RioCard Rock in Rio: posto de entrega OK, embarque tumultuado

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Fila dobrando o quarteirão na Praça General Osório

A Bóia foi buscar o seu RioCard para usar o ônibus de primeira classe para o Rock in Rio e traz notícias -- inclusive do embarque do primeiro dia, que está complicado.



Plantão Rock in Rio: últimas notícias sobre o ônibus Primeira Classe


Texto e fotos | A Bóia

Duas notícias boas e uma não muito para quem vai utilizar os ônibus Primeira Classe para chegar ao Rock in Rio.

Posto de entrega do RioCard na Fundição ProgressoEntrega do RioCard na Fundição Progresso

Primeira boa notícia -- para quem ainda precisa buscar o RioCard: a transferência do local de entrega dos cartões para a Fundição Progresso deu super certo. Há uma equipe grande e bem preparada para o atendimento ao público. O espaço para a fila, no saguão da Fundição, é bastante amplo.

Entrega do RioCard na Fundição Progresso

Às 15h desta sexta-feira, todo o processo de preenchimento de ficha, espera e recebimento do cartão não levou mais do que 5 minutos.

Ônibus primeira classe Rock in RioÔnibus primeira classe Rock in Rio

Segunda boa notícia -- agora, sobre os ônibus utilizados: são os frescões que fazem serviço para o aeroporto. As poltronas são acolchoadas e reclináveis, e o ar-condicionado costuma ser bastante potente.

Embarque do ônibus de primeira classe

A má notícia... bem, pelo menos no ponto da Praça General Osório, em Ipanema, o embarque está bastante tumultuado. A fila chegou a dobrar a esquina. Há poucos funcionários presentes, que não parecem saber exatamente como organizar a entrada dos passageiros nos ônibus. Às 17h30, meia hora após o horário de saída marcado, ainda há muita gente esperando na fila e menos ônibus do que o necessário para transportar todas as pessoas.

Dica da Bóia: chegar pelo menos 40 minutos antes do horário de embarque, para garantir o seu lugar e não enfrentar confusão. O ônibus é VIP, mas o serviço... nem tanto.

Não perca:

Viaje no Rock in Rio: página-índice com todos os posts

Assine o Viaje na Viagem por email - VnV por email
Visite o VnV no Facebook - Viaje na Viagem
Siga o Ricardo Freire no Twitter - @riqfreire
Siga o Viaje na Viagem no Twitter - @viajenaviagem


13 comentários

Cristina
CristinaPermalinkResponder

Outra má notícia: os aeroportos estão enlouquecidos. Saí de Viracopos as 16:30, com 20 min de atraso e tinha gente batendo boca no saguão para chegar a tempo de pegar o ônibus. Santos Dumont a fila de taxi só não foi tão grande pq a fila do ônibus do Rock in Rio estava maior.

Andre L.
Andre L.PermalinkResponder

Definitivamente, o Brasil não está preparado para grandes eventos. Imaginemos o que vai acontecer nas Olimpíadas...

Não gosto de ser pessimista, mas com puxadinhos da Infraero vindo por aí, tráfego aéreo aumentando, e obras de tráfego (novas avenidas, novas vias expressas, novas vias de metrô) lentas, não há como não esperar pelo caos em 2014 e 2016.

Fico até imaginando cias. aéreas "apelando" para pessoas que viajam a serviço para deixarem os turistas com ingressos na mão embarcarem nos seus lugares.

Ernesto, o pato

Andre

Penso exatamente o mesmo!

PêEsse
PêEssePermalinkResponder

Eu também. Embora torça para estar errado, sou absolutamente cético. E isso para não falar na roubalheira.

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Peguei o onibus de 13hs no Castelo, razoavelmente organizado. Ninguém conferia ponto de partida e horário, o que acabou agilizando o embarque.
O retorno foi também organizdo - mas saí antes do ultimo show, no fim da noite é que é a maior aglomeração.

Elisa
ElisaPermalinkResponder

Parabéns à Boia pela cobertura in loco/real time. smile

belarmino
belarminoPermalinkResponder

como foi a saida, tumultuada, os onibus levaram as pessoas ate o terminal alvorada, poderia ir parando em outros ponto que nao seja o terminal, e taxi ficavam a quanta distancia da saida para atender aos interessados, e sabem dizer se estavam metendo a faca no preço e o cartao de onibus estavam mesmo vendendo la na cidade do rock para a volta por quanto, e exemplo eu indo hoje posso comprar os cartões de onibus da semana que vem, resposta,grato

Eneida
EneidaPermalinkResponder

Meu relato: Cheguei na Pça Gen Osório às 15 h e a fila era enorme, morosa. Os ônibus paravam na Jangadeiros, dando um nó, já que a rua é super estreita e não havia nenhuma organização especial que limitasse o estacionamento no local. Ninguém controlava a hora de embarque comprada. O cartão só computa o crédito em reais, digo, o débito no saldo em reais existente. e o MAIS ABSURDO, quem pagasse 20 reais, embarcava na hora, fora da fila!!!! Isso não era suborno como pensei de início. Era uma rotina. Na volta ocorria o mesmo e 3 pessoas não embarcaram no meu ônibus porque segundo o responsável não eram dos azuis que tem uma catraca na entrada. Aliás essa catraca retarda em muito a entrada dos passageiros. O embarque demora mais que ônibus de rodoviária, com malas, etc...
Resumindo: Levei 2 horas em pé na praça para embarcar e mais 2h e 15min pra chegar lá . Saí assim que acabou o show do Elton John e levei uns 15 min na fila. Imagino o inferno no final!!!
Se nada mudar nas regras TODOS podem embarcar nas linhas Primeira Classe onde e quando quiserem, com e sem cartão, e , pelo que vi, quem não tem cartão sai na frente!!
Bom show pra vocês!!

Gilberto
GilbertoPermalinkResponder

Não consigo entender a incompetência dessa turma. É só copiar o que já dá certo o ano inteiro.
Porque um clássico no Maracanã ou no Engenhão não dá esse tipo de problema? Simples: Não tem essa burrice de fechamento de vias e criação de linhas especiais. Simplesmente usa-se o ônibus ou o trem ou metrô normais, de todo o dia. Eventualmente algum reforço, e pronto: nada de "ônibus primeira classe" e a sacanagem que foi deixar a trurma do ônibus comum a 1,5km de distância. Tinha também que ter estacionamento - espaço não falta por ali.
Show de incompetência.
Espero que aprendam para os próximos eventos.

Giselma Augusto

Estou simplesmente revoltada!!! Eu e mais quatro pessoas da minha família compramos o cartão para entrega em Brasília e dois dos cartões não foram entregues. Depois de dias tentando contato para receber orientações nos falaram para levarmos documentos pessoais e comprovantes de compra e pagamento para embarcarmos sem problemas. ENGANO... Na hora do embarque a pessoa da Empresa que era responsável pelo ponto na Siqueira Campos não tinha mais cartões adicionais e não autorizou nosso embarque até que os cartões chegassem. Detalhe, já estávamos a mais de duas horas na fila, nosso horário estava marcado para as 17h e chegamos às 16h, prevendo transtornos. Só conseguimos embarcar por volta das 19h e chegamos no evento depois das 21h e 30min, pois o ônibus que deveria ser "expresso" fazia paradas nos pontos cobrando 20,00 para as pessoas que quisessem ir em pé. Quem não comprou o cartão antecipado podia pegar o ônibus sem fila e sem problemas e nós que compramos e não recebemos tivemos que passar pelo constrangimento de sermos retirados da fila e não poder embarcar. Conclusão: Perdemos os Shows de abertura.

Luiz Jr. (Blog Boa Viagem)

Detalhe - o problema do RioCard é na hora de voltar! Imagine as 100.000 pessoas querendo ir embora todas ao mesmo tempo! Os coletivos sairam como verdadeiras latas de sardinha, totalmente lotados no último sábado.

Luísa
LuísaPermalinkResponder

Como assim transferência dos locais de entrega pra Fundição Progresso? Todos os cartões que seriam retirados em outros locais (escolhidos na hora de comprar pelo site) agora devem ser retirados lá? Alguém sabe dizer se as filas pra retirada continuam grandes?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luísa! No Centro o local de retirada de cartões comprados pela Internet mudou da Rua do Carmo para a Fundição Progresso. Na Barra, a notícia que temos é de que mudou do Terminal Alvorada para Av. Ayrton Senna nº 200, mas vale a pena confirmar antes de se deslocar até lá.
a entrega está sendo feita no Terminal Alvorada, segundo atualização do site do RioCard: http://www.cartaoriocard.com.br/rockinrio/
No Centro não havia fila e o atendimento foi cordial e rápido.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar