Rio de Janeiro

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Rio de Janeiro: o Boulevard Olímpico

Veja nesta página como visitar o Boulevard Olímpico, que revitalizou a área portuária do Rio de Janeiro e é a mais nova atração da cidade:

Boulevard Olímpico: por que ir

Boulevard Olímpico

De todas as obras que o Rio de Janeiro aprontou para a Olimpíada, o Boulevard Olímpico é a mais cativante. Mesmo os céticos acabaram se rendendo à transformação da zona portuária.

Uma via elevada e centenas de metros de muros foram derrubados para dar lugar a um calçadão de 3,5 km.

Esta calçadão leva tanto às novidades do pedaço (o AquaRio, o mural Etnias, o Museu do Amanhã, o M.A.R., a Pira Olímpica, a novíssima roda gigante Rio Star) quanto a algumas das atrações mais tradicionais do Centro (como o CCBB, o Mosteiro de São Bento e a Ilha Fiscal).

Para deixar o passeio ainda mais irresistível, a melhor maneira de chegar até lá é usando o simpático VLT, o bondinho moderno que trouxe conforto e segurança aos deslocamentos pelo Centro.

O curioso é que 'Boulevard Olímpico' era apenas o apelido do evento que houve por ali durante a Olimpíada, com palcos de shows e espaços temáticos dos patrocinadores (equivalente às Fan Fests da Fifa durante a Copa). Mesmo mesmo depois do fim dos jogos, no entanto, os nomes oficiais da área -- Porto Maravilha dos armazéns do porto à Praça Mauá (onde está o Museu do Amanhã), e Orla Conde da Praça Mauá até o entorno da Praça XV (de onde saem as barcas para Niterói) -- são usados quase exclusivamente pela imprensa e pelas autoridades. Não adianta: o que pegou mesmo foi Boulevard Olímpico.

Voltar | Topo

Boulevard Olímpico: saiba antes de ir

Museu do Amanhã

Antes de programar sua visita, leve em consideração que:

  • O Museu do Amanhã vende ingressos prioritariamente online, com hora marcada. Na bilheteria, apenas pequenos lotes de ingressos são liberados a cada hora
  • O AquaRio vende ingressos na hora, mas é recomendável comprar online, com hora marcada
  • A Roda Gigante Rio Star não vende ingresso com hora marcada. Se você não comprar uma cabine exclusiva (para 6 pessoas), nem for um passageiro com embarque prioritário ou seu acompanhante (gestante, maior de 60 anos, portador de necessidades especiais, com criança de colo), espere ficar mais de 1 hora na fila em dias de grande movimento
  • Os ingressos para a visita à Ilha Fiscal são vendidos apenas no dia da visita (de 5ª a domingo), entre 11h e 15h10
  • O mural Etnias sai melhor nas fotos de manhã (à tarde, fica na sombra)
  • No verão, deixe para percorrer a pé o Boulevard a partir das 15h30. Ao redor do meio-dia o calor é inclemente
  • A Confeitaria Colombo não abre no domingo (mas abre sábado e feriados)

Voltar | Topo

O Boulevard Olímpico: é seguro?

Boulevard Olímpico

Em 3 anos de funcionamento, não há queixas quanto à segurança no Boulevard Olímpico. A área é bem policiada e costuma estar movimentada na parte da tarde.

O VLT também deu um belo upgrade na segurança de quem visita o Centro, sobretudo no fim de semana: não é preciso mais caminhar pelas ruas ermas do Centro.

Evidentemente, fora do Boulevard, tome cuidado extra com seu celular, e evite ruas vazias.

Voltar | Topo

Boulevard Olímpico: como chegar

O melhor jeito de ir ao Centro do Rio e ao Boulevard Olímpico em especial é com transporte público: vá de metrô da Zona Sul até a estação Cinelândia. Lá, pegue a saída C (Pedro Lessa) e você estará a poucos passos da estação Cinelândia do VLT, à sua direita. (Quando a saída C estiver fechada, use a saída A, Theatro Municipal). Então é só pegar o primeiro VLT (destino: Praia Formosa).

VLT

Como não há integração tarifária entre metrô e VLT, você vai pagar duas passagens para completar o percurso. O metrô custa R$ 4,30 (dezembro/2019) e o VLT, R$ 3,80 (dezembro/2019).

Pegadinha: os cartões de transporte

Riocard e cartão do metrô

RioCard (todos os meios) x cartão do Metrô (só metrô)

Existem dois cartões de transporte no Rio de Janeiro. O cartão da direita, o RioCard, vale em todos os meios de transporte: metrô, VLT, ônibus, BRT, trem e barca. Já o cartão da direita, do Metrô, só vale... no metrô.

É muito mais negócio, portanto, comprar um RioCard/Bilhete Único Carioca, cujo plástico custa R$ 3 (dezembro/2019), e carregar com créditos que podem ser usados em todos os meios. O problema é que, enquanto o cartão do Metrô é vendido em todas as estações, o cartão RioCard é vendido em poucos pontos.

Riocard

Máquinas do RioCard: no metrô General Osório e no VLT

Você consegue comprar direto o cartão RioCard/Bilhete Único Carioca nas seguintes estações do metrô da Barra, Zona Sul e Centro: Jardim Oceânico, Antero de Quental, Jardim de Alah, General Osório, Cardeal Arcoverde, Botafogo, Largo do Machado e Carioca. Normalmente há uma ou duas máquinas de autoatendimento no acesso principal à estação. As máquinas aceitam dinheiro e cartões de débito.

Se você já não tiver comprado e carregado seu cartão RioCard, pode comprar em qualquer estação do VLT. Em todas vai haver uma máquina (que aceita dinheiro e cartões de débito) e, às vezes, algum funcionário da RioCard vendendo cartões.

Os cartões RioCard são individuais; não servem para ser compartilhados. (Já os do Metrô podem ser usados por mais de uma pessoa -- mas, lembrando, só funcionam no metrô.)

Atenção: é preciso validar o cartão no VLT!

RioCard: validação

Valide abaixo da tela

Não há roleta nem cobrador nos bondes do VLT. Ao entrar, você deve validar o seu cartão nas maquininhas postadas junto a cada porta. Posicione o cartão abaixo da tela da maquininha; então aparecerá na tela a mensagem de que a passagem foi validada.

Fiscais embarcam com freqüência nos bondes e testam os cartões de todos os passageiros num aparelhinho portátil que indica se foi validado ou não. Se não tiver sido validado, você está sujeito a uma multa de R$ 170 (dezembro/2019).

Quanto tempo se leva da Zona Sul ao Boulevard Olímpico?

O tempo de viagem de metrô da estação General Osório, em Ipanema, à estação Cinelândia, no Centro, é de menos de 20 minutos (da estação Jardim Oceânico, na Barra, 35 minutos). Já o VLT faz o percurso da estação Cinelândia à estação Parada dos Navios em 10 minutos. Acrescentando o tempo da baldeação e espera do VLT, espere levar até o Boulevard Olímpico de 30 a 35 minutos desde Copacabana, 40 minutos desde a General Osório em Ipanema, 50 minutos desde o Leblon e 1h desde a estação Jardim Oceânico na Barra.

Voltar | Topo

Boulevard Olímpico: onde comer

Food trucks

O Boulevard Olímpico/Orla Conde é um habitat natural para food trucks. O número de caminhõezinhos varia de acordo com os eventos em cartaz, mas existe um núcleo mais permanente junto ao prédio do Touring Club, do Píer Mauá.

No M.A.R.

O M.A.R. tem dois restaurantes -- e como está posicionado no meio do circuito, é sempre uma opção a considerar na hora do almoço. O Mauá é administrado pelo grupo Pax (de vários restaurantes na Zona Sul) e tem menu brasileiro contemporâneo no terraço do museu (tel. 21 3031-2819 - Facebook).

O bistrô Cristóvão tem cardápio variado, incluindo sanduíches e bons menus no almoço com entrada e prato por preço interessante (tel. 21/2253-5837 - site). Não é preciso comprar ingresso para o museu para ir a nenhum dos dois restaurantes.

No Museu do Amanhã

Restaurantes no Centro: Fazenda Culinária, Museu do Amanhã

Fazenda Culinária

No Museu do Amanhã funciona o Fazenda Culinária, que privilegia receitas brasileiras com ingredientes orgânicos. (Praça Mauá, s/n, tel. 21 99628-0101, Instagram). A entrada é independente do museu e não requer comprar ingresso.

Na av. Rio Branco e arredores

Onde comer no Boulevard Olímpico: Mironga

Mironga

O moderninho Cozinha Mironga é perfeito para almoçar antes de visitar o Mosteiro de São Bento, que fica a meia quadra (av. Rio Branco, 19, tel. 21 2518-7727 - Instagram).

Escondidinho numa ladeira que sai de uma travessa da rua Acre, o Imaculada Bar é o desfecho perfeito para um tour pelo Morro da Conceição -- mas também serve como cenário inesperado para um almoço pitoresco a cinco minutos do M.A.R. (Ladeira do João Homem, 7, tel. 21 2253-3999 - Instagram).

O miolinho entre o Centro Cultural Banco do Brasil e a Orla Conde é pontilhado de bares e restaurantes.

O mais bem cenografado é o Cais do Oriente, que funciona num casarão imponente (Visconde de Itaboraí, 8, tel. 21 2233 2531 - Instagram).

A cozinha mais autoral é a da filial do CCBB do Lilia Café o mais aclamado restaurante do Centro (tel. 21 2283-4018 - Instagram).

Voltar | Topo

Boulevard Olímpico: 5 roteiros prontos

Dá para visitar tudo no mesmo dia?

Roda gigante Rio Star

Rio Star

Impossível! O Boulevard Olímpico/Porto Maravilha/Orla Conde é um verdadeiro catálogo de atrações, a maioria de primeiríssima grandeza. Tentar conferir todas de uma vez transforma seu passeio numa maratona.

A dica para uma visita sem atropelos é combinar uma visita longa (AquaRio, Museu do Amanhã, Ilha Fiscal) com uma ou duas visitas curtas, complementando com uma caminhada ao longo do Boulevard.

Então quer dizer que não dá pra combinar AquaRio e Museu do Amanhã no mesmo passeio? Dá, sim -- e se você só tem um dia disponível para visitar a região, vai naturalmente querer entrar nos dois. Tente ao menos não emendar uma visita na outra -- almoce ou faça uma visita 'curta' entre as duas visitas longas.

Voltar | Roteiros prontos | Topo

Roteiro com Rio Star e Museu do Amanhã

Compre ingresso para o Museu do Amanhã online com entrada para 13h.

Saia da Zona Sul entre 9h e 9h30, de metrô. salte na estação Cinelândia e pegue o VLT direção Praia Formosa. Salte na parada Utopia/AquaRio. Em 5 minutos de caminhada você chega à Roda Gigante Rio Star

Na saída, venha caminhando pelo Boulevard Olímpico na direção oposta à que você veio. Em menos de 10 minutos você chegará ao ponto onde o mural Etnias estará à sua frente, a favor da luz.

Volte caminhando (5/8 minutos) até o M.A.R.. Suba pelo elevador do restaurante (não é preciso comprar ingresso) até o terraço, de onde se tem a melhor vista da Praça Mauá, com o Museu do Amanhã em primeiro plano e a ponte Rio-Niterói ao fundo.

Almoce num dos restaurantes do M.A.R. ou num dos food trucks do Píer Mauá (detalhes aqui).

Visite então o Museu do Amanhã, sem pressa.

Prossiga pelo Boulevard (aqui, Orla Conde) até a Pira. Se quiser incluir uma paradinha cultura, à sua esquerda estará o CCBB.

Volte à Orla Conde e continue até a Praça XV. Então pegue a linha 2 do VLT (direção Praia Formosa) e salte na próxima estação, Colombo. Basta dobrar a esquina (à direita) da Gonçalves Dias, e você chegará à Confeitaria Colombo, o mais elegante desfecho para o seu passeio.

Voltar | Roteiros prontos | Topo

Compre ingresso para o AquaRio online com entrada no intervalo entre 12h e 12h30.

Saia da Zona Sul entre 9h e 9h30, de metrô. Salte na estação Cinelândia e pegue o VLT direção Praia Formosa. Salte na parada Utopia/AquaRio. Em 5 minutos de caminhada você chega à Roda Gigante Rio Star

Na saída, você estará a 4 minutos de caminhada do AquaRio.

Depois de visitar o AquaRio, siga caminhando pelo Boulevard Olímpico. Em menos de 10 minutos você chegará ao ponto onde o mural Etnias estará à sua frente.]

Continue caminhando, e em mais 5 minutos você chega às imediações da Praça Mauá.

Suba pelo elevador do restaurante do M.A.R. (não é preciso comprar ingresso) até o terraço, de onde se tem a melhor vista da Praça Mauá, com o Museu do Amanhã em primeiro plano e a ponte Rio-Niterói ao fundo.

Almoce num dos restaurantes do M.A.R., num dos food trucks do Píer Mauá ou no Mironga, na av. Rio Branco (detalhes aqui).

Saia por um momento do Boulevard para subir ao Mosteiro de São Bento.

Volte à Praça Mauá. Prossiga pelo Boulevard (aqui, Orla Conde) até a Pira. Se quiser incluir uma paradinha cultural, à sua esquerda estará o CCBB.

Volte à Orla Conde e continue até a Praça XV. Então pegue a linha 2 do VLT (direção Praia Formosa) e salte na próxima estação, Colombo. Basta dobrar a esquina (à direita) da Gonçalves Dias, e você chegará à Confeitaria Colombo, o mais elegante desfecho para o seu passeio.

Voltar | Roteiros prontos | Topo

Roteiro com AquaRio, Museu do Amanhã e Passeio de barco

Saia da Zona Sul de metrô, salte na estação Cinelândia e pegue o VLT direção Praia Formosa. Salte na Parada dos Navios. O mural Etnias estará à sua frente, a favor da luz. Dali você estará a 10 minutos de caminhada do AquaRio.

Dali você estará a 10 minutos de caminhada do AquaRio. Compre ingresso para o AquaRio online com entrada para as 10h.

Depois da visita, pegue o VLT na estação Utopia/AquaRio e salte na estação Parada dos Museus (se o dia estiver agradável, dá para vir caminhando: são 15 minutos a pé).

Suba pelo elevador do restaurante do M.A.R. (não é preciso comprar ingresso) até o terraço, de onde se tem a melhor vista da Praça Mauá, com o Museu do Amanhã em primeiro plano e a ponte Rio-Niterói ao fundo.

Faça um lanche num dos food trucks estacionados em frente ao edifício Touring (veja aqui).

Compre ingresso online para o Museu do Amanhã com entrada para as 13h30.

Faça reserva para as 16h ou 17h no passeio de barco do Rio Boulevard, que sai ao lado do Museu do Amanhã, vai a Niterói e volta pelo Pão de Açúcar e aeroporto Santos Dumont.

Pegue o VLT de volta na Parada dos Museus.

Voltar | Roteiros prontos | Topo

A visita à Ilha Fiscal só acontece de 5ª a domingo. Saia da Zona Sul de metrô, salte na estação Cinelândia e pegue o VLT direção Praia Formosa. Salte na parada Utopia/AquaRio.

Volte a pé uma estação, apreciando os graffiti dos armazéns do porto, até chegar ao mural Etnias, em frente à estação do VLT Parada dos Navios.

Ali, pegue o VLT até a estação Sete de Setembro. Vai dar para tomar um café na Confeitaria Colombo.

Prossiga com a linha 2 do VLT (direção Praça XV) a partir da parada Colombo. Ao desembarcar na Praça XV, vire à esquerda no Boulevard Olímpico/Orla Conde até o Espaço Cultural da Marinha, cuja bilheteria só abre às 11h. Ali você pode comprar o ingresso para o passeio da Ilha Fiscal das 14h.

Nas duas horas e meia que você terá até o passeio, visite o Paço Imperial ou o CCBB e almoce no Cais do Oriente ou no Lilia Café (detalhes aqui).

O passeio das 14h vai terminar às 15h30. Prossiga pelo Boulevard Olímpico em direção à Praça Mauá (você vai passar pela Pira).

Caso queira visitar o Museu do Amanhã (uma visita em modo express, já que o museu fecha às 17h), compre o ingresso online com entrada para 16h.

Mas o mais ajuizado é simplesmente subir no elevador do restaurante do M.A.R. (não é preciso comprar ingresso) até o terraço, de onde se tem a melhor vista da Praça Mauá, com o Museu do Amanhã em primeiro plano e a ponte Rio-Niterói ao fundo.

Pegue o VLT de volta na estação Parada dos Museus.

Voltar | Roteiros prontos | Topo

Este é o Lado B do Boulevard Olímpico -- o passeio em que você vai encontrar menos turistas. É também o passeio que exige mais caminhadas com sol ainda alto; não é recomendável num dia quente de verão.

Saia da Zona Sul de metrô, salte na estação Cinelândia e pegue o VLT direção Praia Formosa. Salte na parada Utopia/AquaRio.

Uma caminhada de 30/40 minutos, com direito a muitas paradas para fotos, vai levar você por muitos graffiti (incluindo o mural Etnias), até a Praça Mauá.

Ali, vire à direita, acompanhando a fachada do M.A.R.; atravesse a rua e prossiga pela rua Sacadura Cabral. Você vai passar em frente à Igreja de São Francisco da Prainha (cuja ruazinha lateral já é pitoresca como todas do Morro da Conceição) e entrar pelo Largo São Francisco da Prainha até a Pedra do Sal (onde toda 2ª à noite acontece uma roda de samba das ótimas).

Percurso alternativo: antes da Pedra do Sal, você pode seguir pela Sacadura Cabral até a Barão de Tefé: ali vai encontrar o sítio arqueológico do Cais do Valongo, onde chegavam os navios com escravos. O desvio fica ainda mais rico se complementado com uma visita ao Memorial dos Pretos Novos, instalado sobre um cemitério onde eram enterrados os escravos que morriam antes de serem vendidos. Para ir até lá, prossiga pela Sacadura Cabral e vire à esquerda na rua Pedro Ernesto. Depois, volte pela Sacadura Cabral até a entrada da Pedra do Sal e retome o circuito.

Suba pelos degraus da Pedra e você vai dar no alto do Morro da Conceição, na rua do Jogo da Bola. Vire na primeira à direita (tv. Joaquim Soares) e, ao fim dela, prossiga à direita pela Ladeira Pedro Antônio, que leva ao Jardim Suspenso do Valongo.

Volte pelo mesmo caminho até a rua do Jogo da Bola e prossiga à direita. Ao chegar à Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição vire à esquerda, para descer a Ladeira do João Homem. Ali, almoce no bar Imaculada (detalhes aqui). Ao fim da ladeira, você estará na rua Acre, a meia quadra da Praça Mauá.

Se quiser visitar o Museu do Amanhã, compre o ingresso online com entrada para 14h.

Senão, visite o M.A.R. e o Mosteiro de São Bento.

Em ambos os casos, siga pelo Boulevard/Orla Conde até a Pira. Depois, continue até a Praça XV.

Então pegue a linha 2 do VLT (direção Praia Formosa) e salte na próxima estação, Colombo. Basta dobrar a esquina (à direita) da Gonçalves Dias, e você chegará à Confeitaria Colombo, o mais elegante desfecho para o seu passeio.

O Morro da Conceição é um passeio que vale muito a pena fazer com guia. Recomendo minha amiga Meilin Mares Guia, da Turismares, que faz excelentes roteiros personalizados mesclando atrações tradicionais com atrações alternativas. Os comentários dos seus passeios no TripAdvisor são só elogios, dê uma olhada.

Voltar | Roteiros prontos | Topo

Boulevard Olímpico: Atrações A-Z

  • AquaRio
  • Cais do Valongo
  • Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)
  • Confeitaria Colombo (nas redondezas)
  • Fábrica da Bhering (nas redondezas)
  • Ilha Fiscal
  • M.A.R.
  • Morro da Conceição
  • Mosteiro de São Bento
  • Mural Etnias
  • Museu do Amanhã
  • Paço Imperial
  • Passeio de barco
  • Pira Olímpica
  • Roda Gigante Rio Star
  • Nenhum comentário, deixe o primeiro!

    Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
    Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
    Cancelar