Montevidéu: roteiro completo para a primeira viagem

Ricardo Freire
por Ricardo Freire

Punta Carretas, Montevidéu

Bienvenido, bienvenida. A 3 horas de vôo de São Paulo e Rio e a 2 horas de vôo de Porto AlegreMontevidéu é o destino internacional mais redondinho para um fim de semana. A cidade cabe inteira nessas 48 horas, sem deixar nada mega-blaster-essencial de fora. Caso você queira incluir Punta del Este e/ou Colonia del Sacramento no roteiro, venha com mais tempo: pelo menos quatro dias. Colonia, como veremos adiante, funciona melhor quando encaixada a caminho de Buenos Aires.

Conte em levar entre 20 e 30 minutos do aeroporto ao seu hotel, dependendo do local (Pocitos ou Centro) e do trânsito. No saguão do aeroporto você encontra o guichê do táxi oficial, onde pode pegar um táxi ou van ao seu hotel. Os preços são tabelados (em julho de 2016 -- táxi: Punta Carretas 1.280, Ciudad Vieja 1.550 pesos; van: 350 pesos por pessoa; veja tarifas atualizadas aqui). Táxis e van funcionam 24 horas; mas as vans requerem um mínimo de passageiros para sair. A novidade de 2016 é o Uber, que pode ser chamado usando o wifi aberto e gratuito do aeroporto; o aplicativo é o mesmo do Brasil e a corrida a Punta Carretas tem saído 500 pesos (vem na conta internacional do cartão, com IOF de 6,38%).

Do aeroporto também dá para ir direto a Punta del Este, de ônibus regular intermunicipal (pela COT; compre no guichê do lado externo do aeroporto para a próxima saída, 266 pesos), de táxi (260 dólares por carro) ou van (45 dólares por pessoa).

A casa de câmbio do aeroporto tem cotações fracas; o ideal é sacar pesos uruguaios no caixa eletrônico. Se levar reais, deixe para trocar nas casas de câmbio do Centro, Pocitos ou Punta Carretas, que têm boas cotações. Lembre-se também de que ao pagar restaurantes com cartão de crédito internacional, o governo uruguaio devolve 18,5% do IVA, o que compensa de longe o IOF brasileiro. A lei foi renovada até 30 de outubro de 2017.

Caso você ainda não tenha reservado hotel, saiba que os da Cidade Velha estão próximos às atrações turísticas, mas a vida noturna e gastronômica está na orla -- onde é possível se hospedar em Punta Carretas, Pocitos ou Buceo.

Sábado: Ciudad Vieja + city-tour


View Cidade Velha + Estádio Centenário in a larger map

Teatro Solís

A Ciudad Vieja é o lerê fundamental de Montevidéu. É melhor visitada durante a semana ou no sábado de manhã. No sábado à tarde e no domingo as lojas fecham e as ruas ficam ermas (mas o Teatro Solís e o Mercado del Puerto continuam abertos, claro).

Planeje sua visita culminando com um almoço no Mercado del Puerto, onde você prova o legítimo churrasco uruguaio vendo as carnes (e miúdos) sendo assados em grelhas à sua frente. Antes do almoço, faça uma visita guiada ao Teatro Solís, e passe num dos simpáticos museus do centro, como o Museo Torres García, dedicado ao maior artista uruguaio, o Museo del Carnaval, que celebra a folia uruguaia, o no Museu Andes 1972, que relembra a queda do avião que carregava uruguaios para o Chile. O café (e o digestivo) devem ser tomados no charmoso Café Brasilero (Ituzaingó esquina 25 de Mayo).

A continuação perfeita para o passeio é pegar o Bus Turístico, que sai dos fundos do Mercado e leva a outros 8 pontos turisticos em pouco mais de duas horas; pergunte se o Estádio Centenário está aberto para visitas (se estiver, desça e retome a viagem no ônibus seguinte).

Domingo: manhã na feira, tarde na orla


View Domingo em Montevidéu in a larger map

 

Feria Tristán NarvajaÉ de lei uma passadinha na Feria Tristán Narvaja, o footing oficial de Montevidéu nas manhãs de domingo. Antigüidades, quinquilharias, frutas, verduras, bichinhos de estimação -- a feira tem de tudo, mas o mais engraçado é ver tanto uruguaio passeando com cuia de mate na mão e garrafa térmica debaixo do braço.

Depois do almoço, pense em passear pela Rambla de Pocitos (a dica para a sobremesa é o café Oro de Rhin, que fica anexo a uma livraria). Ou ir ao Parque Rodó.

Em janeiro e até uma semana antes do Carnaval, o melhor programa do início da noite é assistir às entradas, as batucadas de carnaval à moda uruguaia no bairro de Palermo.

 

Montevidéu à noite


View Montevidéu à noite in a larger map

Baar Fun FunEu disse que a melhor noite de Montevidéu está na orla, entre Pocitos e Buceo. Mas tem um programa noturno na Cidade Velha que acho imperdível: ir quinta, sexta ou sábado ao Baar Fun Fun. É que nesses dias, depois do tango, há uma sessão de candombe, a salsa uruguaia. O candombe só rola lá pelas duas da madrugada, então se você quiser ir depois do jantar, tá valendo (o público vai se renovando ao longo da noite e você logo terá mesa livre para sentar).

Querendo um lugar charmoso para o primeiro jantar da sua estada, aí vão meus favoritos: o Tabaré e o 62 Bar. A lista completa das minhas indicações está aqui.

A noite mais animada da cidade está no finzinho de Pocitos, junto ao Montevideo Shopping, já em Buceo. Nas duas quadras da avenida Luis Alberto de Herrera antes do cruzamento com o Boulevard 26 de Marzo há vários boliches, barzinhos para tomar um chopinho, comer uma pizza e azarar. O movimento é mais quente de quinta a sábado.

Uma manhã ou tarde na vinícola


View Bodega Bouza in a larger map

 

Montevidéu tem muitas vinícolas nos arredores. A mais próxima é a Bodega Bouza, a 15 km. Abre para visitas diariamente -- e além das comuns a tudo quanto é vinícola, a Bouza ainda possui uma exposição de carros antigos colecionados pela família. O restaurante abre para almoço todos os dias (até as 15h30). Recomenda-se reservar a visita com antecedência. Dá para ir de táxi.

O município vizinho de Canelones tem várias outras vinícolas, entre 40 e 50 km do centro de Montevidéu. Um remise (carro com motorista) custará em torno de 200 dólares, e poderá ser reservado por meio do seu hotel. Entre as vinícolas mais interessantes da região estão a Juanicó e a H. Stagnari.

Uma escapada a Punta del Este


View Montevidéu a Punta del Este in a larger map

José Ignacio, Punta del EsteEu sei, você veio seco procurando este tópico.

Punta del Este está a 120 km do centro (90 km do aeroporto). Com o trânsito de saída da cidade e a velocidade controlada da autopista (duplicada), conte em levar pelo menos uma hora e meia para chegar.

O bate-volta é factível, mas cansativo, porque depois de chegar a Punta você ainda vai zanzar bastante. Se for até José Ignacio, que fica a 40 km do centro, rodará 80 km só dentro de Punta. E se voltar antes do entardecer vai perder o pôr do sol, que é um dos pontos altos do passeio.

O ideal é ir na temporada -- entre o Natal e o Carnaval -- e dormir uma ou duas noites, para visitar com calma, aproveitar o serviço de bordo das praias, jantar bem e ainda curtir a balada.

Um jeito esperto de fazer o bate-volta, aproveitando muito e sem se cansar, é ir cedinho de ônibus pela COT, pegar um carro alugado ao chegar, zanzar por tudo, ver o pôr do sol, devolver o carro, jantar na Península e voltar no último ônibus (das 23h30), sem se preocupar com cansaço ou polícia rodoviária.

Como encaixar Colonia del Sacramento


View Montevidéu, Colonia, Buenos Aires in a larger map

 

Colonia del SacramentoSe você está indo apenas ao Uruguai, trago uma notícia não muito boa: ir à linda cidadezinha histórica de Colonia del Sacaramento num esquema bate-volta é meio chatinho. São duas horas de carro ou duas horas e meia de ônibus em cada sentido.

Em compensação, Colonia cabe direitinho como pit stop ou pernoite numa viagem entre Montevidéu e Buenos Aires. O esquema é o seguinte: você precisa comprar passagem de ônibus com a COT (saindo do terminal Tres Cruces). A passagem custa 330 pesos. Ao chegar a Colonia, vai para o hotel, se for pernoitar, ou deixa a bagagem no guarda-volumes da rodoviária. Mais tarde, ou no dia seguinte, segue viagem de barco, com Buquebus ou Seacat; a travessia leva apenas uma hora (em vez das duas horas e meia voltando pelo mesmo caminho a Montevidéu).

Bate-volta a Buenos Aires no mesmo dia

O novo buque Francisco, da Buquebus, faz o trajeto em 2h15. O bate-volta é possível, mas não é recomendável.

Combinando Montevidéu e Buenos Aires na mesma viagem

Comece sempre por Montevidéu. Pegue o vôo de volta em Buenos Aires, sem precisar voltar. Passe pelo menos duas noites em Montevidéu e pelo menos quatro noites em Buenos Aires. Se fizer o roteiro via Colonia, aumente uma noite na viagem (pode ser em Colonia ou em Buenos Aires).

Leia mais:

902 comentários

Roberta Souza
Roberta SouzaPermalinkResponder

Pelo roteiro que estou montando só teria o domingo para ir a uma vinícola, e já vi que a Bodega Bouza não abre aos domingos. Gostaria de ir a alguma que fosse perto para ir por conta própria. Alguma indicação?

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Roberta! Até há pouco tempo abria...

A Juanicó abre:
http://juanico.com/?cat=83&lang=es

Fernanda
FernandaPermalinkResponder

Olá Bóia, estou indo de Floripa a Punta e Montevidéu de carro. Vão ser 7noites divididas entre os dois locais. Tem alguma informação sobre o funcionamento das coisas em 1 de maio em Montevideu e Colônia Del sacramento?
Não vi nenhum comentário sobre uso de telefone e chip local do Uruguai, alguma dica ? pois na estrada é sempre útil ....
O restante da viagem já me organizei com as dicas ótimas por aqui.
Muito obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Fernanda! Você pode entrar numa loja de operadora no centrinho da primeira cidade uruguaia pela qual você passar. Ou então ativar o plano de roaming internacional do seu celular, vai custar R$ 39,90 por dia. No dia 1º de maio museus e lojas não funcionam, restaurantes abrem.

Shara
SharaPermalinkResponder

Olá! Estarei em montevidéu nos dias 30,31/12 e 01 e 02/01/19, queria saber o que fecha nessas datas, se tem alguns atrativos especiais. No dia 02, irei para Colonia de manhã, para passar o dia e pegarei o Buquebus ou Seacat para Buenos aires às 17hrs, queria saber se alguma dessas empresas tem espaço no porto para deixar o carro estacionado. Obrigada e parabéns pelo blog, consegui ótimas dicas!

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Shara! O porto da Buquebus tem estacionamento tanto em Montevidéu quanto em Colonia.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia offline! Vamos continuar aprovando comentários, mas a Bóia só volta a responder perguntas que forem feitas depois de 10 de abril de 2017. Obrigado pela compreensão.
Cancelar