Buenos Aires: o mapa dos outlets, por Mariana Pereira

Buenos Aires: o mapa dos outlets, por Mariana Pereira do hotel Querido

A Mariana é brasileira e dona de um hotel-butique em Villa Crespo, do ladinho de Palermo Soho, o Querido. Além de ser um hotel que recebe (em português!) brasileiros descolados, o Querido também é o único hotel de Buenos Aires que tem um blog que dá dicas descoladas para brasileiros (em português!).

Estou para linkar este post da Mariana há um tempão. Nele ela faz um mapinha dos outlets de Villa Crespo (a famosa esquina de Gurruchaga e Aguirre) e da avenida Córdoba, à igualmente famosa “altura do número 4.000”, que fica bem na divisa de Villa Crespo com Palermo Soho.

Como o post já tem um ano, é possível que uma ou outra loja não exista mais. Mas a localização e o como chegar — que a Mariana explica em detalhes — continuam os mesmos. (Pegadinha: por caprichos do WordPress, o mapa  não está aparecendo no corpo do post. Mas basta clicar em “View Buenos Aires, queridos in a larger map” que o mapa carrega.)

Todos os posts da Mariana sobre compras em Buenos Aires:

Outlets de Villa Crespo e Avenida Córdoba: o mapa da mina

Mais outlets: Avenida Córdoba

Para artigos de couro: outlets da Calle Murillo (inclui dicionário de vestuário)

Streetwear: Galería Bond Street

Vinhos para viagem: Winery

Conheça também:

Querido: una casa, un hotel


32 comentários

Outlet da Levi’s tem um no número 4654 dessa avenida Córdoba já em Palermo.Já o para agua pagou caro mesmo mas tem que pesquisar porque na calle tem alguns por 25 pesos a 20 e tem que cuidar porque se valem de o turista ser brasileiro e acharem que o real está em alta o Brasil em desenvolvimento então,a boa dica que dou é a de pechinchar como todo bom brasileiro porque,eles jogam o preço deles,vi outro dia uma menina brasileira pagando 50 pesos um para agua não quis ser inconveniente pq ela já havia comprado mas,a idéia de se negociar é boa,eles precisam vender enfim e acabam fazendo negócio,outro,para nós que vivemos em Buenos Aires vamos conhecendo dia a dia opções e direções de entretenimento fácil e onde se poupe tempo e dinheiro,a forma ideal para se fazer negócio e aproveitar a viagem e,vejo como uma pena não existir um recurso mais direcionado em turismo ao brasileiro neste aspecto,estaria de acordo a auxiliar algum hotel a fazer este caminho e tratar com respaldo e carinho os turistas que aqui vem já que,por vezes o atendimento em geral é frio e ruim….ou seja,te cobram caro em um guarda chuva ganhando em uma venda mas,gerando uma má impressão no comércio….

Olá pessoal..

Bom…. convencido a vir a B.A. com base no cambio ($ 2 Pesos por R$1 Real) cai do cavalo.
Achei algumas coisas convidativas, no 1º dia choveu e precisei comprar um “para-agua” pois bem preço médio do Brasil por ambulantes entre R$10,00 e R$15,00 aqui todos acima de $40,00 Pesos. Ou seja o “para-agua” saiu por R$20,00…
Sei lá… ainda estou procurando coisas boas e baratas como me venderam a idéia.

Almoço no Puerto Madero $294 Pesos, ta certo que o lugar é xiki. No mesmo nível no Brasil sairia não por menos de R$170,00… Ou seja, valeu!

Sabendo mais, postarei tb…
Amanha vou nos Outlets tirar as conclusões..
Abçs
att

Nos outlets algumas lojas tem um preço bom e roupas boas, nós compramos blusas de linha lindas por 200 pesos, mas a maioria não. Quem quiser comprar barato e roupas de qualidade é melhor esperar uma boa liquidação no Brasil mesmo.
Nos outlets tem muita roupa de tecido ruim e qualidade questionável. O que é bom não é barato.

Nas lojas e shoppings tem muita roupa bonita com muito estilo mas os preços são bastante semelhantes aos nossos.

Não recomendo. Gastei horas preciosas e algumas energias. Os preços não são nada de muito diferentes, inclusive alguns produtos tinham preços mais baratos no próprio Duty Free de Ezeiza.

Legal o mapa de outlets, até segui o roteiro feito pela Mariana.

Mas, sinceramente, não achei os preços tão bons quanto falam por ai não. Andando na Sta. Fé achei lojas com preços iguais ou melhores. Para roupa masculina indico a Carven (Sta. Fé 1644), com excelentes preços.

No dia de voltar meu voô foi transferido para Ezeiza e no caminho vi uma outlet gigante da levis, lá deve ter preços muito bons, alguém conhece?

Agora sobre os Outlets, eu gostei. Não acho que os preços sejam os mesmos das Galerías Pacífico, não.

Não gostei do centro, achei decadente e não quis fazer compras lá. Como o hotel estava pertinho, foi muito fácil passar nos outlets durante a semana, depois de passear. Ou então comprava e já deixava as compras no hotel, e depois ia fazer outros passeios.

Bom, vamos lá.
Estive no Querido no começo de Dezembro/2010. E tenho só elogios para fazer.

A Localização – Muito próximo aos Outlets, é ideal para quem quer fazer compras. Além disso, fica a cerca de quatro quadras da estação Malabia do metro (Subte), que permite ir ao centro de Buenos Aires (estação Florida) em aproximadamente 15 minutos.

O Hotel – O hotel é novo, então as suítes são novinhas em folha, com ou sem varanda, equipadas com ar condicionado e TV de tela plana. Além disso, no andar térro há, além da recepção, uma sala de estar (onde tem um computador que os hóspedes podem usar para acessar a internet), o espaço onde é servido o café da manhã e um jardim. Os quartos ficam no primeiro ou no segundo andar e o hotel tem elevador.

O Café da Manhã – É um bom café da manhã e não difere muito do que estamos acostumados no Brasil. Frutas, iogurte, café, leite, pão, queijo, presunto, croissant, geléia, manteiga, doce de leite (o doce de leite é uma delícia!!).

O Atendimento – É o grande diferencial do querido. Embora todos os outros aspectos sejam também excelentes, o atendimento supera qualquer lugar onde eu já tenha estado. Quem cuida do hotel são os próprios donos, o Ali e a Mariana. Eles estão sempre dispostos a ajudar e nos deram dicas preciosas. Com muita boa vontade, marcaram no mapa da cidade todos os pontos que queríamos conhecer e, sem dúvida, sem eles não teríamos feito um aproveitamento tão bom da nossa viagem. Eles fizeram com que ficássemos à vontade para entrar e sair a qualquer hora e, quando saíamos para passear, era uma alegria saber que quando voltássemos um deles estaria esperando por nós. Era mesmo quase como voltar para casa…

Resumindo: quando voltar a Buenos Aires, voltarei ao Querido!!

Abraços,
Amanda

Uma dica boa para conhecer Outlets sem gastar nada e comprar a preços bons, e pega no hotel em que estiver hospedado, uns folhetos, que ficam entulhados na recepção, indicando solicite transfer gratis no seu hotel, recebi esta dica no penultimo dia, depois de gastar horrores, compensa fazer em 3 pessoas, funciona como… tem pessoas que recebem das lojas para levar os turistas lá, sem compromisso( mais vc sempre Gasta um pouco) vc nao desenbolsa nenhum centavo, pq essa pessoa anda o dia inteiro indicando lojas, e pagando seu TAXI, que e o melhor… mais sempre e bom combinar antes.. falei com pessoas que utilizaram esse sistema e se deram bem…

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.