Como ir do novo aeroporto de Natal à cidade (e a Pipa)

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Aeroporto de Natal

Na boa: nunca entendi por que Natal precisava de um novo aeroporto. O "antigo" nunca me pareceu antigo; foi reformado em 2000, e deixava no chinelo aeroportos de capitais sensivelmente mais prósperas, como Florianópolis e Goiânia. (Perto do aeroporto de Porto Seguro, então, o aeroporto velho de Natal parecia Heathrow.) Sua maior vantagem era a proximidade: ficava a apenas 15 km das zonas turísticas da Via Costeira e de Ponta Negra, um trajeto que dava para percorrer em 20 minutos com trânsito fluido ou no máximo no dobro disso, em horário de pico. Além do mais, o aeroporto se localizava já na saída para o litoral sul: Pipa estava pouco mais de 70 km adiante -- uma viagem de pouco mais de uma hora com trânsito normal, ou 1h30 se você pegasse engarrafamentos na saída e veículos lentos entre Goianinha e Tibau.

O novo aeroporto, instalado no município de São Gonçalo do Amarante, fica a 35 km dos resorts da Via Costeira. É o primeiro aeroporto construído e gerido pela iniciativa privada, sem participação da Infraero. Confesso que não investiguei a fundo as razões para a sua construção (uma leitura dinâmica na internet fala em ampliação da capacidade de transporte de carga; me lembro também de projetos imobiliários faraônicos de turismo de segunda residência no litoral norte que implodiram com a crise de 2008). Atualização: o A.L. deixou na caixa de comentários um apanhado das razões ~oficiais~ que levaram à construção do novo aeroporto; leia aqui (já há também comentários críticos de usuários do aeroporto).

É possível que o novo aeroporto esteja mais próximo de quem mora em bairros da zona norte de Natal. Mas para o turista, a nova localização é uma dor de cabeça. (Se o seu destino for Pipa, como demonstro mais adiante, vale a pena considerar voar a João Pessoa.)

Como é o novo aeroporto

Aeroporto de Natal

As notícias da inauguração, feita às pressas para habilitar o aeroporto para a Copa, davam conta de problemas operacionais sem fim. Mas quando desembarquei, num domingo de dezembro, tudo me pareceu em ordem.

Aeroporto de Natal

As instalações no geral me causaram muito boa impressão (só não entendi o "teto solar" da praça de alimentação do piso superior, que proporciona o mesmo efeito-sauna das salas de embarque do Santos Dumont).

Táxi, van e ônibus para Natal e Pipa

Aeroporto de Natal

Depois de pegar as malas, o passageiro passa por um corredor onde pode contratar táxi ou van para Natal.

Táxi

Um táxi para a Via Costeira ou Ponta Negra sai R$ 110, para até 4 passageiros, pela tabela (outubro/2016). Se preferir, você pode ir direto à calçada de desembarque e pegar um táxi pelo taxímetro.

Para Pipa, R$ 240, até 4 passageiros (outubro/2016).

Van

Dá para ir a Natal de van, a R$ 30 por passageiro. As vans saem coordenadas com as chegadas dos vôos, não é preciso reserva.

Pipa também é servida por vans. A passagem custa R$ 60. A Pipa Tranfer aceita reservas (tel. 84/994-737-848).

Trânsfer a Pipa

Se você está pensando em ir do aeroporto a Pipa de táxi, sai mais barato aceitar o trânsfer que a sua pousada certamente vai lhe oferecer ao confirmar a reserva. O traslado em carro particular para até 4 pessoas sai R$ 180 de dia e R$ 200 à noite.

Ônibus

A linha R da empresa Trampolim da Vitória passa de hora em hora e leva ao Midway Mall por R$ 2,65 (outubro/2016). De lá você pode continuar de ônibus ou táxi à Ponta Negra.

De carro: os trajetos entre o aeroporto e Natal

Há três caminhos possíveis entre o aeroporto de São Gonçalo do Amarante e as zonas turísticas de Natal. Se você alugar carro, é melhor perguntar qual a melhor alternativa do momento para... o Waze smile

Conte em levar entre 50 minutos com trânsito fluido, e até 1h30 com trânsito pesado.

Via avenida Bernardo Vieira

O caminho mais curto (33 km), mas provavelmente mais congestionado, é o que passa pela Zona Norte natalense. Você pega o acesso duplicado do aeroporto à BR 406 (Macau-Natal) e segue reto: você atravessa o rio Potengi pela ponte de Igapó e segue pela avenida Bernardo Vieira. Siga as placas (e o Waze!) e você vai passar pela Arena das Dunas e seguir pela Roberto Freire até Ponta Negra ou Via Costeira.

Via Ponte Newton Navarro

Um trajeto mais longo (38 km) porém mais agradável para chegar à cidade é sair do aeroporto para a BR 406 (Macau-Natal) mas, em vez de seguir reto até a ponte do Igapó, desviar à esquerda na RN 302 (Av. Dr. João Medeiros Filho), que leva à praia da Redinha e permite que você chegue gloriosamente em Natal pela beira-mar, atravessando a ponte Newton Navarro e recebendo as boas-vindas do Forte dos Reis Magos. Dali é só seguir em frente que você dá na Via Costeira e, posteriormente, em Ponta Negra.

Via São Gonçalo/Macaíba

A terceira alternativa, a mais longa (40 km), pode valer a pena em caso de congestionamento sério nos outros dois caminhos. Ao sair do aeroporto, vá na direção de São Gonçalo do Amarante e Macaíba. Use o Waze ou siga as placas para as duas cidades; seu destino é a BR 304 (Fortaleza-Natal). A rodovia desemboca na BR 101 e passa em frente ao antigo aeroporto, de onde você segue pelo caminho de antigamente à Ponta Negra e à Via Costeira.

De carro: o trajeto do novo aeroporto para Pipa

A maior falha do novo aeroporto foi ter sido inaugurado sem o acesso sul devidamente construído. Com isso, quem vai para o litoral sul acaba tendo que passar pelos centrinhos das cidades de São Gonçalo do Amarante (pequenininha) e Macaíba (maiorzita, à beira da BR 304, Fortaleza-Natal). Ainda assim, é melhor do que entrar e sair de Natal. No total, serão 98 km.

O início do caminho é igual à terceira alternativa de quem vai a Natal: siga as placas (ou o Waze) para São Gonçalo do Amarante e Macaíba e pegue a BR 304 (Fortaleza-Natal) no sentido Natal. No entroncamento com a BR 101, saia à direita para pegar o sentido Recife. Sem trânsito, eu fiz do aeroporto até ali em 30 minutos.

A partir daí, o trajeto é igualzinho ao que era antes: a estrada vai por Parnamirim e São José do Mipibu (pegando dois trechos urbanos com semáforos e engarrafamento) e depois segue livre até Goianinha, quando você passa por baixo do viaduto e segue para Tibau do Sul (use o GPS ou o Waze, a sinalização é bastante confusa no centro de Goianinha). Há duas chegadas possíveis a Pipa: pelo centrinho de Tibau (mais lenta porém mais bonita, porque você passa rente às falésias em Cacimbinhas) ou pela via expressa, que sai antes do centro de Tibau e é indicada para dias de trânsito muito pesado.

Alternativa a Pipa: voar a João Pessoa

Apesar de estar 40 km mais distante (um trajeto de 138 km), o aeroporto de João Pessoa é a alternativa para uma viagem mais tranqüila a Pipa. O aeroporto está a 3 km da BR 101. Siga no sentido norte. Haverá um pequeno trânsito até a saída para Campina Grande, menos de 10 minutos adiante. Depois disso, a pista estará livre, duplicada e impecável, sem passar por nenhum trecho urbano até Goianinha, onde você entra para Tibau.

Eu fiz o trajeto Pipa-aeroporto de João Pessoa em duas horas cravadas -- exatamente o mesmo tempo que fiz entre o novo aeroporto de Natal e Pipa. A vantagem de João Pessoa é evitar passar pelos centrinhos de São Gonçalo e Macaíba; é um trajeto muito mais fluido e relax. Se o seu destino for Pipa e você encontrar passagem a bom preço para João Pessoa, recomendo ir pela Paraíba.

Caso não alugue carro, saiba que o táxi entre o aeroporto de João Pessoa e Pipa custa R$ 300 na tabela. É melhor aceitar o trânsfer que sua pousada deve oferecer, por R$ 150 de dia ou R$ 180 de noite (outubro/2016).

Leia mais:

65 comentários

A. L.
A. L.PermalinkResponder

Ricardo, foram três as razões mais imperativas (excluindo as conspirações):

1) O aeroporto antigo de Natal é anexo à base aérea, e a FAB já há 2 décadas vinha tendo uns conflitos com as pretensões de ampliação das operações do aeroporto e os conflitos com uso civil e militar. A FAB quer uma base área de amplo controle seu no Nordeste para reforçar programa de treinamentos etc., e dividir espaço com o aeroporto Augusto Severo era um inconveniente. Chegaram a considerar a possibilidade de construir uma nova base aérea e deixar o aeroporto no local antigo, mas decidiu-se por mudar o aeroporto e passar o Augusto Severo ao controle da FAB.

2) Há planos ousados (megalomaníacos, para os cínicos) de construir um aeroporto que no futuro de médio prazo possa servir de hub entre operações da Europa e restante do Nordeste, Brasil e partes da América do Sul. A localização de Natal ajuda, pois pode comportar aviões de menor porte fazendo vôos para Espanha e Portugal. O Augusto Severo não tem como acomodar expansão de pistas, hangares e infraestrutura de apoio necessárias. A questão é que, para isso dar certo, é preciso atrair uma cia. que banque o hub em Natal mais ou menos como a Azul apostou em VCP, em um contexto de aviões maiores e operações internacionais.

3) O governo que implantar um grande polo industrial no contexto de "airport industrial city", e não há a menor chance de isso acontecer na Zona Sul de Natal, enquanto o novo aeroporto tem uma imensa área separada para esses projetos.

Ricardo Freire

Obrigadíssimo, A.L.! Agora entendi grin

Vou pôr um link no texto para a sua explicação. Valeu!

Valter Hugo
Valter HugoPermalinkResponder

Caro A. L,

Sabidamente tudo que relatastes em se comentário é balela. Todos sabemos os reais motivos $$$$ desse novo aeroporto.

O antigo aeroporto já estava inserido dentro do parque industrial da Grande Natal, sendo praticamente vizinho das indústrias e Fábricas. E sabemos a grande quantidade de terrenos disponíveis naquela região para uma ampliação do parque industrial.

Com relação ao HUB do Nordeste, qualquer cidadão em sã consciencia sabe que Natak não dispoe de fluxo de passageiros para atrair uma grande companhia a bancar um HUB, com a parte de cargas pior ainda, uma vez que as grandes empresas que utilizam o transporte aéreo o fazem via GRU ou REC justamente prontidão a estrutura de desembaraço aduaneiro além da maior capilaridade da malha rodoviária para distribuição no Brasil.

A questão da FAB sim, até que é real, mas sabemos que a FAB não tem nem deveria ter poder para uma manobra deste porte.

Estão ai os resultados, nosso turismo capengando e perdendo para todas as capitais do Nordeste, as companhias diminuindo os voos em plena alta estação e os empresários do ramo hoteleiro, locação de veículos e translados desesperados, demitindo e fechando portas.

Parabéns ao governo do RN e ao Governo Federal, que financiaram essa obra com o nosso dinheiro para uma empresa (Inframerica) que está em vias de falência.

Ricardo Freire

Valter, o A.L. não necessariamente concorda com os motivos que listou. Ele apenas complementou a falta de pesquisa do repórter aqui. O seu comentário também é muitíssimo bem-vindo e ajuda a desenhar melhor o contexto, obrigado.

Valter Hugo
Valter HugoPermalinkResponder

Ricardo, tudo o que vice ficar sabendo dos motivos para a construção desse novo aeroporto é balela.

O real motivo foi que o nossos presidente da Câmara Federal Dep Henrique Eduardo, que candidatou-se a governador e foi derrotado na última eleicao, encabeçou e viabilizou junto ao governo federal esse projeto exclusivamente para tirar proveito próprio pois recebeu milhões em indenizações das desapropriações que foram feitas para construção do aeroporto.

É um elefante branco, no meio do nada, com capacidade de passageiros igual a do antigo aeroporto. O acesso e sinalização são sofriveis, algumas áreas estão inacabadas inclusive a parte de cargas foi temporariamente fechada pela avisa. um transtorno para o turista e também para o cidadão natalense.

A desculpa era que haveriam novos voos de Natal a Europa e que o aeroporto se tornaria uma referência para o transporte de cargas, entretanto o que se viu foi a TAP diminuir os voos Natall-Lisboa e a Tam e a Gol os voos domésticos uma vez que muitos passageiros passaram a utilizar João Pessoa e Recife. Um absurdo!

Como se não bastasse o nobre deputado está envolvido em maracutaias com a Inframerica (que administra o aeroporto) e está devendo mais de 50 milhões aos fornecedores que trabalharam na obra, e diariamente fazem filas e protestos na frente do aeroporto.

Como a Infraero proibiu a Inframerica de cobrar as taxas de embarque pois o aeroporto está inacabado, o consórcio está em vias de falência, antes mesmo de completar 1 ano.

A população está revoltada e clama pela volta das operações ao antigo aeroporto.

Roberto
RobertoPermalinkResponder

concordo com o Valter ! retornei de Natal no dia 30/11/15 e estava procurando outras vias para o novo aeroporto quando encontrei este site. Como turista fiquei perdido Via Macaíba. Não há placas indicativas na Br 101 ou dentro das cidades que antecede o aeroporto . Acho que só na rotatória próximo ao aeroporto que aparece indicação. Já o aeroporto, não há conforto para o passageiro que aguarda para liberar a bagagem entre outros... que pela este tipo de obra não ajuda o turismo de Natal. Esse é o nosso Brasil

Francisco Cabreira

É claro e óbvio que Henrique Alves usou de sua influência para a construção deste aeroporto...

Gustava
GustavaPermalinkResponder

- os militares estão arrependidos de terem permitido a saída do aeroporto de onde ele era. Agora não há mais recursos financeiros para melhoria da base aérea. O dinheiro que vinha para a aviação civil beneficiava a aviação militar direta e indiretamente. A fonte secou e o antigo aeroporto, agora só militar, já está cheio de problemas;

- o projeto ambicioso de transformar Natal em hub para Europa e África mixou logo no começo, ainda com o aeroporto só no papel. Pernambuco (ao sul) e Ceará (ao norte) reduziram drasticamente os impostos incidentes sobre querosene de aviação, fazendo com que as aéreas criassem vôos lá. O RN, se e quando conceder isenções parecidas (e não há previsão de que isso aconteça), estará dando apenas o mesmo que outros Estados já deram, só que estes saíram na frente e os vôos já estão consolidados por lá, além de terem atrações semelhantes ou melhores que o RN;

- não há previsão nem recursos para o acesso sul ser sequer iniciado, o que tem feito com que cada vez mais gente, corretamente pouse em João Pessoa, com destino a Pipa (e JP é cidade com vôos mais baratos que Natal, normalmente);

- A Inframérica, consórcio que pode administrar o aeroporto por vinte anos, já quer devolvê-lo, porque ele é imensamente deficitário;

- Subway e Pizza Hut, mesmo depois de terem pago valores para garantir seus espaços no aeroporto, simplesmente desistiram de se instalar por lá;

- os táxis são explorados com base em monopólio (as nocivas "cooperativas") e, por isso, são caríssimos. Perdeu-se a chance de se estimular a concorrência com a instituição do ponto livre. Os preços diurnos são absurdos e os noturnos irreais e inviáveis;

- o viajante/turista, que antes entrava em Natal por uma região bonita e desenvolvida, agora entra por um trecho horroroso, pobre, esburacado e inseguro, extremamente inseguro; e

- antes, se tudo desse errado, o viajante/turista chegava em seu hotel em meia hora; agora, se tudo der certo, ele chegará em uma hora.

O aeroporto, apesar de aparentemente vistoso, é logisticamente péssimo. Mesmo quem vai a Natal apenas uma vez ao ano vai sentir seus efeitos danosos. Quem, como eu, vai com frequência, sabe que o aeroporto é o fruto mal-sucedido de uma manobra política. Como os consórcios tinham de pegar um filé e um osso, um político local manipulou a coisa para que a Inframérica (que queria o filé do aeroporto de BSB) fosse obrigada a pegar o osso do aeroporto de Natal. E deu no que deu.

Lastimável e sofrível. Natal não merecia...

Monica
MonicaPermalinkResponder

Concordo demais com seu ponto de vista, e não poderia estar mais chateada com esse aeroporto na nossa cidade, mas, só pra esclarecer, o Pizza Hut já inaugurou e tudo.

GABRIELA
GABRIELAPermalinkResponder

Balela é pouco. Defender este absurdo que fizeram com dinheiro público só se estiver ganhando por fora e gostaria que os taxista e demais profissionais que viviam do turismo fossem cobrar esta conta. Estive na região em setembro e vi esta gente simples minguando. O que mais me deixa "estarrecida" é o "acabamento" que fizeram neste aeroporto - simplesmente um absurdo: o granito que separa as paredes do banheiro é fixado com cimento jogado com pá e sem alisar. Na ocasião tirei fotos pois é inacreditável o uso de material caríssimo daquele jeito. A localização é terrível. Os taxistas do antigo aeroporto não puderam mais trabalhar pois mudou de cidade e não é permitido atuar em outra. Tive vontade de parar no banco e sacar um dinheiro para presentear o rapaz que dirigia para mim, tamanho o desespero em que está aquele povo.

Sandra Diniz
Sandra DinizPermalinkResponder

Fico triste de saber dessa mudança de aeroporto, pois ao contrário de muitas capitais que os aeroportos são distantes, este era bastante próximo. Parece que os interesses políticos ficam sempre acima do conforto e viabilidade para o viajante. Acredito que isto importará em uma grande demanda para o aeroporto de João Pessoa, pois eu mesma pretendo voltar a Pipa e farei a sugestão de vcs por João Pessoa, obrigada

Ana Claudia
Ana ClaudiaPermalinkResponder

Apenas uma pequena correção. O Shopping Midway fica na zona Leste da cidade, mas nós consideramos uma zona mais central q o próprio centro da cidade. Dele dá pra seguir facilmente para qualquer bairro. Inclusive para Ponta Negra, onde tem os hotéis.

Paulo Torres
Paulo TorresPermalinkResponder

Eu pousei no novo aeroporto de Natal em 17 de junho, ou seja, poucos dias após a inauguração. O cenário: tapumes, lojas vazias, praça de alimentação inexistente, poeira de obra. Só o que funcionava eram as empresas de vans, e mesmo assim de forma improvisada, só com mesas e computadores improvisados em suas lojas ainda inacabadas.

Ah sim: era Copa do Mundo, véspera de Japão x Grécia. Um monte de japoneses no mesmo voo que eu, aparentemente todos já com transporte aos hotéis previamente contratado, foram mais precavidos do que eu.

(Por outro lado, a rodoviária de Natal me atendeu muito bem quando deixei a cidade rumo a Recife. Mesmo havendo sete ou oito ônibus extras fazendo esse trajeto aquela noite, cheios de torcedores indo ver um jogo no dia seguinte na Arena Pernambuco.)

Lilian
LilianPermalinkResponder

Uma atualização: acabo de falar com o senhor de quem o telefone está divulgado no site como uma opção de transporte de van para Pipa e ele não está fazendo o serviço. Para Pipa só em carro privativo por 200 reais o trecho. Alguém conhece uma alternativa mais barata? Vou agora em dezembro e ainda não sei como chegar a Pipa...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lilian! 200 reais é um bom preço. Ligue para sua pousada e veja se eles têm algum transporte compartilhado engatilhado para o dia da sua chegada. A alternativa seria ir de ônibus ou táxi até a rodoviária de Natal e pegar um ônibus a Tibau do Sul. De lá você seguiria de van a Pipa. Se você achar que vale perder um dia de viagem para economizar 150 reais...

Felipe
FelipePermalinkResponder

Ricardo, o trecho João Pessoa-Pipa tem trecho urbano em Mamanguape-PB. Vejo que as pessoas ainda não se contentaram com o novo aeroporto, mas mais cedo ou mais tarde isto teria que acontecer, inclusive outras cidades como Recife e Fortaleza já estão cogitando transferir os aeroportos para locais distantes por falta de espaço para futuras ampliações e principalmente para a construção de uma segunda pista, que em breve será necessária. O Novo Aeroporto de Natal já pensou em tudo isto, apenas se adiantou. Gustava, Recife e Fortaleza apenas se tornarão hubs importantes se também tiverem espaço para uma segunda pista, caso o contrário vão ficar na vontade, esses poucos vôos conquistados com a redução do ICMS do querosene não conferem a eles condição de HUB.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Felipe! Quem responde é A Bóia. O trecho de Mamamguape tem um viaduto que passa pelo entroncamento problemático. São José do Mipibu e Parnamirim não têm esse luxo.

Natal se adiantou tanto que construiu o aeroporto sem ter construído o acesso antes. Isso é que é adiantamento!

Felipe
FelipePermalinkResponder

Os acessos estão péssimos mesmo A Bóia por incompetência do antigo governo ainda não saiu o acesso sul, o que não tira a importância que essa obra terá num futuro se bem administrada, é um problema simples que com boa gestão se resolve, no caso do aeroporto de Fortaleza pode-se levar anos para que encontrem uma resolução definitiva para lá, té uma tenda improvisada já armaram, está com obras paralisadas com muita fé ficam prontas em 2018 e mesmo assim é uma obra paliativa. Algo parecido ocorre em Recife que busca espaço para uma segunda pista, sendo que a unica alternativa seria levar o aeroporto para locais distantes como onde foi construída a Arena Pernambuco. O problema é que uma obra dessas nunca iria agradar todo mundo, as pessoas tem mania de reclamar de tudo. E Valter Hugo, as companhias não diminuíram as frequências na alta estação muito pelo contrário o aeroporto de Natal movimentou 269 mil passageiros no ultimo mês de dezembro, um crescimento de 20 por cento em relação a dezembro do ano passado, não me lembro na historia de Natal um crescimento desse porte, dados do site oficial do aeroporto, vocês acham mesmo que o Augusto Severo teria condições de suportar esse crescimento e receber os passageiros adequadamente com aquele puxadinho ridículo que alguns insistem em chamar de reforma? Claro que não, o novo aeroporto tem 8 de pontes de embarque, o dobro do antigo, e 45 balcões de check in, ou seja, é uma diferença enorme. E não me venham falar de reforma pela INFRAERO por que tudo que essa instituição faz são puxadinhos paliativos, uma reforma que preste demoraria anos.

Carlos
CarlosPermalinkResponder

Achei o aeroporto de Natal realmente muito bonito, visualmente agradável (principalmente porque era noite), diferente do que encontramos no Brasil. No geral, nossos aeroportos parecem rodoviárias com aqueles blocos de concreto pra todos os lados. O entorno tem um bom potencial pelo tamanho. O serviço de transfer de van foi barato e eficiente. Pelo pouco que tenho lido sobre o assunto, me parece a primeira vez que vejo pessoas reclamarem de um aeroporto novo, aliás, o problema nem parece ser o empreendimento. Ao que tudo indica a população local deve usar o aeroporto como shopping ou algo parecido para reclamar de percurso? Porque, salvo quem trabalha no aeroporto e vai diariamente, ir passar férias em um local onde o aeroporto fica a 30km do centro e preferir viajar partindo de um Estado vizinho ou achar um absurdo, realmente não deve ter pego um taxi em aeroportos mundo a fora. Caso o cidadão potiguar viaje com frequência, deve estar muito bom de bolso para pagar as altas tarifas aéreas do Brasil, o que não justificaria esta choradeira toda por causa de um taxi. Se o governo local daquela região colocar um trem até o aeroporto, pois espaço há, e melhorar uma parte do acesso que fica mais próximo à área urbana, vai ficar perfeito, afinal, o mais difícil que é um terminal de vergonha neste país, eles já têm.

Milttão
MilttãoPermalinkResponder

Parabéns Carlos! Suas colocações são oportunas e coerentes. Acabeu de desenvolver e ofertar de graça ao governo do RN propostas de Novo traçado para o Acesso Sul que tornará trecho 7 km mais curto e 1/3 mais barato, pois usará como base a RN 160 e terá contornos dos núcleos urbanos de São Gonçalo e Macaíba, citado como entraves pela matéria principal do blog. Ofereço também o projeto de um novo acesso O Sudeste, com trechos Semi-Expresso e outros Expresso, que será 6 km mais curto e mais rápido pra Ponte Negra. Tento também modificar o traçado do VLT das CBTU, para sair não da Zona Norte, mas sim da Zona Oeste, acompanhando o Acesso Sudeste, que ligaria AeroSonga, Rodoviária, Arena das Dunas, Campus, e Estação Multimodal de Mirassol/Zona Sul.

Ana Helena
Ana HelenaPermalinkResponder

Cheguei em Natal nas vesperas do Natal e já no desembarque fui surpreendida por diversas empresas oferecendo serviços de transporte para Natal e Pipa. Paguei 20,00 por pessoa e fui deixada no meu hotel em Ponta Negra. Utilizei o mesmo serviço para retornar ao Aeroporto ligando e agendando meu retorno. A empresa chamava 24 horas, foram pontuais e me cobraram o mesmo valor da ida. Enfim, perfeito!!!

Clara
ClaraPermalinkResponder

Oi, Ricardo.

Continua sendo fácil alugar carro em Natal? Já existe o serviço no novo aeroporto?A cidade tem boa sinalização (inclusive turística)? Pensei em alugar um carro porque ficaremos em São Miguel de Gostoso no fim da estada o que parece ser ideal para ir de carro para NAT e devolver por lá mesmo.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Clara! Quem responde é A Bóia. Não mudou nada em relação a aluguel de carros. O novo aeroporto é mais próximo de Gostoso e do litoral norte do que o antigo.

Clara
ClaraPermalinkResponder

Ótimo, Boia.

Uma última pergunta: é possível voar deste aeroporto para Fernando de Noronha ou tem que ir para Recife?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Clara! Há vôos diários pela Azul.

Leia sobre Fernando de Noronha:
https://www.viajenaviagem.com/destino/fernando-de-noronha

Rogério Frota

Parnamirim é estratégicamente bem localizado. Fácil para alugar um carro e passear por Natal ou ir à Pipa por uma ótima estrada.

O novo aeroporto é longe e complicado para acessar esses destinos.
Faz medo chegar à noite.
Só indo de táxi para ter mais segurança, pois as chances de se perder são muitas.
Gosto mais do aeroporto antigo, inclusive pela pista de pousos e decolagens.
Tudo era mais fácil e perdia-se menos tempo na estrada.

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Olá Ricardo, boa noite.
Estou com viagem marcada para Nata e meu voo tem chegada prevista para 1h da manhã do dia 15/março. Irei direto para Pipa por 4 dias e depois retorno para Ponta Negra para mais 3 dias. Minha ideia é alugar um carro para todo período, mas teria que ir dirigindo de madrugada para Pipa...é seguro ? Somos 2 mulheres viajando e não conhecemos nada da Região.
Obrigada,
abs,
Beatrixz

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! O perigo é o sono e os outros motoristas dirigindo à noite... O ideal seria inverter a ordem da viagem, até porque Pipa -- se vocês curtirem o estilo de Pipa -- será bem mais interessante do que Natal.

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Olá Ricardo, pois é, pensamos nisso mas já reservamos o hotel e o de Ponta Negra não tem vaga nas datas.
Pensei em ir de taxi para Pipa e alugar o carro lá, mas ai não consigo entregar o carro em ponta negra...teria que lugar em pont negra, mas viajar 1h da manhã...
vc não aconselha ir para Pipa nesse horário ?
Obrigada !

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Beatriz! Vá de trânsfer para Pipa. Não é preciso ter carro em Pipa.

Beatriz
BeatrizPermalinkResponder

Obrigada Ricardo, seguirei seu conselho ! Abs

samia
samiaPermalinkResponder

Olá! Cheguei ontem a Natal e, seguindo as dicas, reservei a VAN para PIPA. Pagamos R$160,00 o casal. O atendimento foi excelente! Saímos do aeroporto de Van, fomos até Ponta Negra, de lá a própria empresa havia pago um táxi para nos levar, já que estávamos só em dois. O trajeto todo durou quase três horas e fomos deixados na porta da pousada em Pipa. Detalhe: o custo é R$80,00 por pessoa, mas só trazem se tiver duas pessoas no mínimo ou, então, se o passageiro se dispuser a pagar os R$160,00. Mais barato que pegar táxi direto com um taxista, que cobra no mínimo R$200,00 até Ponta Negra.

Carlos Eduardo

Eu fui pra Pipa semana passada e eu fui para João Pessoa sem saber desses detalhes de vcs pq a passagem estava mais barata. E na volta eu vim pelo aeroporto de Natal. Putz realmente é melhor ir pra João Pessoa quando for a Pipa. A ida eu acertei na sorte rsrs

Val Lagoa
Val LagoaPermalinkResponder

Olá! Há algum hotel ou pousada perto do aeroporto para hospedagem de uma noite?
Chego de Noronha às 18:55 e meu vôo para o Rio é no dia seguinte logo pela manhã.
Obrigada!
Abraços,

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Val! Infelizmente não tem não.

Henrique
HenriquePermalinkResponder

Vou dar minha opinião de turista. Dificultaram minha vida, vou pra outro lugar, simples assim.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Olha, tive uma péssima experiencia com essa "Van Service", a primeira da foto. Funcionários não preparados, deixam a gente esperando durante meia hora ou mais até fecharem a van, não repassam informações, enfim completamente nao profissionais. definitivamente nao sugiro essa empresa de transporte..

Antônio
AntônioPermalinkResponder

Estou aguardando o meu voo neste momento no lindo aeroporto de Natal. Obrigado pelas dicas. Paguei R$ 40,00 pela van, tanto na ida quanto na vinda pra cá. E ainda dei sorte de ela ir pelo caminho sugerido por vocês, que é a ponte Newton Navarro. Olha, é impactante chegar em Natal por esse caminho, e o motorista disse que é o "quintal" de Natal. A entrada da cidade que fica pra quem vem de Pipa é a mais bela que já vi. Tudo muito simples nesta cidade, sem estresse. Meu voo está previsto para 1h27, mas o aeroporto é limpo e confortável. Sala de embarque muito boa, agradável. As melhores instalações que já vi em um aeroporto aqui no Brasil. Natal também me agradou bastante, assim como Pipa. Não conheço João Pessoa, mas acredito que vir para ficar somente em Pipa não vale a pena, então não tem como não passar alguns dias na maravilhosa Natal. Muitos passeios por aqui.Sugiro que não aluguem carro do aeroporto para a cidade, pois o caminho não é simples e ainda está em obras. A van vale a pena. Bom, esta é a minha impressão aqui do terminal de Natal, digno, aconchegante, limpo e belo como a cidade.

CARLA
CARLAPermalinkResponder

Olá, Bóia! Voo direto de Brasília pra Natal só tem um, e chega quase 2 da manhã. Nesse horário eu consigo uma dessas vans pra Natal?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Carla! Só se você tiver mais companheiros de viagem que lotem a van.

Marcia
MarciaPermalinkResponder

Olá Bóia,

Sou completamente dependente de vocês para viajar (rsrsrs)!!!

Vou para Natal em setembro, sou carioca, paranoica com a questão de violência e segurança. Vou chegar no Aeroporto a meia-noite. Pego o carro alugado no aeroporto ou vou para Ponta Negra de táxi e pego o carro pela manhã?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marcia! O aeroporto é longe e o caminho não é bem sinalizado. Se você pegar um táxi vai evitar o stress de se entender de madrugada numa cidade que desconhece.

Shirlei
ShirleiPermalinkResponder

Oi, ja morei em Natal, Parnamirim e Pipa. Hoje mora na Holanda e morro de saudades de Pipa. Sempre que posso retorno, geralmente todo ano ou a cada dois, porém com a dificuldade de logística, custos e até de segurança, já q uma tia que mor em Parnamirim me relatou com relação a roubos e assaltos a usuários do novo aeroporto, decidí mudar meu itinerário e aproveitar "forçadamente" á conhecer novos paraísos brasileiros.

Fernando
FernandoPermalinkResponder

Já fui diversas vezes à Natal no antigo aeroporto, que realmente era bom. Esse mês estou indo e vou encarar essa nova região. Sinceramente com um GPS atualizado e/ou Waze, não vejo grandes dificuldades para chegar e sair de qualquer lugar.. Mas enfim..

Thiago Sena
Thiago SenaPermalinkResponder

Fui a Natal por duas vezes na primera vez utilizei o serviço de van que por sinal umixo muita demora para embarcar e uma eternidade para chegar no hotel e se for em Ponta Negra tem que ter muita paciência, pela segunda vez que fui a Natal não tive duvidas fui de Taxi lá eles tem um preco tabelado a Ponta negra por 100,00 reais e cheguei ao meu hotel em 45 minutos já na van passei mais de 1:40 para cgegar fora a espera pra lotar a van e para Pipa eles tem um valor tabelado de 228.00 mas conversando com o taxista ele faz por 200,00 e a viagem super normal rapida e confortável.

e tem uma outra coisa la na cooperativa de taxi se a pessoa quiser dividir o taxi eles ajudam para que vc encontre outro passageiro para dividir o valor da corrida

recomendo o taxi

Frederico
FredericoPermalinkResponder

Boa tarde. Vou chegar no aeroporto de Natal em um voo de madrugada (1:00 hora da manhã) . Alguem sabe se é possível alugar carro lá neste horário , ou se é seguro dirigir até Genipabú de carro neste horário ?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Frederico! Quando você indicar o horário de chegada, o site de reservas avisará se a agência não estiver aberta, e então não fará a operação. Se a reserva for efetuada, é porque a agência abre.

Não chega a ser altamente inseguro dirigir à noite na cidade, mas você não estará na sua melhor condição física e emocional à uma da madrugada dirigindo por um caminho que não conhece, com trechos ermos. O sensato é deixar para pegar o carro no dia seguinte ou antecipar o vôo para um horário mais cedo.

Luciana
LucianaPermalinkResponder

Meu marido foi para Natal em janeiro de 2015 e alugou um carro pela Avis. A chegada era um pouco depois da meia-noite, mas não avisaram que o guichê estava fechado, ele precisou esperar até de manhã. Não era a primeira vez dele em Natal, já conhecia o caminho e da última vez em que esteve também alugou carro e chegou depois da meia-noite (o voo é mais barato), mas a outra empresa estava aberta.

Melhor confirmar sempre antes com a empresa que vai locar o carro se estará aberta no horário noturno.

Carlos Eduardo

"o viajante/turista, que antes entrava em Natal por uma região bonita e desenvolvida, agora entra por um trecho horroroso, pobre, esburacado e inseguro, extremamente inseguro;"

PERFEITO, SOU TURISTA DE FORTALEZA E SEMPRE ACHEI A "ENTRADA" DE NATAL UMA BELEZA!!

Mari Sugai
Mari SugaiPermalinkResponder

O ônibus executivo funcionou somente no primeiro mês de funcionamento do novo aeroporto. Como até hj a linha não foi retomada, duvido que venha a ser, também por conta das disputas entre taxistas e vans...
Certamente a melhor opção é pegar táxi (do aeroporto antigo até Ponta Negra custava uns R$ 30,00, do novo vai uns R$ 130,00) ou alugar carro.
Ou van, tem várias opções depois que você sai da área de retirada das bagagens), custa por volta de R$ 40,00/ trecho por pessoa.

Tarso
TarsoPermalinkResponder

A entrada de Natal continua no mesmo lugar Rsrs, lindíssima como sempre. O novo aeroporto é que foi construído nos fundos da cidade. A BR 101 sul sempre será a entrada, e a RN que vai ao aeroporto é a saída para o litoral ao norte da Capital. O acesso norte inclusive já está duplicado e em excelente estado.

gisele
giselePermalinkResponder

Vou para Natal no feriado do dia 21 de abril a 25 de abril. Como li os relatos de que Pipa é mais interessante que Natal....rsrs. Reservei hotel para Pipa de quinta a domingo, e depois vou para natal de domingo a segunda. Porém estou preocupada com a ida do aeroporto para Pipa. Vou viajar sozinha, chegarei às 22h e gostaria de pegar uma Van para Pipa, tem algum telefone para que eu possa deixar agendado?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Gisele! Peça para sua pousada providenciar.

Thiago Sena
Thiago SenaPermalinkResponder

"Um táxi para a Via Costeira ou Ponta Negra sai entre R$ 110 e R$ 140. Para Pipa, R$ 275."

não sei de onde o sr. tirou essa informação mas pelo visto não foi em nosso box da Coopcon no aeroporto, temos preços tabelados de;

qualquer horário ou feriados:

Ponta Negra R$110,00

Praia de Pipa R$ 240,00

mais informações pelo site coopcon.com.br

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Thiago! Entrei no site e não encontrei maiores informações, não! Por que não aproveita e divulga a tabela no site da cooperativa? Os preços foram informados por taxistas no aeroporto. Se querem que apenas informações oficiais sejam divulgadas, comecem por vocês, que deveriam ser a fonte oficial de informação.

Alexandre
AlexandrePermalinkResponder

Tem muito comentário negativo aqui. Ok, O aeroporto em 2014 começou realmente mal, fruto da pressa: acessos ruins e confusão nos transporte, coisa e tal. É mais longe que o outro aeroporto...é...mas isso é uma visão estática da coisa. Haverá sem dúvida nenhuma uma grande expansão nos próximos anos da atividade economica do Estado com logística de carga e de passageiros. Isso pode demorar sim um pouco. O acesso pra pipa (SUL) já está sendo construído e o acesso pela zona norte foi duplicado, tá um tapete. Acredito que o acesso SUL será mais civilizado do que a entrada pela zona que é a zona norte. Todos que recebo de fora elogiam a estrutura do aeroporto. Teorias da conspiração a parte, ele tá aí e vai ficar aí. Quando construíram Guarulhos, era o fim do mundo, um deus nos acuda. Daqui a 10 ou 20 anos verão que o terminal de são gonçalo não foi um bola tão fora assim. Aqui nosso aeroporto é conhecido carinhosamente como "neverland", ou "a terra do nunca"..."nunca chega"..kkkk

Jacinto Simões

Eu sou do contra srs e sras que defendem a opção! E por quê? Viajei para o Natal, Ponta Negra, em 2015 e 2016. A primeira vez não compreendi um aeroporto tão longe do coração da cidade.Bem. mas com certeza alguma coisa me escapava, haveria algum motivo para construirem um aeroporto tão longe!...( e não é o fato de ser longe, é as voltas que temos de dar entre pequenos buracos donde muito difícil saímos). A segunda vez, indaguei junto de pessoas, no hotel, nos restaurantes e taxistas, por onde passei e, todos foram unânimes em me dizerem de que também não encontravam explicações, haveria muita coisa mal explicada... Uma coisa eu tenho para dizer a quem defende para uma cidade tão pequena, um aeroporto tão longe, que foi uma opção tão estúpida, que custa muito a entender como tal pode ser feito, só pode ter sido engendrado por alguém que não pertence a região. Não pensaram no desenvolvimento do turismo...

Riva Junior
Riva JuniorPermalinkResponder

Ótimo aeroporto o de São Gonçalo do Amarante,um presente para o futuro do RN e do Brasil.

Tici
TiciPermalinkResponder

Olá,
Meu voo chega no aeroporto de Natal no próximo sábado (semana santa) as 12:30, percebi que os comentários são antigos, gostaria de saber qual a melhor forma e econômica para chegar em Pipa. Eu e meu companheiro pretendemos ir direto para Pipa ao chegar, será meu aniversário smile

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Tici!

Leia nosso novo guia de Pipa, está completo:
https://www.viajenaviagem.com/destino/pipa

eduardo silva
eduardo silvaPermalinkResponder

Olha só: cuidado com a picaretagem dos atendedentes dos hoteis. Eles combinam um preço com vc e vc faz a corrida pensando que vai fazer pelo preço combinado.
Acontece q eles ligam para alguma cooperativa, o taxi vai ao hotel lhe buscar, e ao chegar no aeroporto o taxista mostra o valor da corrida do taximetro e diz que com ele nada foi combinado. Aconteceu comigo, os atendentes do hotel Bello Mare tramaram tudo com o motorista. Entao, ao chegar o taxi, pergunte primeiro qual será o valor da corrida. Existe uma mafia de taxistas e atendentes de hoteis.
Ainda bem que inventaram os taxis por aplicativo tipo Uber etc, chega da ditadura dos taxistas que ja dura décadas, muitos deles dirigem para traficantes
e outros picaretas q lavam dinheiro nos taxis, além dos mandos e desmandos
que se sabe q os taxistas aplicam. Uma dica: na beira da praia da Ponta Negra tem taxis com placas indicando o preço da corrida até ao aeroporto com o numero do celular do motorista. Ligue e confirme o preço anunciado e se há alguma despesa extra, tipo quantidade de malas que vc tem. Em 01-12-17 ví um taxi com por 69,90 até o aeroporto. Uma corrida normal nao deve sai por menos de 150,00 reais, acho eu. Eu viajo bastante, 90% com carro alugado, e cada vez q uso o serviço de taxistas fico desconfiado quando sou de uma cidade que nao conheço. Infelizmente tive que generalizar, nem todo taxista é fdp é lógico, mas eu nao ia perder meu voo pra ficar registrandro queixa de taxistas picaretas. Inclusive . antes do voo, liguei para o gerente do hotel Bello Mare e . misteriosamente, ninguem o encontrava, pois os proprios atendentes da recepçao ´é q atenderam o telefone.....

Carla
CarlaPermalinkResponder

Olá, boa noite!
Fechei um pacote para Pipa em Julho ficarei lá por 7 dias.....gostaria de uma ajudinha.... vocês acham que vale a pena alugar um carro? Meu Hotel fica a 400 m do centro. Outra perguntinha é se existe uma alternativa mais barata para transfer aeroporto de Natal/ Pipa.
Super obrigada!

Jose Ivo Figueira de Melo

na verdade, uma pergunta: Existe alguma condução pra Natal que passe por Morro Branco? Pela av. Xavier da Silveira?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, José Ivo! Não temos o itinerário. Mas você pode pegar a van e pedir para o motorista indicar o melhor lugar para parar e seguir de táxi.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar