Secrets Royal Beach e Now Larimar: bacanas e sem pulseirinha

Now Larimar, Punta Cana

Desde que eram o NH Royal Beach e NH Real Arena, estes dois hotéis já chamavam a minha atenção. Localizados no melhor trecho da zona hoteleira de Punta Cana (aquilo que eu chamo de “Bávaro propriamente dita”; leia mais aqui), os dois resorts pareciam bastante simpáticos quando vistos da praia. O feedback dos leitores sempre foi consistentemente positivo (leia aqui).

Pouco antes de eu organizar minha nova passada por Punta Cana, os hotéis mudaram de administração; a rede NH (cujo forte são hotéis urbanos) repassou o complexo à AMResorts,  especializada, como o nome diz, em resorts. A companhia trabalha com cinco bandeiras (em ordem decrescente de luxo: Zoetry, Secrets, Dreams, Now e Sunscape). Os Zoetry se pretendem hotéis supertop com aura zen; Secrets e Dreams oferecem “luxo sem limites”, enquanto os Now são mais democráticos e os Sunscape propõem “diversão sem limites”.

O NH Royal Beach, que já era o mais sofisticado do complexo, virou Secrets Royal Beach, ao passo que o NH Real Arena se tornou Now Larimar. A relação entre os hotéis permanece a mesma: hóspedes do Secrets podem usar também a estrutura do Now, enquanto quem está no Now não pode usar a estrutura do Secrets, não.

Para dar uma xeretada nos dois hotéis ao mesmo tempo reservei uma noite no Secrets. Consegui uma tarifa de US$ 247 com pagamento no check-out pelo Hoteis.com.

Secrets Royal Beach e Now Larimar, Punta Cana

Localização. Os dois hotéis estão no início da enseada de águas calmas que define o filé da praia de Bávaro. O vizinho da direita é o Paradisus Palma Real, o mais sofisticado dos hotéis deste pedaço.

O aeroporto está a pouco menos de meia hora de carro. O táxi é tabelado; custa US$ 33. O shopping Palma Real Village está próximo; acredito que a corrida de táxi não passe dos US$ 10 (se você caminhar da recepção até a estrada pode pegar um mototáxi por 100 pesos ou 3 dólares).

Secrets Royal Beach, Punta Cana

O apartamento. Peguei um “garden view” no Secrets. Bastante espaçoso, com saleta e uma jacuzzi na varanda. O frigobar vem equipado, incluindo cerveja. O all-inclusive do Secrets cobre também room service: dá para pedir lanches e refeições no quarto, sem custo extra.

Secrets Royal Beach, Punta CanaSecrets Royal Beach, Punta Cana

Não cheguei a visitar um quarto do Now Larimar; veja fotos no site do hotel.

Os dois hotéis têm suítes Preferred Club, que dão privilégios como check-in sem fila e áreas exclusivas junto à piscina e na praia.

Now Larimar, Punta Cana

Layout da propriedade. Para os padrões de Punta Cana, os dois hotéis são compactos; podem ser percorridos a pé. Quem está acostumado com resorts no Brasil não estranhará o tamanho; eles têm o porte dos resorts de Sauípe. O Secrets é mais estreito do que o Now (que tem mais apartamentos).

As recepções ficam no fundo do terreno e estão unidas por um passeio coberto, que leva a uma espécie de praça — dentro das dependências do Now — que funciona como centro noturno. Ali estão quase todos os restaurante à la carte, dois bares, o teatro e a discoteca.

A característica mais interessante desses hotéis é que… não há pulseirinha! Em compensação, hóspedes do Secrets precisam mostrar a chave quando voltam para o seu hotel. Não há portão nem guarita, mas sempre tem um funcionário na fronteira imaginária entre os dois hotéis para pedir a identificação.

Secrets Royal Beach, Punta Cana

Piscinas. No Secrets a piscina é estreita, em formato de rio, como em alguns resorts de Porto de Galinhas, alargando quando chega perto da praia.

Now Larimar Punta Cana

No Now ela é grande e free-form, bem no meio do terreno. Há também uma bonita piscina junto ao mar.

Secrets Royal Beach & Now Larimar, Punta Cana

A praia. Linda, de águas calmas o ano inteiro.

Secrets Royal Beach & Now Larimar, Punta Cana

Now Larimar, Punta Cana

Há uma área da praia delimitada exclusiva para o Royal Service, com espreguiçadeiras estilosas e bar próprio.

Secrets Royal Beach, Punta CanaSecrets Royal Beach, Punta CanaSecrets Royal Beach, Punta Cana

Restaurante-buffet. Cada hotel tem o seu; o do Secrets fica perto da praia, enquanto o do Now está no complexo dos fundos (mais ou menos integrado à recepção e à tal da praça onde a noite acontece).

O buffet do Secrets, claro, capricha na apresentação dos pratos e na oferta de frutos do mar. Mas os ingredientes são bons em ambos — incluindo os frios do café da manhã (que são o ponto crítico dos resorts baratinhos).

Restaurantes à la carte. O Secrets tem dois restaurantes gourmet, um de grelhados, outro de peixes. Os restaurantes à la carte do Now são quatro: italiano, francês, oriental/teppan-yaki e peixes.

Não há necessidade de reserva, o que acaba ocasionando filas nos à la carte do Now.

Os dois resorts têm “noites da lagosta” com cobrança de suplemento.

Secrets Royal Beach

Bebidas. Boas marcas nos dois hotéis. Mas sempre é bom ser específico, caso contrário é possível que usem genérico no seu drink.

Now Larimar, Punta Cana

Entretenimento. A área do Now tem teatro (não houve espetáculo na noite em que eu estive) e discoteca (que funcionou). Há um pequeno cassino também. Na pracinha ao ar livre do Secrets estava prometido um happy hour musical, mas choveu e não rolou.

Atendimento. Bastante cortês.

Secrets Royal Beach, Punta Cana

O público. O Secrets não aceita crianças; havia muitos casais em lua de mel. No Now havia mais famílias e turmas; muitos, muitos russos.

Internet. No check-in do Secrets me informaram que eu precisaria ir até o Business Center no Now comprar uma senha; mas chegando no quarto, meu sinal estava aberto (e poderoso).

Secrets Royal Beach, Punta Cana

No Brasil seria o quê? Pensando no antigo complexo de Sauípe, o Secrets seria assim um Sauípe Premium, enquanto o Now seria o Sauípe Club.

Quanto custa?: Pesquise as tarifas do Secrets Royal Beach e do Now Larimar.

Leia mais:

155 comentários

Comprei tudo por conta própria: passagem e hótel separados (eram mais baratos do que no pacote) pelo decolar.com.
Transfer sai mais barato pegando um taxi tabelado que custa U$ 33 para o NH Real Arena!

Pessoal, li mto todos os comentários aqui antes de realizar minha viagem a Punta Cana em abril deste ano. O resort escolhido foi o NH Real Arena que agora chama-se Now Larimar. Este era considerado o mais “pobre” se comparado ao NH Royal Beach. Porém, pra mim que fui simplesmente de férias com meu namorado, estava mais do que ótimo tudo o que foi oferecido neste pacote mais simples. Os quartos cheiram a mofo sim. Veja bem, vc está na praia, nada mais típico. Mas é alto bem suportável e nada que um ar condicionado ou uma janela aberta por alguns instantes não amenize bem. O aeroporto é lindo a primeira vista, mas a segunda vista, quando você já perdeu suas malas de vista com os homens que ficam perambulando por lá quase implorando uma gorjeta, há de se segurar para não estragar o bom humor. O resort fica no máximo a 30 minutos do aeroporto e compensa muito mais não comprar o transfer, mas sim, pegar um taxi oficial onde a corrida é tabelada e custa U$ 33 dólares. Os funcionários são todos simpáticos e muito atenciosos. Adoram brasileiros! O que mais vão encontrar por lá são canadenses e franceses por todos os lados. Achamos que não conheceríamos ninguém da terrinha aqui, mas fizemos amizade com muitooos brazucas no passeio para a Isla Saona. Aliás, muitos comentários que não recomendaram o passeio, mas entre todos os que fizemos, foi o mais bonito pq vc acha que aquela praia linda já é tudo e pode se surpreenderem com a beleza rara da Saona. O nosso ainda nos levava depois para mergulharmos na piscina natural em alto mar, com direito a tirar fotos com as estrelas do mar. Em seguida, fomos a outra praia deserta chamada Palm Mirra, creio que está errado como escrevi, mas era assim que se pronunciava. Este foi o dinheiro mais bem gasto. Golfinhos é bacana, uma praia bonita tbm, mas dá mta dó dos bichinhos presos em cativeiro “trabalhando” para atender os milhares de turistas que passam por lá diariamente. Voltando ao resort, os quartos são modernos, espaçosos, bem decorados, com frergobar equipado, inclusive com cerveja. Os banheiros são limpos e bonitos. Há uma cama kinz size, um rack com uma tv de lcd e ainda uma saleta com um sofá. Foi possível pedir refeições no quarto e vieram bem servidas e bem gostosas! O cofre está incluso não sendo necessário pagar a parte. As tomadas são como as nossas aqui, dá pra carregar e usar tudo numa boa. Como estavamos no mais “simples”, tinhamos direito de usar a vontade o buffet central pra fazermos todas as refeições. Fora isso, existiam 5 reastaurantes a la carte, sendo necessário fazer reserva. Pra quem fica uma semana, normalmente eles dão um jeitinho de te arranjarem somente 3 reservas. Mas nada grave pq sempre há passeios e mto o que se fazer e a comida do buffet sinceramente tbm é ótima! Aliás, não posso reclamar de comida neste resort. Muita variedade e qualidade boa das refeições. E tudo, mas tudo incluso. As bebidas são boas, mas usuários do NH Real não tinham acesso free a absolut, somente os do Royal Beach. Nada que uma gorjeta e um jeitinho tbm não resolva. A cerveja presidente (local) é ótima! A noite há sempre shows noturnos bem agradáveis na praça principal. O cassino é sem graça. O teatro vimos apenas um espetáculo folclórico onde tbm foi apresentado o samba com direito a música da Daniela Mercury e muitas penas e brilho. A baladinha não fica sempre cheia mas há cada figura por lá que vale o divertimento. A praia é incrível. Porém, o ponto RUIM deste hotel (não sei como é nos outros). Todos marcam seus lugares (principalmente na praia) com suas toalhas jogadas em cima das cadeiras eternamente. Tive que acordar por vezes as 6 da manhã para caçar um lugar livre RUIM. Lugares bons são quase impossíveis de se conseguir. Acordar as 9, tomar café e ir pra praia as 10? Já perdeu o lugar. Isso é realmente muito ruim e injusto. Caçamos e demos sorte. Mas é bem limitado. Enfim, só de lembrar da muita saudade e foi ótimo, muito acima do esperado. Soube que os preços agora aumentaram muito, mas pelo menos a minha viagem, valeu muito a pena! Um abraço a todos, espero ter tirado mtas dúvidas.

    Vanessa, com a mudança para o Now Larimar não é mais necessário reserva para os restaurantes a la carte… vc pode ir quando quiser e qntas vezes quiser…. voltamos a menos de um mês, e em uma semana de estadia fomos em todos os restaurantes a la carte!

Verifiquei tudo Bóia….as passagens aereas estão altíssimas….pela agência sai mais barato. OLhe vou sugar de você hein:

O que vc me indica levar na mala?
Vc sabe me dizer o que posso comprar e quantidade?
E por exemplo eu posso levar minha camera digital sem problemas???

Abraços,

Carol

    Olá, Carolina! Como boa parte dos destinos de praia, em Punta Cana as pessoas costumam se vestir de maneira mais despojada. É uma boa levar algo um pouco arrumadinho para a noite, mas nada de superproduções. Lá não é um destino de compras, mas no geral o limite é 500 dólares para eletrônicos e mais 500 para o free shop da volta.
    Pode levar sua câmera sossegada 🙂

Vc tem alguma dica por onde começar??? Sou de Bh e nunca viagei para o exterior…

Bóia mais uma vez lhe incomodarei: o que vc acha melhor ir por uma agencia de turismo ou por conta própria???

Abraços, Carol

    Olá, Carolina! É possível fazer ótimos negócios por conta própria, depende da sua capacidade de garimpar.

Boa noite a todos, embarcarei agora em Agosto (estou super ansiosa), mas fiquei um pouco receosa sobre alguns comentários que vi referente a segurança nos quartos, dizendo sobre roubos de pertences nos cofres dos quartos e tudo mais… Alguém pode me dizer se houve alguma insatisfação refente a segurança no Now Larimar?? Tem cofres nos quartos ou é melhor deixar tudo trancado na mala?
E o idioma?? Eu não falo quase nada de inglês, será que consigo me virar bem com o espanhol??
Qual o melhor lugar para comprar os passeios? E a moeda? É dolar ou euro??

Desculpem tantas perguntas…rs

Obrigada.

OI Danielle, vou te pertubar de novo com perguntas. Estava fazendo as malas e fiquei com dúvida sobre o tipo de roupa para os restaurantes do hotel. È necessário ao homem usar calça social? Pode ser bermuda ou jeans? E para mulher? Obrigada de novo.

    Olá, Daniela! A única restrição nos restaurantes à la carte em Punta Cana é de bermuda para homens. Europeus e européias costumam se produzir um pouquinho; vista-se como você se sentir melhor.

    A Bóia disse tudo! A única exigência é para que os homens usem calça! Vi de tudo qnto aos trajes femininos… umas produzidas, outras não… boas férias!

Olá, Ricardo! Estive há 2 meses hospedada no antigo Nh, agora Now Larimar. Estava lá bem no dia do lançamento do novo nome. Achei o serviço todo excelente. A comida, diferente de muitos resorts, era excepcional! No Larimar, além do buffet e restaurantes a la carte, ainda tem um buffet na beira da praia no horário do almoço, quesito fundamental pra quem não quer sair da praia! Quando eu fui tinham pulseiras para diferentes graus de hóspedes (de acordo com a hospedagem). Mas na prática não vi muita diferença.

Andei ao longo de toda praia e este é realmente o trecho mais bonito.. E ainda conta com o fato de ser distante das vilas e comércios (o que impede a aproximação dos chatos vendedores de tudo). Nenhum dia faltou cadeira na praia e toda a estrutura de piscina é de primeira. Ah! E todo dia os funcionários retiram as algas que ficam na areia, tornando a praia bem mais limpa.

Em resumo… Foram 7 dias excelentes! Indico os hotéis com certeza!

Olá Ricardo, olá Bóia! Pretendo ir à Punta Cana em setembro e estou há alguns dias pesquisando os inúmeros resorts de lá. É claro que sem o “viajenaviagem” eu ainda estaria decidindo qual seria meu destino no Caribe, mas depois de ler “Caribe para principiantes” e todos os demais posts consegui decidir por Punta Cana! Agora estou em dúvida entre Secrets Royal Beach e Barceló Bávaro Palace Deluxe! É impressão minha ou os dois têm a mesma qualidade (?), mas o Barceló é maior e tem um misto de área renovada/antiga (o que me preocupa), enquanto o Secrets está totalmente renovado e tem uma melhor qualidade de bebidas e restaurantes? Gostaria de saber qual dos dois é o melhor de um modo geral… alguém me dá uma luz!? rsrs! Obrigada!!!

    Olá, Lara! Aqui quem responde é A Bóia.
    Os posts são claros. O Barceló é grande, o Secrets é mais compacto e, sim, tem bebidas melhores.
    O Ricardo Freire não pode decidir pelo leitor 😀

    Oi Bóia! Obrigada pela resposta. Tenho mais uma dúvida: em que o preferred club se diferencia das “pulseirinhas”. No artigo está escrito que “Os dois hotéis têm suítes Preferred Club, que dão privilégios como check-in sem fila e áreas exclusivas junto à piscina e na praia”, mas que não há pulseirinhas nos resorts. Procurei estas suites preferred no site do hotel e não achei para reservas, será que só as encontro no próprio hotel no chech in?. Ficando no Secrets compensa fazer o upgrade tendo em vista que não há pulseirinhas? Desculpem a minha ignorância! Obrigada!

    Olá, Lara! Nestes hotéis os hóspedes se identificam pelo cartão do quarto. É preciso mostrar o cartão do Preferred para freqüentar os locais do Preferred.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.