Punta Cana: como é o Ocean Blue & Sand (a Vicky conta)

Ocean Blue & Sand, Punta Cana
A Vicky dividiu com a gente aqui no Viaje na Viagem a epopéia da escolha do seu resort em Punta Cana. Não é fácil: como você sabem, tem uns 40 resorts (ou uns 60, se você contar os hotéis dentro de cada complexo). Acabou escolhendo o Ocean Blue & Sand, um resort praticamente independente (sem outros da mesma rede nesta praia). Vamos ao seu relato (no final eu comento):

Eu e o Rafa, meu marido, ficamos uma semana no Ocean Blue & Sand. Depois de pesquisar por semanas no Oyster, no Viaje na Viagem e em vários outros, decidi pelo Ocean pelo custo benefício. Minha prioridade era boa comida, quarto legal com jacuzzi, praia bonita e bebidas de marca (essa fica por conta do Rafa) — ah, e preço razoável, claro. Entre as inúmeras opções de resorts a que mais se encaixou foi o Ocean.

Era assim: em um resort tinha que pagar bebida melhor à parte, no outro a comida era de baixa qualidade, em outro menor variedade, em outros barulho demais, crianças demais, mosquitos, filas intermináveis para marcar jantar nos restaurantes, praia muito cheia, piscina sem bar molhado, enfiiiim, eu quase surtei! Mas quase mesmo.

Quando finalmente descobri e fechei o Ocean, eis que descubro o TripAdvisor. Aí eu surtei de vez. O povo que comenta lá é louco! Fui super preocupada! Já, já você vai entender.

Bom, ainda em Goiânia, mandei um e-mail pro pessoal do resort perguntando se eles tinham recebido a minha reserva, se estava tudo certo, e sobre o sistema de upgrade deles, o Privilege. No TripAdvisor, algumas pessoas reclamaram de chegar lá e serem mandados pro Gran Bahía Príncipe Bávaro ou Ámbar por causa de overbooking. (Se bem que para mim isso não seria problema, pois são dois resorts ótimos, principalmente o Ambar que é adults-only.)

Eles me respoderam, confirmaram tudo, e trocamos vários e-mails sobre o upgrade. Eu disse que ia em lua de mel, e me disseram que se eu levasse minha certidão de casamento e eles tivessem disponibilidade me dariam um upgrade de quarto.

Pois bem, chegamos lá, fomos fazer o check-in e perguntei sobre a disponibilidade, e o funcionário disse que eu já estava em um quarto deluxe, sem certidão nem nada, hein. Lá eles têm 10 villas, o resort é perpendicular em relação a praia (frente estreita e grande profundidade). As villas 6 e 10 ficam de frente pras piscinas e pro mar, e são as que tem as suítes deluxe e privilege, as outras são junior. Fiquei na vila 6.

Como o resort é perpendicular à praia, e a vila 6 fica na praia, a contrapartida é que fica meio longe do buffet e dos restaurantes à la carte — mas eles tem jardineira que passa a cada 10 ou 15 minutos pra levar o pessoal. A questão nem é a distância, mas sim o calor, tanto que à noite íamos a pé numa boa.

O Rafa pediu pra registrar que a melhor sensação de Punta Cana é a de entrar no quarto porque o ar condicionado fica o tempo todo ligado. É um choque térmico maravilhoso! Que calor infernal! E muita, muita umidade. O tempo foi de sol forte todos os dias, quando choveu, umas 3 vezes, durou, 5, 10 minutos.

O quarto é enorme, com uma jacuzzi gigante, sacada, e além do básico (ar, frigobar, cofre, king-size) tem secador de cabelo, cafeteira, chaise, ferro e tábua de passar. A jacuzzi e a ducha podem ser vistas do quarto pois são separadas apenas por vidro. Um charme. Tem cortininha pra quem não gostar…

Levei duas toalhas na mala porque no TripAdvisor algumas pessoas diziam que conseguir toalhas lá era um problema! Uma hora tinha 2, outra hora nenhuma e você nunca conseguia quando queria. Sobre isso, o mínimo de toalhas que tive no meu quarto foram 4!  Fora as minhas que voltaram intactas…

No frigobar quando chegamos só tinha 2 latas de cerveja Presidente. No dia seguinte deixei 1 dólar pra camareira e ela colocou 5. Dois dias depois o Rafa pediu mais (sem gorjeta) e ela colocou 6.

Muita gente no TripAdvisor falou sobre a “barreira de linguagem” que existia, que eles não conseguiam se comunicar e nunca conseguiam o que queriam. Bom, pra todo mundo que eu fui pedir algo e caí na besteira de perguntar se falavam inglês, eles me respondiam com um OF COURSE super ofendido. Lá pela quinta vez eu parei de perguntar. Pra não falar que eu não tive problema, o cara do serviço de quarto não entende tão facilmente o que você diz, mas nada que falar devagar e com paciência não resolva, quando em inglês não dava, eu ia de portunhol e ficava tudo certo.

Falando em serviço de quarto, que beleza! Não é como a comida do buffet, mas pra quebrar um galho é mais que suficiente. O cardápio tem sopas, saladas, sanduíches, pizzas (e que pizza!), frutas, e brownie.

A comida me surpreendeu muito! O buffet tem muita variedade, em muita quantidade. E o melhor, qualidade. Destaque pro omelete, o croissant, os crepes feitos na hora, a seção de massa, os camarões… Sempre tem alguma coisa que você gosta. No jantar cada noite tem um tema no buffet, além dos restaurantes à la carte óóótimos também. Não precisa fazer reserva, eu tive que esperar um dia que cheguei umas 20h30; depois disso, eu fui sempre às 19hw0 e não esperei mais.

Destaque pro filé do Il Mascherati, o ceviche e o camarão do Margarita, os sanduíches do Route 66. Não gostei muito do molho barbecue das ribs do Route. Não comi no El Bodegon e no La casa de mi Abuela. Tem também um restaurante na praia pra quem quiser petiscar no almoço. Tem uma cafeteria/confeitaria lá, o Mike’s coffee. Os cafés são fantásticos e os doces muito bons! Faz o maior sucesso, é sempre cheio.

No lobby e no sports bar tem Absolut, Jack Daniels, Jose Cuervo, Red Label e no cassino tem Black Label. Jogamos no cassino todas as noites, adorei. Tem também spa, boate, shows de dança, e até boliche. Internet grátis só no lobby, como ficava longe do meu quarto, paguei 25 dólares por 25 horas.

A praia é linda, a água é uma delícia, quase morna! Se tem algum defeito é não ter atendimento lá na areia; você tem que levantar e ir no bar buscar. O mar não é totalmente parado como em Bávaro, mas é muito, muito tranqüilo! Tem caiaques, windsurfs e catamarãs disponíveis, também incluídos. Velejamos de catamarã todos os dias, é uma delícia! Pegar um caiaque, e fazer snorkeling nos corais também é muito legal.

As piscinas também são muito boas, a temperatura da água tão boa quanto, tinha momentos em que eu queria que fosse mais fria, tamanho o calor! Realmente existe o problema da sombra, depois das 9h, 9h30 você não encontra mais, estão todas reservadas… Na praia é mais ou menos a mesma coisa.

Outra coisa, no TripAdvisor eu vi um monte de gente reclamando dos porto-riquenhos. Diziam que as atividades do resort eram voltadas pra eles, que eles predominavam lá e que eram barulhentos, jogavam bebida na piscina e por aí vai. Pronto, só o que me faltava, fiquei na maior apreensão por causa disso.

Gente, que que é isso!!! Conheci pessoas da Bélgica, Argentina, Portugal, Estados Unidos… Tem porto-riquenho sim, mas da mesma forma que tinha “n” nacionalidades! Pra não falar que eu não vi nada, absolutamente nada demais em relação a eles, no último dia eu vi uma turminha meio barulhenta na piscina. Mas só. E daí? Quando fomos a Cancún estava cheio de americanos escandalosos na piscina, muito mais que esses… Isso tem em todo lugar, não adianta. Não me estressou em nada… Ou eu tive muita sorte ou esse povo do TripAdvisor é realmente louco!

Fizemos apenas um passeio, o Bávaro Splash, muito legal!

Sobre o Privilege, eu acho que não vale a pena. Custa 100 dólares a mais por dia pelo quarto e pelo serviço. Só o serviço fica 50 dólares por dia. Isso inclui uma área exclusiva na praia (que não difere em absolutamente nada do resto da praia, só é separada), garçom na praia, café da manhã no restaurante da praia, e um concierge pra marcar mesa nos restaurantes à la carte que não requerem reserva (dã!).

Bom, acho que é isso, adoraaamos a viagem! E super recomendamos! Qualquer dúvida estou à disposição!

Ricardo, muito obrigada pelas dicas e pelo seu site maravilhoso!
Rafa e Vicky em Punta Cana

Eu e o povo é que agradecemos, Vicky! O relato está super-hiper-completo. O que eu acho mais bacana é essa pós-avaliação das resenhas do TripAdvisor. Como eu sempre digo: o que importa são os defeitos objetivos que aparecem e se repetem. No seu caso, havia dois: a questão do overbooking (que você contornou não só com o contato com o hotel, mas também com o upgrade; dificilmente o hotel derrubaria a sua reserva) e a falta de toalhas, que se mostrou infundada (ou talvez tenha sido contornada também pelo upgrade de acomodação).

As outras reclamações — dificuldade de comunicação com staff, preconceito contra alguma nacionalidade — são questões culturais e subjetivas. Há muita reclamação de americanos no TripAdvisor com relação a serviço em diversos lugares do mundo simplesmente porque os funcionários não entendem inglês falado rápido.

Há várias outras coisas que com o tempo você vai aprendendo a filtrar nos comentários. Mas isso só vem com o tempo — e o uso — das resenhas.

Obrigadíssimo, Vicky! Volte sempre para contar suas viagens!

Pesquise o menor preço no Ocean Sand & Blue aqui.

Leia mais:

214 comentários

Qual o e-mail para entrar em contato com Ocean BLUE e Sand????

    Olá, Juliana! Muito provavelmente esse hotel não existe mais com esse nome e esse perfil. Os hotéis em Punta Cana mudam o tempo todo de rede e de estilo.

Olá Vick. Sua colaboração foi extremamente importante já que somos donos de uma agência de viagens e embarcaremos dia 27 para Punta Cana e ficaremos neste hotel. Sempre vendemos para casais em lua de mel e os comentários ao voltar são maravilhosos e agora avalizados por vc fico mais tranquilo ainda. Obrigado
Mesmo!

Li seu comentário e estou neste hotel agora… vc disse que ”Sobre o Privilege, eu acho que não vale a pena. Custa 100 dólares a mais por dia pelo quarto e pelo serviço. Só o serviço fica 50 dólares por dia. Isso inclui uma área exclusiva na praia (que não difere em absolutamente nada do resto da praia, só é separada), garçom na praia, café da manhã no restaurante da praia, e um concierge pra marcar mesa nos restaurantes à la carte que não requerem reserva (…)’… no entanto, existe diferenciação entre os clientes sim….inclusive o tipo de café fornecido aos demais hóspedes, bebidas de melhor qualidade, sobras de sombrinha na praia, e até bebidas em restaurante, em total exclusão e tratamento inferior dos funcionários quando o hóspede não é Privilege. Decepcionante pagar um custo alto em um hotel supostamente de 5 estrelas e ver uma exclusão notória de quem nao e Privilege.

Cheguei recentemente de Punta Cana, estive hospedada no Ocean blue sand Resort, tudo perfeito, não tenho nenhuma reclamação..comida boa, hospedagem ótima.. principalmente no Privilege .. super recomendo

Estive por 8 dias, agora em dez/14 no Ocean Blue & Sand., e deixo abaixo minha contribuição e atualização deste hotel, a partir do relato da Vicky:
Apesar de ter trocado alguns email com o hotel solicitando um quarto no térreo e no meio do pátio do hotel, entrada 4 ou 7, quando cheguei fui colocada em um quarto térreo na entrada 1. Quarto grande com 2 camas de casal, com uma jacuzzi grande, sacada, frigobar , secador de cabelo, cafeteira, chaise, ferro e tábua de passar, mas o cofre estava sem a porta. O ar condicionado, apesar de ter visor para regular, não regulava, pois a temperatura não modificava, e passei calor essa noite. Ao reclamar, me disseram que consertariam apenas no outro dia, pois cheguei a noite no hotel. No outro dia veio um senhor para consertar a porta do cofre, mas disse que não teria como consertar, então e também pela minha solicitação, me mudaram para um quarto no térreo na entrada 4. Fiquei satisfeita, pois estava no meio do caminho para os restaurantes e para a praia. Neste novo quarto tinha cofre (com porta), mas o ar condicionado continuava com o mesmo problema do anterior, apesar de ter visor para controlar, a temperatura não oscilava, mas nesse passava frio, ao ponto de ficar com dor de garganta, que depois se transformou num gripe, até pedir que viessem regular, quando abriram o teto e diminuíram a entrada de ar e mudaram a direção das palhetas.
Quando se faz o check in se ganha um cartão que dá direito a uma toalha, que se pega na praia, do lado direito de quem vai e toda vez que entrega recebe devolta o cartão, ou seja, pode trocar a toalha quantas vezes quiser durante o dia. O local fica aberto das 8 hs da manhã as 18 hs.
Em relação ao comida, realmente tem muita variedade, e opções de restaurantes para o jantar, mas achei com pouco tempero, sem personalidade. Como cheguei depois das 22 hs no hotel, e os restaurantes já estavam fechados, minha primeira experiência foi no All time (acho que é esse o nome) um bar que fica aberto 24 horas e serve snaks. Pedi uma pizza que estava horrível, mas a cerveja estava geladíssima.
Jantei em todos os restaurantes, mas gostei mais do El Bodegón e do Blue Moon que substitui o “Casa de mi avuela”. O Mike’s Coffee tem uma grande variedades de cafés, mas os doces, além de serem bem sem gracinha são sempre os mesmos.
Não tomei outra bebida que não fosse cerveja Presidente, que adorei, mas a temperatura do frigobar não gela o suficiente para o gosto brasileiro, e apesar de sempre ter cervejas nele, sempre bebi fora do quarto, pois era mais gelada.
Não tive problemas de comunicação, falando portunhol com todos os funcionários.
A internet apesar deles dizerem que só tem no lobby, conseguiu conectar a qualquer hora no meu quarto da entrada 1 e bem cedo da manhã ou tarde da noite no meu quarto da entrada 4.
Durante toda minha estada não fui abordada pelo pessoal vendendo H10, nem vi fazerem isso, apesar deles terem quiosque na frente da porta do restaurante do café da manhã – El Carey & La Tortuga. Na praia também não fui incomodada com nenhum local vendendo artesanatos, pois tem segurança na praia e quando eles começam a tentar vender ele vem e pedem para irem embora.
Na praia tem o Caramelo Gilft Shop, são umas barracas fixas que vende artesanato e outras coisas para veraneio.
O hotel oferece transfer grátis para o Shooping San Juan, que é pequeno mas vale o passeio quando se entediar do hotel.
Gostei muito da simpatia e gentileza dos funcionários no atendimento geral, com exceção dos recepcionistas que parecem sempre estressados.
No saldo final, gostei bastante do hotel e recomendo.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.