Buenos Aires diferente: Salão do Automóvel e Museu dos Beatles

Viaje na Viagem
por Viaje na Viagem

Buenos Aires

Enviado especial | Alexandre Costa, do O que se faz

Há quem prefira sempre viajar para conhecer novos lugares. Eu não tenho nada contra isso, mas adoro retornar a destinos já visitados.

É uma boa oportunidade de explorar a cidade por outros ângulos, voltar naquela atração favorita ou estar naquele local que não deu tempo de ir na última viagem. Quando recebi o convite do Viaje na Viagem para regressar a Buenos Aires e conferir algumas atrações fora do tradicional circuito turístico, topei na hora!

Floralis Generica, na Recoleta

Recoleta

Logo na chegada a Buenos Aires percebi que a 9 de Julio se transformou em um grande canteiro de obras para instalação dos corredores de ônibus BRT (Bus Rapid Transit), as ruas da Recoleta continuam charmosas, Palermo permanece com um ar descolado, e a inflação corroeu o bordão dame dos, muito praticado pelos turistas brasileiros há alguns anos.

Salão Internacional do Automóvel

A minha primeira parada foi no 6º Salão Internacional do Automóvel de Buenos Aires, que aconteceu entre 20 e 30 de junho. Realizado nas instalações da La Rural, um dos mais importantes centros de exposições da cidade, o evento marca o lançamento dos carros das grandes montadoras para a América Latina.

Salão do Automóvel de Buenos Aires

Salão Internacional do Automóvel

Eu confesso que não sei para que serve o alternador, virabrequim e jamais imaginei que em um carro havia uma peça chamada telescópio. Mas mesmo para quem não é um entusiasta da indústria automobilística, visitar o salão é uma oportunidade interessante para ver as novidades que estarão em breve nas ruas.

Salão do Automóvel de Buenos Aires

Salão do Automóvel de Buenos AiresSalão do Automóvel de Buenos Aires

Mas o evento conta também com carros que não veremos tão cedo desfilando por aí. São os carros-conceito, veículos experimentais onde são aplicados novos conceitos estéticos e tecnológicos, que podem se tornar no futuro um modelo de produção em série ou, a hipótese na qual mais acredito, para deixar a gente babando de desejo de ter um carro assim na garagem.

Ford Evos Concept, Salão do Automóvel de Buenos Aires

Ford Evos Concept

É o caso do Ford Evos Concept, equipado com belas portas que abrem para cima, no chamado estilo asa de gaivota. E se um carro tem asas, é para não deixar dúvidas de que ele voa!

Fun-Vii Toyota, Salão do Automóvel de Buenos Aires

Fun-Vii Toyota

O Fun-Vii Toyota, carro-conceito criado para agradar aos mais moderninhos, possui conexão com a internet, integração com smartphones e tablets, além de ter um carroceria feita de uma tela que permite personalizar o possante com a cor ou imagem que o dono quiser. Mais nerd, impossível!

Ford Mustang Shelby GT500 Cabrio, Salão do Automóvel de Buenos AiresFerrari 458 Spider, Salão do Automóvel de Buenos Aires

Ford Mustang Shelby GT500 Cabrio | Ferrari 458 Spider

E ainda consegui conferir de perto alguns verdadeiros Carrões, com C maiúsculo mesmo, como a Ferrari 458 Spider e o Ford Mustang Shelby GT500 Cabrio.

Mas os momentos de maior agitação na programação do evento são as coletivas de imprensa onde são apresentadas ao mercado as novidades de cada montadora. Estava presente durante a coletiva da Ford, que apresentou o Kuga, um crossover ainda não vendido no Brasil, o novo Fiesta e o novo Focus.

Ford Focus, Salão do Automóvel de Buenos Aires

Ford Focus

A nova versão do Focus ganhou uma repaginada no design, além de partida sem chave, sistema multimídia com tela touch-screen, entre outras novidades. Um carro assim só falta estacionar sozinho. Ops, não falta! Ele possui um sistema de estacionamento automático, que manobra o veículo em vagas paralelas sem que o motorista toque no volante. O sistema monitora os espaços disponíveis na rua, faz o cálculo e realiza a manobra automaticamente.

Museu dos Beatles

Museu dos Beatles, Buenos Aires

Museu dos Beatles

A outra atração inusitada que conheci em Buenos Aires foi o Museu dos Beatles, desconhecido da maioria dos turistas e até mesmo dos portenhos. Ela está localizado no Centro Cultural Paseo La Plaza, na Calle Corrientes, em pleno centro da cidade.

Trata-se do primeiro museu da América Latina dedicado aos garotos de Liverpool e possui o maior acervo do tema fora da Inglaterra. A coleção pertence a Rodolfo Valquéz e possui cerca de 8.500 itens, mas devido à limitação do espaço físico, apenas 2.500 peças estão expostas no local.

Museu dos Beatles, Buenos Aires

É uma coleção pra beatlemaníaco nenhum botar defeito! São várias peças de vestuário, fotos, discos, ingressos de shows, guitarras, canecas, bonecos, luminárias, jogos e até guarda-chuvas!

Museu dos Beatles, Buenos Aires

Museu dos Beatles, Buenos AiresMuseu dos Beatles, Buenos Aires

Uma das peças mais valiosas é um dos 5 mil tijolos originais do antigo The Cavern Club, leiloados depois da sua demolição em Liverpool no ano de 1983. O local foi palco de quase 300 apresentações dos Reis do Ié-Ié-Ié.

Museu dos Beatles, Buenos Aires

Museu dos Beatles, Buenos AiresMuseu dos Beatles, Buenos Aires

Para fechar com chave de ouro a minha viagem, nada melhor que uma caminhada no final da tarde por Puerto Madero. E foi durante esse passeio que descobri que logo atrás daqueles prédios modernos do bairro existe a Reserva Ecológica, um parque público com 350 hectares e uma grande diversidade de animais da fauna local.

Puerto Madero, Buenos Aires

Puerto Madero

É a prova de que sempre tem algo diferente para conhecer em Buenos Aires.

Alexandre Costa viajou a Buenos Aires a convite da Ford do Brasil.

[Transcrito manualmente de um post publicado em julho de 2013. Pedimos desculpas pelos comentários que não puderam ser transferidos]

Leia mais:

1 comentário

Paula
PaulaPermalinkResponder

Adorei as dicas! Mas, só pra avisar, o link de BA em modo slow está fora do ar! Abraço

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar