Primeira viagem a Montevidéu: roteiro completo 1

Primeira viagem a Montevidéu: roteiro completo

Bienvenido, bienvenida. A 3 horas de vôo de São Paulo e Rio e a 2 horas de vôo de Porto AlegreMontevidéu é o destino internacional mais redondinho para um fim de semana. A cidade cabe inteira nessas 48 horas, sem deixar nada mega-blaster-essencial de fora. Nosso roteiro para a primeira viagem a Montevidéu organiza os passeios em um fim de semana.

Caso você queira incluir Punta del Este e/ou Colonia del Sacramento no roteiro, venha com mais tempo: pelo menos quatro dias. Colonia, como veremos adiante, funciona melhor quando encaixada a caminho de Buenos Aires.

Como sair do aeroporto

Conte em levar entre 20 e 30 minutos do aeroporto de Montevidéu ao seu hotel, dependendo do local (Pocitos ou Centro) e do trânsito.

No saguão do aeroporto você encontra o guichê do táxi oficial, onde pode pegar um táxi ou van ao seu hotel. Os preços são tabelados (em julho de 2016 — táxi: Punta Carretas 1.280, Ciudad Vieja 1.550 pesos; van: 350 pesos por pessoa; veja tarifas atualizadas aqui).

Táxis e van funcionam 24 horas; mas as vans requerem um mínimo de passageiros para sair.

Use o wifi aberto e gratuito do aeroporto para chamar um Uber – o aplicativo é o mesmo do Brasil e a corrida a Punta Carretas tem saído 500 pesos (vem na conta internacional do cartão, com IOF de 6,38%).

primeira viagem a montevideu

Do aeroporto para Punta del Este

Do aeroporto também dá para ir direto a Punta del Este, de ônibus regular intermunicipal (pela COT; compre no guichê do lado externo do aeroporto para a próxima saída, 266 pesos), de táxi (260 dólares por carro) ou van (45 dólares por pessoa).

A casa de câmbio do aeroporto tem cotações fracas; o ideal é sacar pesos uruguaios no caixa eletrônico. Se levar reais, deixe para trocar nas casas de câmbio do Centro, Pocitos ou Punta Carretas, que têm boas cotações. Lembre-se também de que ao pagar restaurantes com cartão de crédito internacional, o governo uruguaio devolve 18,5% do IVA, o que compensa de longe o IOF brasileiro. A lei foi renovada até 30 de outubro de 2017.

Caso você ainda não tenha reservado hotel, saiba que os da Cidade Velha estão próximos às atrações turísticas, mas a vida noturna e gastronômica está na orla — onde é possível se hospedar em Punta Carretas, Pocitos ou Buceo.

Sábado: Ciudad Vieja + city-tour

O que fazer em Montevidéu: Teatro Solís

Planeje sua visita culminando com um almoço no Mercado del Puerto, onde você prova o legítimo churrasco uruguaio vendo as carnes (e miúdos) sendo assados em grelhas à sua frente.

Antes do almoço, faça uma visita guiada ao Teatro Solís, e passe num dos simpáticos museus do centro, como o Museo Torres García, dedicado ao maior artista uruguaio, o Museo del Carnaval, que celebra a folia uruguaia, o no Museu Andes 1972, que relembra a queda do avião que carregava uruguaios para o Chile.

O café (e o digestivo) devem ser tomados no charmoso Café Brasilero (Ituzaingó esquina 25 de Mayo).

A Ciudad Vieja é o lerê fundamental de Montevidéu. É melhor visitada durante a semana ou no sábado de manhã. No sábado à tarde e no domingo as lojas fecham e as ruas ficam ermas (mas o Teatro Solís e o Mercado del Puerto continuam abertos, claro).

A continuação perfeita para o passeio é pegar o Bus Turístico, que sai dos fundos do Mercado e leva a outros 8 pontos turisticos em pouco mais de duas horas; pergunte se o Estádio Centenário está aberto para visitas (se estiver, desça e retome a viagem no ônibus seguinte).

Domingo: manhã na feira, tarde na orla

O que fazer em Montevidéu: Feira Tristán Narvaja

É de lei uma passadinha na Feria Tristán Narvaja, o footing oficial de Montevidéu nas manhãs de domingo. Antigüidades, quinquilharias, frutas, verduras, bichinhos de estimação — a feira tem de tudo, mas o mais engraçado é ver tanto uruguaio passeando com cuia de mate na mão e garrafa térmica debaixo do braço.

Depois do almoço, pense em passear pela Rambla de Pocitos (a dica para a sobremesa é o café Oro de Rhin, que fica anexo a uma livraria). Ou ir ao Parque Rodó.

Em janeiro e até uma semana antes do Carnaval, o melhor programa do início da noite é assistir às entradas, as batucadas de carnaval à moda uruguaia no bairro de Palermo.

Roteiros prontos:

Itinerários de 2 a 7 dias pelo Uruguai: como combinar Montevidéu, Punta del Este, Colonia (e Buenos Aires)

Montevidéu à noite

Primeira viagem a Montevidéu: roteiro completo 2
Candombe: Tchá-tchá-tchá – Tchá-tchá

Eu disse que a melhor noite de Montevidéu está na orla, entre Pocitos e Buceo. Mas tem um programa noturno na Cidade Velha que acho imperdível: ir quinta, sexta ou sábado ao Baar Fun Fun. É que nesses dias, depois do tango, há uma sessão de candombe, a salsa uruguaia. O candombe só rola lá pelas duas da madrugada, então se você quiser ir depois do jantar, tá valendo (o público vai se renovando ao longo da noite e você logo terá mesa livre para sentar).

Querendo um lugar charmoso para o primeiro jantar da sua estada, aí vão meus favoritos: o Tabaré e o 62 Bar. A lista completa das minhas indicações está aqui.

A noite mais animada da cidade está no finzinho de Pocitos, junto ao Montevideo Shopping, já em Buceo. Nas duas quadras da avenida Luis Alberto de Herrera antes do cruzamento com o Boulevard 26 de Marzo há vários boliches, barzinhos para tomar um chopinho, comer uma pizza e azarar. O movimento é mais quente de quinta a sábado.

Uma manhã ou tarde na vinícola

Montevidéu tem muitas vinícolas nos arredores. A mais próxima é a Bodega Bouza, a 15 km. Abre para visitas diariamente — e além das comuns a tudo quanto é vinícola, a Bouza ainda possui uma exposição de carros antigos colecionados pela família. O restaurante abre para almoço todos os dias (até as 15h30). Recomenda-se reservar a visita com antecedência. Dá para ir de táxi.

O município vizinho de Canelones tem várias outras vinícolas, entre 40 e 50 km do centro de Montevidéu. Um remise (carro com motorista) custará em torno de 200 dólares, e poderá ser reservado por meio do seu hotel. Entre as vinícolas mais interessantes da região estão a Juanicó e a H. Stagnari.

Combinando Montevidéu e outros destinos

Montevidéu + Punta del Este

Primeira viagem a Montevidéu: roteiro completo 3

Eu sei, você veio seco procurando este tópico.

Punta del Este está a 120 km do centro (90 km do aeroporto). Com o trânsito de saída da cidade e a velocidade controlada da autopista (duplicada), conte em levar pelo menos uma hora e meia para chegar.

O bate-volta é factível, mas cansativo, porque depois de chegar a Punta você ainda vai zanzar bastante. Se for até José Ignacio, que fica a 40 km do centro, rodará 80 km só dentro de Punta. E se voltar antes do entardecer vai perder o pôr do sol, que é um dos pontos altos do passeio.

O ideal é ir na temporada — entre o Natal e o Carnaval — e dormir uma ou duas noites, para visitar com calma, aproveitar o serviço de bordo das praias, jantar bem e ainda curtir a balada.

Um jeito esperto de fazer o bate-volta, aproveitando muito e sem se cansar, é ir cedinho de ônibus pela COT, pegar um carro alugado ao chegar, zanzar por tudo, ver o pôr do sol, devolver o carro, jantar na Península e voltar no último ônibus (das 23h30), sem se preocupar com cansaço ou polícia rodoviária.

Montevidéu + Colonia del Sacramento

Colonia del Sacramento

Se você está indo apenas ao Uruguai, trago uma notícia não muito boa: ir à linda cidadezinha histórica de Colonia del Sacaramento num esquema bate-volta é meio chatinho. São duas horas de carro ou duas horas e meia de ônibus em cada sentido.

Em compensação, Colonia cabe direitinho como pit stop ou pernoite numa viagem entre Montevidéu e Buenos Aires. O esquema é o seguinte: você precisa comprar passagem de ônibus com a COT (saindo do terminal Tres Cruces). A passagem custa 330 pesos. Ao chegar a Colonia, vai para o hotel, se for pernoitar, ou deixa a bagagem no guarda-volumes da rodoviária. Mais tarde, ou no dia seguinte, segue viagem de barco, com Buquebus ou Seacat; a travessia leva apenas uma hora (em vez das duas horas e meia voltando pelo mesmo caminho a Montevidéu).

Montevidéu + Buenos Aires

Bate-volta a Buenos Aires no mesmo dia. O novo buque Francisco, da Buquebus, faz o trajeto em 2h15. O bate-volta é possível, mas não é recomendável.
Comece sempre por Montevidéu. Pegue o vôo de volta em Buenos Aires, sem precisar voltar. Passe pelo menos duas noites em Montevidéu e pelo menos quatro noites em Buenos Aires. Se fizer o roteiro via Colonia, aumente uma noite na viagem (pode ser em Colonia ou em Buenos Aires).

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

Leia mais:

951 comentários

Boa tarde! Sou sua fã. Sempre que vou viajar vejo as suas dicas, que são maravilhosas!!!!
Irei de Salvador para Buenos Aires em 02 de janeiro e pretendo ir para Colonia del Sacramento, depois Montevideo, Punta e pegar o avião de volta dia 12 em Montevideo, o que vc acha desse trajeto?
Obrigada

Oi! adoro o seu blog. Recomenda mais cidades para visitar no Uruguay e acha que alugar carro por lá é uma boa?
Viajarei com criança de colo e alugar carro traz a segurança da cadeirinha do bebe…

    Olá, Carol! Sim, alugar carro é uma boa no Uruguai. Pesquise sobre Piriápolis, Punta Diablo, Cabo Polonio e Salto.

Gostaria de saber se Brasileiros já podem viajar para Montevideo em novembro deste ano e quais são as restrições que seremos submetidos?

Obrigado

    Olá, Sergio! As fronteiras ainda estão fechadas. Não há previsão de reabertura. Só compre passagens ou viagens que possam ser remarcadas ou canceladas sem custo.

Olá Bóia. Estamos viajando em um curto espaço em abril para Buenos Aires e temos um dia para conhecer Montevideo através da Colônia do Sacramento. Chegaremos na Colônia por volta das 9:30 e alugaremos um carro para irmos até Montevideo. O q vc nos recomenda conhecer em Montevideo num prazo de 3 horas pois teremos q voltar para Colônia para pegar o Buquebus para Buenos Aires as 21 horas?

    Olá, Mirian! Absolutamente não vale a pena enfrentar até 6 horas de estrada (contando ida e volta) para ficar 3 horas numa cidade em que a locomoção de carro é complicada e sob o stress de perder um barco na volta. Isso é receita para uma viagem sujeita a incidentes de percurso. Deixe para ir a Montevidéu quando você tiver tempo de ir a Montevidéu.

    Uma solução para o seu caso seria não dormir em Colônia, mas pegar um ônibus a Montevidéu no fim do dia da chegada. Durmam em Montevidéu, visitem a cidade durante o dia e peguem o Buquebus direto para Buenos Aires no fim do dia.

Ola, esterei indo em fevereiro para Uruguai, e estamos querendo fazer um bate volta para Buenos Aires, sabe me dizer se as empresas saem de Montevideu direto ou temos que ir ate Colonia para la pegarmos o Barco? Agradeco desde ja

    Olá, Juliane! Existe um barco direto. Não recomendamos passar um dia apenas em Buenos Aires, não dá para nada. E você perde umas 6 horas na travessia (duas horas de barco, uma hora de check-in e imigração).

Boa noite. Chegarei em Montevidéu de Ferry às 18:15h e ficarei hospedada em Puentas Carretas. As casas de câmbio funcionam após esse horário?

    Olá, Virginia! Não é bom contar com isso. Casas de câmbio que abram fora do expediente bancário costumam praticar cotações piores nesses horários.

    Olá, Virginia! Não é necessário. No Brasil você vai perder ainda mais, uns 30%. Você pode fazer saques em pesos no caixa automático direto da sua conta se o seu cartão do banco estiver habilitado para saques internacionais. Pode também fazer um pequeno câmbio antes de embarcar em Buenos Aires, ou mesmo no navio. Deixe para fazer grandes operações de câmbio no horário bancário em dia de semana.

Olá Bóia
Terei alguns dias de férias em fevereiro e estava pensando em ir para Montevidéu, as datas que tenho disponíveis são entre os dias 17 e 25 (o que já pega a semana do carnaval)… acha arriscado ir nesse período???

    Olá, Juliana!

    No carnaval, Punta é mais animada que Montevidéu, que fica morta na semana específica do carnaval.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.