Floralis Generica, a flor de metal de Buenos Aires, volta a funcionar

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Floralis Generica

Inaugurada em 2002, a escultura metálica Floralis Generica se tornou um ícone instantâneo de Buenos Aires. Desenhada pelo arquiteto argentino Eduardo Catalano e construída pela fabricante de aviões militares Lockheed Martin, a flor gigante tinha o poder mágico de se abrir e fechar conforme a luz do sol, mimetizando uma flor de verdade.

Só que, há seis anos, o mecanismo pifou. E a Floralis virou um monumento estático -- ainda bonito, mas inerte.

O período de abandono culminou com a necessidade de cercar a obra, em setembro de 2014, porque havia risco de desabamento. Com a comoção que se seguiu, a flor metálica acabou adotada pelo correio privado OCA, que se propôs a fazer os trabalhos de recuperação.

A reinauguração dos movimentos da Floralis acontece hoje, 10 de junho, às 18h. Vamos torcer para que a recuperação seja definitiva...

Como chegar à flor metálica

A Floralis Generica é um passeio muito fácil de fazer a pé a partir da Recoleta. Saia da praça em frente ao Cemitério e cruze o parque; passe ao largo do Museu de Belas Artes e atravesse a passarela sobre a avenida Figueroa Alcorta. Ao pé da passarela estará a Faculdade de Direito, e um pouco mais adiante, a flor metálica. Dá 10/15 minutos de caminhada no máximo.

A continuação natural de um pulinho na flor metálica é uma visita ao Malba, o museu privado que traz a mais interesante coleção de arte latino-americana do continente. Fica 1 km adiante (15 minutos de caminhada) na mesma avenida (fecha 3ª; abre de 4ª a 2ª das 12h às 20h).

Aliás, num dia ensolarado de uma época não-calorenta (outono, inverno, primavera), o passeio da flor metálica pode ser combinado com natureza de verdade -- quem curte caminhar pode passar um dia entre o Zoológico de Palermo, o Rosedal, o Jardin Japonés, o Malba e a Floralis. Mas isso é assunto para outro post grin

Leia mais:

5 comentários

bernardette amaral

Este e um dos passeios mais lindos para se fazer a pe em Buenos Aires

Carla
CarlaPermalinkResponder

Que bom saber que recuperaram a flor! wink

Maria Inês
Maria InêsPermalinkResponder

Olá! Fui a Buenos Aires há 2 anos e fiquei triste ao saber que não veria a flor se movendo. Que bom que voltou. Mais um motivo para voltar a mais querida cidade de nosso continente.

Mario Pinheiro

Conheço esse lugar maravilhoso e bem ao lado tem a Faculdade de Direito que um prédio belíssimo.

Mara
MaraPermalinkResponder

Malba excelente Museu!

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar