por parques estaduais. Há falésias e dunas banhadas por um mar azul e bravo.

Já os 70 quilômetros entre Santa Cruz e Monterey são pouco interessantes: muito já foi urbanizado, e a estrada corre por longos trechos sem vista para o mar. Em Monterey, dirija-se à Cannery Row, antiga região de fábricas de sardinha que foi transformada num cais turístico. No fim da rua fica uma das maiores atrações da Califórnia: o Monterey Bay Aquarium, que tem uma coleção sensacional de invertebrados marinhos – esponjas, anêmonas e outros exóticos habitantes dos corais, iluminados com maestria. As lontras também têm muitos fãs. Ponha o carro num estacionamento coberto (e não deixe nenhum sinal aparente de que está carregando bagagem).

Leia mais: De carro na Califórnia, parte 1: de San Francisco a Monterey

Leia mais: 11 hotéis em Monterey comentados pelos leitores

De Monterey a Carmel (15 km)

Você nunca levou tanto tempo para cobrir tão pouco chão (engarrafamentos na Marginal em frente ao Robocop não contam). A 17-Mile Drive é uma estrada particular que vai do bairro Pacific Grove, em Monterey, até a entrada de Carmel. Apesar do nome, a estrada tem menos de 10 milhas. Cada carro paga 9 dólares para entrar e ganha um mapinha para zanzar pelo condomínio de Pebble Beach -- onde você pode pensar que as pedras fincadas no mar são obra dos mesmos arquitetos e paisagistas que criaram as mansões e os campos de golfe do caminho. Passando o portão de saída você estará em Carmel, uma cidade-bibelô em que nada está fora do lugar.

Os hotéis de Monterey são bem mais em conta (e pela auto-estrada, ficam a meros 10 minutos), mas se você puder cacifar uma noite em Carmel, fique. É um belo lugar para guardar o carro e caminhar pelo centrinho, bisbilhotando as lojas e galerias e escolhendo um restaurante para jantar.

Leia mais: De carro na Califórnia, parte 2: de Monterey a Carmel

Leia mais: 9 hotéis em Carmel comentados pelos leitores

De Carmel a Big Sur (50 km)

Se na 17-Mile Drive você testemunha o quanto o homem pode embelezar um ambiente natural, na Highway 1 entre Carmel e Big Sur você vai ver belezas naturais em estado bruto: a estrada se equilibra entre montanhas altíssimas e desfiladeiros à beira-mar. (OK: neste trecho também há duas pontes construídas pelo homem para que você possa apreciar toda essa natureza.) Pouco depois de 40 km, porém, a estrada envereda por dentro da mata.

Por ali, procure a Pfeiffer Beach, uma das prainhas mais bonitas da Califórnia -- fica no Pfeiffer Big Sur State Park, ao final da Sycamore Road. Outro programa nota 10 para culminar este passeio é marcar um almoço no Sierra Mar, restaurante do cultuado hotel Post Ranch Inn, dependurado na montanha à beira-mar (abre do meio-dia às 15h; reserve pelo opentable.com).

Leia mais: De carro na Califórnia, parte 3: de Carmel a Big Sur

San Luis Obispo e Santa Barbara

A 210 quilômetros de Carmel pela Highway 1, San Luis Obispo tem uma missão católica bem-conservada. No caminho, 65 quilômetros antes de chegar você pode visitar o Hearst Castle, um delírio do milionário William Randolph Hearst que hoje funciona como parque estadual da Califórnia.

Mais 170 quilômetros na direção sul e você chega a Santa Barbara, linda cidade colonial espanhola convertida em balneário. Os bacanas ficam no Four Seasons e jantam nos restaurantes de Montecito – mas dá para se divertir também ficando num hotel plebeu da região do porto e conferindo à noite o movimento da State Street. Santa Barbara é também a base ideal para refazer o caminho dos personagens do filme Sideways – as vinícolas do vale de Santa Inês estão a menos de 40 minutos de viagem. De Santa Barbara a Los Angeles são mais 150 km; no meio do caminho, aproveite para dar uma paradinha no Premium Outlets de Camarillo (a 70 km).

Leia mais: De carro na Califórnia, parte 4: de Big Sur a Santa Barbara

Leia mais: 6 hotéis em San Luis Obispo comentados pelos leitores

Leia mais: 12 hotéis em Santa Barbara comentados pelos leitores

Leia mais: De carro na Califórnia, parte 5: de Santa Barbara a Los Angeles

Los Angeles: fique com o carro

Se San Francisco é melhor sem carro, Los Angeles só é possível sobre rodas. E o GPS será o seu melhor amigo para se entender com as free-ways (e descobrir os caminhos menos engarrafados para todos os seus percursos). Fique pelo menos quatro dias: há muito o que rodar.

Leia mais: Onde ficar em Los Angeles: Santa Monica ou West Hollywood?

Leia mais: Los Angeles: 5 lugares para descer do carro

Leia mais: Los Angeles: o tour fofoqueiro por Hollywood do TMZ

Leia mais: 60 hotéis em Los Angeles comentados pelos leitores

Leia também:

1339 comentários

Thaís Melo
Thaís MeloPermalinkResponder

Olá, você acha que fazer esse trajeto em fevereiro vou perder muito da paisagem? Considerando o frio... obrigada.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thais! A temperatura não influi nesta rota, porque nem no verão você teria vontade de pegar praia.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Na primeira quinzena de julho essa rota tem muita gente?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luciana! Não há problema em mês nenhum do ano.

Ivan Sinigaglia

E San Diego? Não vale uma esticada até la? Alguma diga deste trecho? Obrigado.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ivan! Sim, vale! Separe três dias para lá. Infelizmente não temos conteúdo sobre a cidade.

Angelo
AngeloPermalinkResponder

Olá!
Ficaremos alguns dias em S Francisco, depois iremos ao Yosemite Park. Em seguida retornaremos à Highway 1 em Monterrey. Você acha que perderemos muito acerca de visual no início da estrada, entre São Francisco e Monterrey?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Ângelo! O filé do caminho é entre Monterey, Carmel e Big Sur.

Flavio
FlavioPermalinkResponder

Ola , entre os meses de setembro e novembro , escolheria um melhor pra fazer a rota ? Obrigado e parabéns pelo site , è top. Abcs.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Flavio! Setembro e outubro têm o melhor clima.

Sergio
SergioPermalinkResponder

Olá! Irei na primeira quinzena de novembro mas estou com receio de pegar o tempo nublado e também muita neblina. O que vc acha?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Sergio! Este é um risco que você corre o ano inteiro. Os meses com menos neblina costumam ser setembro e outubro.

JULIANA
JULIANAPermalinkResponder

Pretendo fazer esse trecho em janeiro próximo. Algum comentário contra ir nesta época? O que diria do clima lá neste período?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Juliana! Estará frio, mas isso não tem muita relevância nesta rota, já que mesmo no verão a idéia é contemplar, não pegar praia.

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Adorei o site e as dicas! Pretendo fazer esta viagem no final de setembro e início de outubro, mas dos 3 dias que separei, estou com planos de passar antes em Napa Valley 1 dia para depois seguir pela Higway 1. Gostaria de saber sua opinião. Seria viável fazer o filé que você mencionou ser Monterey, Carmel e Big Sur em dois dias?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Quem responde é A Bóia. É viável, sim.

Júlia
JúliaPermalinkResponder

Oi! Por favor, acha que posso seguir o mesmo roteiro “ao contrário” (Los Angeles para São Francisco)?!
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Júlia! Não há nenhum impedimento. Mas no trecho junto ao mar você terá a vista prejudicada pelos carros que vêm no sentido São Francisco-Los Angeles, e terá mais dificuldade para identificar os mirantes e atravessar para o outro lado.

Amilcar Pessoa

Vc sabe se custa caro pegar um carro alugado em Los Angeles e devolver em São Francisco ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amilcar! Tem agências que cobram sobretaxa de devolução em outra cidade, outras não cobram. Faça seu orçamento em sites que comparam preços como o nosso parceiro Rentcars.

Flávio Henrique

Boa noite, querida Bóia! Primeiramente, obrigado pelas dicas! São sempre sensacionais!
Dúvida: estarei na Califórnia entre 7 e 20 de Janeiro. Pretendo realizar uma série de passeios, incluindo a Highway 1, parando em Carmel, Monterrey e Santa Barbara. Nesse caso, seria melhor, considerando-se a vista que se tem no sentido SFO-LAX, realizar primeiro outros passeios previstos na minha viagem (Disney, Grand Canion, Yosemite), seguindo "por dentro" para SFO e, de lá, vir descendo? Obrigado!

Eliane
ElianePermalinkResponder

Boa noite! Primeiramente parabéns pelo site! Simplesmente sensacional! Estarei indo para São Francisco em setembro e depois o próximo destino é los Angeles. Terei somente 1 dia disponível para fazer esse deslocamento. Será que vale a pena sair cedinho de são Francisco e ir de carro até Los Angeles? Gostaria muito conhecer o trajeto. Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Eliane! São 700 km. Não há tempo de fazer nenhuma parada nem de vir pela estrada costeira, que é mais lenta.

Rosana Bomfim Moreira

Se eu tiver 15 dias, vindo de Sao Francisco, indo p Monterrey, Carmel, Cambria, Las Vegas e Los Angeles! Fica muito puxado? De carro é claro!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Rosana! Pense em 4 dias para San Francisco, Los Angeles e Las Vegas, é o mínimo.

Amanda
AmandaPermalinkResponder

Não é possível seguir o roteiro com GPS do celular? Obrigada e parabéns pelo site! Amo!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Amanda! É sim. Só tem que se certificar de que ele está te mandando pela costa. Na época do post foi feito com GPS comum, que não tinha todos os recursos do celular.

VICTOR JUNIOR PINHEIRO

OI!! Estou planejando ficar 18 dias inteiros na California, desembarcar em LAX subir para SF passar o final de semana lá e descer pela costa. Vou estudar mais as dicas, mas onde eu poderia estender mais a parada, Carmel?, SAnta Barbara? aproveitar e fazer umas caminhadas em parques? Alguma dica extra? Estarei viajando sozinho. Obrigado!!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Victor! O filé da costa está entre Monterey e Carmel, Big Sur e San Luis Obispo.

MATILDE MARIA PEREIRA BATATINHA

Olá. Muito boas as dicas.
Vou em maio para São Francisco, quero ir para Los Angeles pela Highway. Porém estarei sozinha. Fica caro alugar um carro.
Sabe me dizer se tem ônibus ou excursão por esse trajeto?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Mathilde! Não que conheçamos.

Cybele
CybelePermalinkResponder

Olá! Muito grata por todas as dicas!
Vou fazer a rota em junho desse ano, pensei em dormir 5 noites em San Francisco, 1 noite em Monterey,1 em Carmel, 1 em San Luis Obispo, 1 em Santa Bárbara e 5 em Los Angeles.
Vocês acham uma boa divisão de tempo em cada local?
Obrigada!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Cybele! Está ótimo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar