Barceló Bávaro Palace Deluxe: completo, renovado, em ótima praia

Barceló Bávaro Deluxe, Punta Cana

Em 2010 eu gastei boa parte de três dias percorrendo a pé as areias da zona hoteleira principal de Punta Cana, de Macao até o finzinho de Bávaro.

A intenção era cruzar a localização dos hotéis com o jeitão da praia em frente, e também avaliar pelo menos o porte de cada um, já que não tinha tempo para fazer visitas (no total fiquei seis dias, numa área em que existem pelo menos 40 resorts).

No finzinho da minha última caminhada deparei com o hotel que acendeu todas as luzinhas do meu radar: era o Barceló Bávaro Palace Deluxe. A arquitetura era moderna e arejada; os prédios, próximos à praia, e a praia, excelente — e com um trecho vizinho ainda selvagem. Botei no post: se vier uma próxima vez, é esse que eu quero testar.

As primeiras reações à minha intuição, porém, não foram boas. Uma leitora lembrou más experiências. Outra foi ao TripAdvisor e descobriu uma número desproporcional de resenhas ruins. Deletei a minha recomendação do texto. Será que meu radar tinha falhado?

Logo, porém, começaram a aparecer comentários positivos. E mais comentários positivos. E mais comentários positivos. Deu para descobrir por quê: o complexo estava passando por uma grande reforma, e o novo Palace Deluxe foi o primeiro a ser posto em funcionamento. Desconsiderem-se as resenhas anteriores. Não, minha intuição ainda está afiada, sim 😀

Claro que nesta viagem não deixaria de conferir o que eu já teria gostado de ver no ano passado. Reservei uma noite numa junior suite ocean view por R$ 280 agora em junho em sistema all-inclusive. Não comprei nem me ofereceram na chegada upgrade para o Club Premium, a ala vip do resort.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Localização. O Barceló Bávaro Palace Deluxe está no canto direito do filé da praia de Bávaro, numa propriedade imensa. Seu vizinho para a esquerda (de quem olha para a praia) é o complexo Meliá-Paradisus; à direita há um longo trecho deserto que pode ser percorrido a pé por quase vinte minutos, até a praia ser interrompida por um riozinho.

O aeroporto está a pouco menos de meia hora de carro. O táxi é tabelado; custa US$ 28.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta CanaBarceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Apartamento. Minha deluxe junior suite ocean view tinha cara de totalmente novinha — mas eu acredito que o certo seja “totalmente repaginada”. A varanda é provavelmente toda nova (a frente dos prédios não tem nada a ver com os fundos, em termos de estilo) e tem uma jacuzzi grandona. A decoração do quarto e da saleta é moderninho; o banheiro, integrado ao quarto, é bem esperto. O frigobar vem abastecido com cerveja.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta CanaBarceló Bávaro Palace DeluxeBarceló Bávaro Palace Deluxe

Layout da propriedade. O prédio principal, de dois andares, é enorme e concentra toda a estrutura social. Ali ficam a recepção, o teatro, a galeria de lojas, os restaurantes, o teatro, o cassino e a discoteca. A sensação, de dia ou de noite, é a de estar num shopping — um shopping com mais restaurantes do que lojas, e com mais gente de chinelo do que o habitual, mas enfim.

Barceló Bávaro Palace Deluxe

Os apartamentos se distribuem em blocos de quatro andares naquela que seria a “quadra da praia”. Quanto mais nobre-Club Premium o seu apartamento, mais próximo da areia; os ocean front ficam realmente de cara para o mar (já os “ocean view” poderiam se chamar “ocean esguelha” que seria mais verdadeiro).

Na “quadra de trás” ficam os apartamentos superiores, não renovados (cacife os novos, sim?), a ala Barceló Family (que está sendo renovada) e o parquinho aquático. À esquerda da recepção fica o antigo Barceló Bávaro Casino Resort, que também está sendo reformado.

Quem não quiser caminhar pode pegar o trenzinho que percorre o complexo.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Piscinas. Do jeito que o brasileiro gosta: são enormes e têm vários nichos. Ficam próximas à praia, no centro do complexo.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta CanaBarceló Bávaro Palace Deluxe, Punta CanaBarceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Praia. É o cantinho mais fotogênico de Bávaro, com um coqueiral espesso e bastante bem aproveitado.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Restaurantes-buffet. São dois: um “internacional” e outro que inclui também cozinha dominicana. Boa variedade, mas não espere grandes sofisticações. Os frios do café da manhã são bons.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta CanaBarceló Bávaro Palace Deluxe, Punta CanaBarceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Restaurantes à la carte. São sete: francês, italiano, espanhol, japonês, mexicano, churrascaria e peixes/frutos do mar. Em todos é necessário reservar. Hóspedes do Club Premium têm privilégio na reserva.

O sports bar também serve lanches à la carte o dia inteiro, sem custo extra. Anexo há um auditório com telão para ver jogos que é dos ambientes mais bonitos do hotel.

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta CanaBarceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Bebidas. O default é servir a marca genérica. Fique de olho e seja específico. Na praia todas bebidas são servidas em copos do plástico mais vagabundinho (tipo os que tem no café do escritório).

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Entretenimento. Tem cassino, discoteca e teatro (mas achei o ambiente bem melhor produzido do que o show).

Barceló Bávaro Palace Deluxe, Punta Cana

Atendimento. Me pareceu frio porém eficiente.

O público. São 1.300 apartamentos e quando fui o resort estava bem cheio. Dava de tudo. Quem procura clima de romance deve cacifar as suítes Club Premium e reservar os restaurantes à la carte.

Internet. O wifi funciona no complexo inteiro. Quem não é hóspede Club Premium compra senhas de acesso por US$ 10 por dia ou US$ 45 por semana.

No Brasil seria o quê? O que imagino mais próximo é o Iberostar da Praia do Forte — só que com muito mais restaurantes e ênfase muito menor às atividades de animação.

Quanto custa? Pesquise o menor preço aqui.

Leia mais:

1057 comentários

Bóia, gostaria de agradecer a indicação do hotel Barceló Bávaro Palace, muito bom, bom quarto, bem limpo todos os dias, serviço bom, comida boa (nada maravilhoso, mas com boa variedade), praia em frente e um show de piscinas, vale a pena conhecer…

mais uma vez, obrigado pela indicação…

Simplesmente perfeitooo!!! Voltei agora e não tenho o que reclamar!!! Tudo maravilhoso!!!! Quarto, comida, hotel, piscinas, praia, passeios… Ilha Saona não tem como deixar de ir! Ficamos na suíte com vista lateral à praia, como na foto. Iria outras vezes, com certeza!

Maravilhoso!!!!! Perfeito!!! Encontrei o site procurando informações se aconteceu algo por lá c o furacão porque c certeza qnd voltar é lá q vou ficar! MARAVILHOSO!!!!

Olá.
Estou voltando de Punta Cana e aproveitando as dicas do site fiquei hospedado no Barceló Bavaro de Luxe. Agora chegou a hora de retribuir as dicas.

O hotel e toda a infraestrutura é excelente. Muito grande e tudo muito bonito e bem cuidado.
A praia é espetacular, cadeiras a vontade e mar transparente, calmo e quente. Algas não atrapalham. Sempre sopra uma brisa que ameniza o calor.
Piscinas enormes e água “morna”(acho que devido ao calor da região).
Em setembro há perspectiva de chuva e até furacões mas o tempo estava ótimo.

Restaurantes: fui em todos, com exceção do espanhol. Os buffets tem uma quantidade absurda de tudo(comida e bebida) em todas as refeições. Dá para se alimentar muito bem. A comida não tem uma qualidade de primeira pois é feita no esquema “bastantão” pois tem muita gente para alimentar. Mas a variedade é tão grande que é impossível não se agradar de algo. O sports bar é uma opção “americana” para qualquer horário e o Hoyo 19(que falaram por aqui que é um pouco longe, mas não é não!! Saindo do hotel,pegue a esquerda e caminhe menos que 5 minutos. Era mais perto que o meu quarto!) que tem um ambiente bem agradável, menos gente e um buffet e a la carte bem bom em todas as refeições.
Restaurantes temáticos: como disse, só não fomos no espanhol. Marcamos tudo para as 20:30, mas acabei achando uma fria. Quem gosta de ficar na praia até mais tarde e depois dormir um pouco antes de sair para jantar, fica muito cedo e ainda estamos “cheios” das bebidas e comidas do dia. Além disso tem que botar calça, sapato/tênis, esperar, etc. E a comida de todos eles, apesar de ser boa, não compensa tudo isso. OBS: o serviço nesses restaurantes realmente é muito ruim(cada vez que se pede algo para beber, tem que pedir umas 3 vezes e demora muito). Vinho, só se for chileno. Os outros que estão incluídos são intragáveis(assim como o espumante que tem disponível em todos os lugares). Eu não iria novamente nos temáticos e se tivesse que escolher iria no francês e no japonês(mais pelo show).

Cassino : sem graça e “shows” estranhos.
Coffee, rum and cigar + Lounge : vale a pena tomar uns cafés e comer uns doces.

Boate : sem graça e quando fomos olhar fica quase todo mundo sentado olhando a pista quase vazia.

Show no teatro : só se não tiver nada mesmo para fazer.

Arrumação do quarto é muito ruim e as vezes nem aparecem.

Passeio : Ilha Saona vale muito a pena!! Contratei dentro do hotel com desconto e foi tudo 100%. O visual é espetacular e a água é do Caribe(muito azul e transparente. No hotel é verde e do Atlantico).

Dica de ouro: wifi gratis no cassino das 4AM até as 4PM! Fora isso, internet é muito cara.
Dica de ouro 2: para quem vai para beber bastante, compre(ou leve) na loja do hotel as canecas térmicas que eles vendem(+-US10, depende o tamanho). Os gringos usam na praia e piscina e não há problema. Evita a chatice de ter que ir toda a hora até o bar para se servir.
Dica de ouro 3: à direita das piscinas tem uma piscina para adultos com uma “cama”(por casal) enorme, coberta e cadeiras de praia. Tem um bar bem menos concorrido. Problema é que tem que reservar e custa US15. Acho que vale a pena se quiser um lugar mais tranquilo(em qualquer praia brasileira para alugar cadeiras e guarda-sol não fica muito longe).

Enfim, para quem quer um hotel confortável, praia/piscina espetaculares, comer e beber à vontade e relaxar muito recomendo muito Punta Cana e o hotel Barceló.

Espero ter ajudado!!

Abraço,

Paulo.

Fui a República Dominicana com minha família: eu, minha esposa e duas filhas, uma de 15 anos e outra que fez 4 anos na viagem.

Passamos 7 noites no Corpus Christi, na primeira quizena de junho, que valeram 8 dias no país, dividindo 2 dias para a Península de Samaná, 2 dias para Santo Domingo e 4 dias para Punta Cana.

Em Punta Cana escolhemos o Bávaro Palace Deluxe, com base nas indicações do Riq e de vocês aqui, essenciais. Não viajo antes de colher dicas aqui no VnV.

Confesso que não sou fã de resort, por não gostar do estilo de hotéis grandes, com muita gente, comida sem muito paladar e com atrações para te prender ali, com boa infraestrutura, mas longe da realidade local. Prefiro em geral pousadas pequenas e charmosas.

Com relação ao resort, ele é muito bom, o melhor que já estive. A título de comparação, estivemos antes em resorts am Angra dos Reis, Praia do Forte, Santo André e Aruba. A infraestrutura é excelente, com várias piscinas, parques aquáticos, campo de golfe, restaurantes, boate, um pequeno cassino e tudo para distrair o hóspede por alguns dias.

A praia em frente ao hotel é linda, calma e com mar típico das ilhas do Caribe, em tons de verde. Os restaurantes a la carte são bons, em especial o francês, que é pago a parte, o italiano e o japonês. Fomos no espanhol e não achamos nada demais. Como orientado aqui e praxe em hotéis do tipo, marcamos todos os restaurantes logo na chegada.

Em contrapartida achamos o buffet insosso, apesar de várias opções, e a comida ali é de baixa qualidade e sem paladar. Minhas filhas não comeram bem ali. Foi o único lugar onde não se alimentaram bem na viagem. Em Samaná e Santo Domingo elas comeram muito bem.

Nosso quarto era excelente, confortável e com instalações modernas, com vista para o mar. Achamos melhor não adquirir o Club Premium, que nos custaria USD 200,00 a mais por dia. No custo e benefício para nós não valeria a pena.

Usamos a operadora de mergulho que presta serviços ao hotel. Eu, minha mulher e mina filha de 15 anos somos certificados PADI. Fizemos uma saída de mergulho tranquila, próxima ao hotel, demorando em torno de 3 horas. Foi o único dia que deixamos minha filha de 4 anos na recreação, cujo serviço foi bom.

Como não somos fãs de resort, 4 noites foram suficientes. Para quem gosta do estilo e quer descansar, dá para ficar uma semana tranquilo.

Fizemos o passeio a Isla Saona. Para nós foi o ponto alto dessa região do país. Praias belíssimas. Mar de cor absurda. Fomos por conta própria, já que estávamos de carro, necessário para a primeira parte da viagem em Samaná e Santo Domingo. Como pegamos uma tarifa semanal, não compensava devolver o carro em Punta Cana e depois pagar transfer para Saona e o Aeroporto.

O caminho pela estrada é rápido e tranquilo. Aliás, as estradas do país são privatizadas em boa parte e boas se comparadas às brasileiras (exceção de SP). Certamente são melhores do que as daqui do estado do Rio. Chegando em Bayahibe, base para a saída de barco para Isla Saona, fechamos um barco motorizado só para nós por USD 200,00, com almoço e bebidas incluídas. Escolhemos as paradas e ficamos o tempo que quisemos em cada uma delas.

Recomendamos fortemente o passeio à Saona. Foi o mar mais bonito que vimos no país. É a chance também de um contato com uma República Domicana mais real. Quem fica somente no resort, não conhece a realidade do país. Sequer transaciona em pesos dominicanas, já que tudo ali é dolarizado.

No meu ponto de vista, o ideal de estadia no Bávaro Palace Deluxe, para quem não quer ficar trocando de hotel e se deslocando por conta própria, seria ao menos 7 noites, para dar tempo de fazer o passeio de Isla Saona e a Santo Domingo, cada um durando um dia. Claro que tem pessoas que estão ali somente para descansar e preferem não sair do resort. Cada um tem um objetivo.

Estivemos em Santo Domingo por duas noites, que valeram um dia e meio, e valeu muito a pena. Tem belíssimo passado colonial, com igrejas e monumentos; lindo casario no centro histórico; os museus do âmbar e larimar, riquezas locais; bons restaurantes, em especial o Pat’e Palo; e um shopping razoável, o Blue Mall, que está construindo filial em Punta Cana.

Para quem está em Punta Cana há passeios de um dia de duração. Com a estrada nova, a distância de Punta a Santo Domingo encurtou sensivelmente. Como Cartagena, o turista terá que aguentar o calorão do Caribe rodando o centro histórico, mas vale muito a pena. É uma chance de ver uma República Dominicana mais real.

O ponto alto de nossa viagem foi a Península do Samaná. Fica a cerca de 03h30 de Punta Cana. Chegamos de vôo Gol em Punta Cana, de milhas, e pegamos o carro e partimos para Samaná. De lá fomos para Santo Domingo e terminamos em Punta Cana.

A Península tem praias lindíssimas, intocadas. Ficamos em Playa Bonita, em Las Terrenas, no Hotel Atlantis, de frente para o mar. Ali conhecemos europeus e alguns brasileiros que trabalhavam em obras lá no país, curtindo o fds. Enquanto Punta Cana é americanizada, apesar de ter muitos russos no resort, Samaná é europeizada, com muitos italianos, tradicionalmente descobridores de paraísos, por lá.

Fizemos o passeio ao Salto El Limón, uma cachoeira idílica que você chega através de um passeio guiado de cavalo. Cenário único, com fotos absurdas. Aliás, em Samaná tiramos as mais belas fotos da viagem. Las Terrenas tem ótimos restaurantes, com preços justos. Deu pena não poder ficar mais uma noite ali ao menos, para conhecer a outra ponta da Península, em Las Galeras.

Gostamos muito da viagem e do país, que permite visões de paraíso a diversos tipos de turistas. Abraços a todos, obrigado pelas dicas essenciais aqui e me desculpem se me alonguei demais, mas não poderia deixar de tentar contribuir depois de pegar tantas dicas aqui.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.