Rio de Janeiro

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Rio de Janeiro: quando ir

Não existe época ruim: o Rio é um destino para o ano inteiro. Aqui não há nenhuma estação excessivamente chuvosa: enquanto na costa do Nordeste e no litoral entre o Rio e São Paulo há meses em que chove até 400 mm, no Rio os meses mais chuvosos (dezembro a março) têm apenas 140 mm de precipitação -- muito pouco para uma cidade nos trópicos cercada por montanhas. Além disso, o frio do meio do ano é perfeitamente suportável, e é relativamente comum dar praia em julho ou agosto.

Isso não quer dizer, obviamente, que todos os dias da sua viagem serão quentes e ensolarados. Frentes frias, previstas ou inesperadas, passam pela cidade em todas as estações e podem, sim, ocasionar uma seqüência de dias sem praia. 'Cariocas não gostam de dias nublados', diz a cancão da (gaúcha) Adriana Calcanhotto. Os visitantes tampouco. Mas felizmente há muito o que fazer num dia de chuva.

Rio de Janeiro | Intro | Como chegar | Onde ficar | Onde comer | O que fazer

Rio no verão: dezembro a março

Rio de Janeiro: quando ir - verão

O verão é quando tudo acontece, e a cidade parece ligada na tomada. O calor, porém, é forte: as temperaturas máximas batem seguidamente os 30ºC, sem o benefício daquela brisa que costuma soprar no Nordeste. Passear no meio do dia em lugares como o Boulevard Olímpico será exaustivo. Mas todos os ambientes do Rio são refrigerados. E os dias mais longos, devido ao horário de verão, permitem passear até mais tarde. No verão aumenta a probabilidade de pegar mar calminho na Zona Sul.

Historicamente, chove menos de 150 mm em todos esses meses. O verão de 2018 foi mais chuvoso do que a média -- a culpa foi do fenômeno La Niña.

Rio no outono: abril a junho

Rio de Janeiro: quando ir - outono

Com temperaturas mínimas em torno dos 20ºC e máximas ligeiramente acima de 25ºC, o outono é uma estação bastante agradável para visitar. O tempo vai estar excelente para passeios. Você não vai precisar de muita sorte para pegar dias em que ir à praia será irresistível. As chuvas vão diminuindo: a média histórica cai de 95 mm em abril para 43 mm em junho.

Rio no inverno: julho e agosto

Rio de Janeiro: quando ir - inverno

Você já ouviu Adriana Calcanhotto (olha ela de novo) cantando (o verso de Antônio Cícero) 'o inverno no Leblon é quase glacial'? Não tome ao pé da letra: trata-se de uma hipérbole. Mínimas de 18ºC (ou, vá lá, um pouco menos) fazem cariocas e turistas se encasacarem e vestirem botas, mas são compensadas com máximas que chegam a 25ºC com freqüência. Chove quase nada: 40 mm no mês. Em fins de semana ensolarados, a praia lota. É quando vai ao ar reportagem de praxe do Jornal Nacional, que todos os anos se surpreende com a repetição do mesmo fenômeno: a praia lotada no inverno. Mas se você der azar de pegar uma frente fria, aí o jeito vai ser fazer programas invernais mesmo.

Rio na primavera: setembro a novembro

Rio na primavera: Sítio Burle Marx

A primavera em São Paulo e no litoral da Rio-Santos costuma ser chuvosa, mas São Pedro parece pegar mais leve com o Rio. Historicamente, as precipitações mensais vão subindo de 54 mm em setembro a 95 mm em novembro. Ou seja, o tempo seco predomina. As mínimas voltam à casa dos 20ºC e as máximas vão galgando os termômetros até chegar perto dos 30ºC.

Rio no Réveillon e no Carnaval

Rio de Janeiro: quando ir - Réveillon

As duas festas máximas do Rio acontecem no verão. Por isso, sempre são ameaçadas pelas chuvas (o Réveillon mais do que o Carnaval).

Se vier para o Réveillon, planeje hospedar-se a uma distância caminhável da praia, porque o transporte fica impossível (o metrô só funciona para quem tem passagens pré-compradas, que se esgotam antes dos visitantes chegarem para a virada).

Só venha ao Rio no Carnaval se você quiser participar da festa, que hoje se espalha pelas ruas de toda a cidade.

Rio nos outros feriados

Rio de Janeiro: quando ir - feriados

O Rio de Janeiro é um destino perfeito para feriadões. Como uma parte da população sai da cidade, você não vai experimentar os problemas de superlotação normalmente associados a destinos de praia (e que se intensificam em destinos próximos ao Rio, como Búzios e Arraial do Cabo). Será preciso, no entanto, reservar com antecedência ingressos para as principais atrações turísticas; e se quiser ir às praias da Zona Oeste, chegue cedo, porque os cariocas que ficaram na cidade terão a mesma idéia.

Rio de Janeiro: quando dá praia?
Rio de Janeiro: quando ir - praias

6 comentários

Brunna Ramos
Brunna RamosPermalinkResponder

Olá, estou com viagem marcada para o Rio dos dia 11 a 15 de abril de 2018 e estou bem apreensiva em relação ao tempo. Será um passeio em família e o clima me preocupa muito. Vou pegar dias de sol para curtir as praias como Copacabana, quero muito ir a Arraial, quero ir ao Cristo e Pão de Açúcar., enfim qro conhecer o Rio. Se chover, são dias sequenciados, podendo acabar meu passeio? Ou vou pegar pancadas de chuvas, manhãs de sol...Aguardo retorno.

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Bruna! Não dá para saber. Mas no outono há maior possibilidade de dias secos. Não vale a pena Arraial como bate-volta. Veja o que fazer em dias sem sol:

https://www.viajenaviagem.com/destino/rio-de-janeiro/o-que-fazer-rio-de-janeiro#chuva

Luana
LuanaPermalinkResponder

Minha filha completa 15 anos dia 06/04/18, e ela quer muito ir conhecer o Rio de Janeiro... inclusive o Cristo,irei ficar em Copacabana... porém estou bem apreensiva em ir por conta da tamanha violência... passarei pela linha amarela. porem ela quer muito ir. Fico no aguardo

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Luana! Não se passa pela Linha Amarela para ir de Copacabana ao Cristo smile

A cidade está cheia de turistas, sobretudo argentinos, todos aproveitando bastante.

Leia sobre segurança:
https://www.viajenaviagem.com/2018/03/rio-de-janeiro-seguranca

Veja como ir ao Cristo:
https://www.viajenaviagem.com/2013/07/ingressos-para-o-cristo-como-comprar/

MARINA OLIVEIRA

Olá!!
ADOREI o conteúdo por aqui,o MÁXIMO!
Estou indo para o RJ semana que vem, sabes me informar para qual ponto turistico já preciso antecipar ingressos?
Grataaaa

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Marina! Compre com antecedência para o Museu do Amanhã, o AquaRio, o Cristo e o Pão de Açúcar. Mas deixe para comprar mais perto da data, de olho na previsão do tempo. Só suba ao Cristo e ao Pão de Açúcar com tempo bom. O Museu do Amanhãe o AquaRio são bons programas para dias nublados ou chuvosos.

Leia:
https://www.viajenaviagem.com/destino/rio-de-janeiro/o-que-fazer-rio-de-janeiro/

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar