Buenos Aires

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Buenos Aires: o que fazer

Buenos Aires tem um ônibus turístico que faz o city-tour em 24 paradas, o Buenos Aires Bus. Mas... quer saber? Não precisa. O táxi é barato e alguns trechos dá para fazer perfeitamente a pé.

Buenos Aires básica

Comece pegando um táxi até o Caminito; visite o Museu do Boca Juniors na Bombonera, que fica pertinho. De lá, outro táxi para a Plaza Dorrego, em San Telmo. De lá, você pode vir caminhando pela calle Defensa até a Avenida de Mayo, onde estão a Casa Rosada (à sua esquerda) e o Café Tortoni (à sua direita). Continue a pé pela calle Florida até a Galerías Pacífico, o famoso shopping do Centro. (Aproveite para fazer câmbio paralelo aqui.) Desça pela avenida Córdoba até o Puerto Madero. Pronto: você cobriu 90% dos ícones de Buenos Aires num único (e longo) passeio.

Buenos aires mais bacana

Tire um dia para ver a Buenos Aires menos turística: passeie uma manhã pelo bairro da Recoleta (dê uma escapadinha para ver a magnífica livraria El Ateneo, que funciona num antigo teatro na av. Santa Fé, 1860, entre Riobamba e Callao); à tarde bata perna pelas lojas de Palermo Soho. O museu Malba ou o parque Jardín Japonés podem ser encaixados entre um e outro. (Num dia bonito, dá para combinar os parques de Palermo: Zoológico, Rosedal e Jardin Japonés). E por falar em museu, sabia que Buenos Aires tem um Museu dos Beatles?

Num terceiro dia, marque uma visita ao Teatro Colón (ou compre entrada para um espetáculo, dá para conseguir online). Volte ao bairro que mais gostou (você vai descobrir mais coisas bacanas.)

Domingo em Buenos Aires

No domingo, vá à Feira de San Telmo -- e se já tiver ido, sugerimos a pitoresca Feria de Mataderos, na periferia, que reúne os "gauchos" argentinos. Outra opção para domingo é o passeio ao Tigre -- que pode envolver a ida pelo Tren de la Costa, um passeio de barco pelo Delta do Tigre ou uma visitinha ao Parque de la Costa.

buenosaires

 

 

 

 

 

 

 

Tango e balada em Buenos Aires

No departamento tango, sou fã entusiasmado da sensualidade sofisticada do Rojo Tango, apresentado num cabaré no hotel Faena. Mas adianto que é o mais caro de todos. Se procura um espetáculo BBB, os melhores estão no Centro Cultural Borges, na Galerías Pacífico (apresentado em teatro, sem bebidas nem consumação) e no porão do Café Tortoni (um show bem pocket).

Mas não fique só no show. Que tal ver argentinos de carne e osso dançando tango (e quem sabe, se aventurar na pista)? Inclua na sua programação ao menos uma milonga, que são as "gafieiras" portenhas. Chegando uma hora antes, dá até para ter uma aula particular (há professores de plantão, que cobram modicamente). Quer ver uma milonga bacana? A da Glorieta, em Belgrano.

Buenos Aires com crianças e teens

Quer ir ao zoológico? Recomendamos dois: o zôo de Palermo, que fica na Plaza Italia, dentro da cidade, e o Teimakèn, um ecoparque muito bem montado. Não recomendamos o de Luján.

Veja também outros programas para fazer com crianças e adolescentes.

Bate-voltas

No quesito bate-voltas, Colonia del Sacramento, na margem uruguaia do Rio da Prata, é um passeio perfeito (bem mais prático de fazer desde Buenos Aires do que de Montevidéu).

o bate-volta a Montevidéu não é uma boa idéia: são três horas de travessia, é provável que você passe mais tempo sobre a água do que em terra firme.

Buenos Aires como escala de cruzeiro

Aproveite o microônibus grátis oferecido pelos shoppings e desça na Galerías Pacífico. Assim você evita a máfia dos taxistas do porto e já pode trocar dinheiro na Florida. Prossiga com o roteiro "Buenos Aires básica". Se pernoitar, vá a um show de tango.