Barcelona

Mariana Amaral
por Mariana Amaral

Barcelona: como chegar e seguir viagem

Veja como organizar sua chegada a Barcelona. Conheça os requisitos para passar pela imigração e onde comprar chip local no aeroporto. Saiba como sair do aeroporto, e também como seguir viagem para outros pontos da Espanha e da Europa.

Se preferir, clique para ir direto ao tópico desejado.

Chegando a Barcelona de avião

Barcelona como chegar: aeroporto El Pratt

El Prat

Vôos diretos

A única rota direta do Brasil para Barcelona é operada pela Latam, que tem vôos diários saindo de São Paulo.

Vôos com conexão

Todas as outras cias. aéreas européias que atuam no Brasil levam você a Barcelona com uma conexão, normalmente por preços menores do que o vôo direto. A conexão é feita na cidade-base da cia. (Lisboa no caso da TAP, Londres no caso da British, Amsterdã no caso da KLM, e assim por diante.)

Voltar: Topo

Imigração

A imigração é feita no primeiro aeroporto em que você desembarcar na Europa*. Se o seu vôo for direto do Brasil a Barcelona, a imigração será feita em Barcelona. Caso você viaje com conexão em outra cidade, a imigração será feita nesta outra cidade (suas bagagens, porém, vão direto a Barcelona).

(*A exceção é o Reino Unido, que não faz parte do Espaço Schengen, a zona sem fronteiras internas que agrupa quase 30 países do continente. Se o seu vôo a Barcelona tiver conexão em Londres, você ficará em Londres na zona de trânsito internacional, e só fará imigração em Barcelona.)

Brasileiros não precisam de visto para viajar a turismo ou a negócios para a Europa. Mas justamente por não precisarmos obter previamente um visto, estamos sujeitos à avaliação do agente de imigração na chegada. O agente pode solicitar uma série de documentos que provem que estamos viajando a passeio.

Por isso tenha em mãos, organizados numa pastinha, todos os documentos necessários para a entrada no Espaço Schengen.

Esses documentos são:

  • Passaporte válido por mais 3 meses além da data prevista de saída do Espaço Schengen (leia mais aqui)
  • Passagem de volta
  • Reservas de hotel para todo o período da viagem ou carta-convite de quem vai hospedar você (leia mais aqui)
  • Seguro-saúde dentro das exigências do Espaço Schengen
  • 65 euros por dia por pessoa em dinheiro vivo, ou extrato do cartão de crédito ou cartão pré-pago provando que você dispõe desse limite ou saldo

É raro que peçam tudo isso -- mas é muito bom ter tudo arrumadinho caso seja necessário. Além de requeridos pelas regras, esses comprovantes ajudam a mostrar que você está viajando como turista, e não como imigrante clandestino em potencial.

Voltar: Chegando de avião | Topo

Chip no aeroporto

Para comprar chip de celular, peça uma 'tarjeta SIM'. As lojas Tech&Fly no terminal T1 vendem 'tarjetas SIM' das operadoras Orange e Vodafone, que têm serviço considerado de melhor qualidade na Espanha.

Se preferir não resolver isso no momento na chegada, não se preocupe; você vai encontrar lojas de operadoras perto do seu hotel.

Espere pagar a partir de 15 euros por uma tarjeta SIM recarregável, com roaming incluso para demais países da Europa.

Voltar: Chegando de avião | Topo

Como sair do aeroporto

O aeroporto de Barcelona é o El Prat, a 15 km do centro da cidade.

Há uma fartura de boas opções para o deslocamento entre o aeroporto e a cidade. Veja qual é a mais adequada para você:

Qual é o melhor transporte?

30 euros não vão levar você à falência? Então guarde a calculadora e vá de táxi. Ser deixado na porta do hotel numa cidade que você não conhece vale mais do 30 pratas.

Vai chegar depois das 9 da noite? Nem invente: vá de táxi.

Seu hotel fica a uma distância caminhável da Plaça Catalunya? Vá de Aerobús.

Seu hotel fica a uma distância caminhável da estação Passeig de Gràcia? Vá de trem.

Está com pouca bagagem e não se importa de fazer até duas baldeações? Vá de metrô.

Quer pagar baratinho para chegar ao hotel mas não quer sofrer tanto no metrô? Vá de Aerobús ou trem e faça apenas o último trecho de metrô.

Voltar: Como sair do aeroporto | Topo

Saindo do aeroporto de táxi

Ir de táxi é sempre a opção mais prática e confortável de se deslocar entre o aeroporto e o seu hotel, sem precisar se entender com estações de metrô ou se orientar entre o ponto final do ônibus e o seu destino final.

Há pontos oficiais de táxi bem sinalizados na área de desembarque dos dois terminais.

Os táxis cobram um suplemento quando a origem ou o destino é o aeroporto (3,10 euros) e também por cada mala, a partir do tamanho médio (1 euro). Já contanto esses extras, a corrida de táxi entre o aeroporto de Barcelona e o seu hotel vai custar algo entre 30 e 35 euros.

Com trânsito fluido, a corrida entre o aeroporto e área central de Barcelona leva entre 25 e 30 minutos.

Pegadinha: a circulação de carros não é permitida em algumas ruas da região do Born e do Bairro Gótico. Se o seu hotel estiver em algum dos dois bairros, talvez o motorista precise deixar você numa esquina próxima.

Nosso parceiro Viator vende trânsfers de ida e volta do aeroporto aos hotéis no centro:

E Uber?

Não tem Uber em Barcelona.

Apesar de funcionar em Madri, a Uber precisou se retirar de Barcelona, por falta de acordo com o governo regional da Catalunha e taxistas sobre a regulamentação do serviço.

Voltar: Como sair do aeroporto | Topo

Saindo do aeroporto de ônibus

Barcelona como chegar: Aerobús

Aerobús

Os ônibus Aerobús ligam o aeroporto de Barcelona ao centro da cidade, com saídas dos dois terminais. São ônibus especiais, com bagageiro para malas, ar-condicionado e wi-fi.

O Aerobús tem duas linhas: A1, que parte do terminal T1, e A2, que parte do terminal T2. Só muda o lugar de partida -- ambas cumprem o mesmo itinerário ao Centro. Todas as paradas correspondem a alguma estação de metrô:

  • Plaça d’Espanya (linhas L1, L3 e L8);
  • Urgell (linha L1);
  • Plaça de la Universitat (linhas L1 e L2);
  • Plaça de Catalunya (linhas L1, L3, L6 e L7).

O serviço funciona de 5h35 até 1h, e você não espera mais de 10 minutos pela partida do próximo ônibus. A duração da viagem entre o aeroporto e a Plaça de Catalunya é de 35 minutos, em média.

O bilhete simples do Aerobús custa 5,90 euros. Ida e volta, 10,20 euros (com prazo de utilização de 15 dias). As passagens são vendidas já no ponto. Para pagar com cartão de crédito, use as maquininhas de autoatendimento. Para pagar em dinheiro, procure pelo cobrador. O motorista também vende bilhetes a bordo.

O Aerobús é uma escolha fácil se o seu hotel estiver no Eixample, a uma distância caminhável da Plaça de Catalunya.

Nossa parceira Musement vende online o bilhete para o Aerobús.

Voltando ao aeroporto de ônibus
Barcelona como chegar: Aerobús

Aerobús na Plaça de Catalunya

Do centro ao aeroporto de Barcelona, o Aerobús opera entre 5h e 0h30, com saídas em intervalos de até 10 minutos.

Na Plaça de Catalunya, o ponto de partida fica em frente à loja do El Corte Inglés. Verifique de qual terminal vai sair o seu voo antes de embarcar no ônibus, para escolher certo entre a linha A1 (que leva ao terminal T1) e A2 (que leva ao terminal T2).

Saindo da Plaça da Catalunya, o Aerobús faz paradas no Carrer de Sepúlveda, próximo à estação Urgell do metrô, e na Plaça d’Espanya. Veja aqui o local exato de cada ponto.

Voltar: Como sair do aeroporto | Topo

Saindo do aeroporto de trem

Barcelona como chegar

Transportes no El Prat

A linha de trens regionais R2 Nord leva do aeroporto de Barcelona ao centro da cidade. A estação de trem do aeroporto fica próxima ao terminal T2, com acesso por uma passarela coberta. Um ônibus gratuito faz a ligação entre o T1 e o T2.

A estação Passeig de Gràcia é a quarta parada desde a saída do aeroporto; a viagem até lá leva 27 minutos. Antes, o trem passa pela estação Sants, a principal estação ferroviária de Barcelona.

Os trens partem do aeroporto entre 5h42 e 23h38, em intervalos de 30 minutos. A viagem até a estação Passeig de Gràcia leva 27 minutos.

O bilhete simples do trem custa 4,20 euros (março/2019). Mas vale mais a pena já comprar o T-10, o bilhete de 10 viagens, que sai a 10,20 euros (março/2019). Como não é cobrado suplemento, o trem acaba sendo o meio de transporte mais econômico para ir do aeroporto até o centro de Barcelona.

O trem é uma opção redonda se seu hotel estiver a uma distância caminhável da estação Passeig de Gràcia, no Eixample. Se você estiver hospedado em outra parte da cidade, vai poder conectar em Passeig de Gràcia com o metrô (linhas L2, L3 e L4).

Os inconvenientes do trem são o intervalo de 30 minutos entre as partidas e o fato de só parar no Terminal 2. Tanto ônibus quanto metrô tem partidas mais freqüentes e saem dos dois terminais.

Saindo do aeroporto de metrô

Barcelona como chegar: metrô

Bitllet aeroport

O aeroporto de Barcelona tem duas estações de metrô, Aeroport T1 e Aeroport T2, uma em cada terminal. A linha L9 Sud faz a conexão do aeroporto com a cidade, mas não leva à zona mais turística. Para chegar ao seu hotel, você vai precisar fazer pelo menos uma baldeação.

Veja onde fazer a transferência:

  • Hotel perto de uma estação da linha L1: troque na estação Torrassa
  • Hotel perto de uma estação da linha L5: troque na estação Collbanc
  • Hotel perto de uma estação da linha L4: troque na estação Collbanc para a linha L5 e depois troque de novo na estação Verdaguer
  • Hotel perto de uma estação da linha L3: troque na estação Collbanc para a linha L5 e depois troque de novo na estação Diagonal

O metrô funciona de 5h à meia-noite, de domingo a quinta, e de 5h às 2h da madrugada, às sextas. No fim de semana, o serviço é ininterrupto das 5h da manhã de sábado até a meia-noite de domingo.

Para chegar ou partir do aeroporto, é preciso escolher nas máquinas de autoatendimento o ‘bitllet aeroport’. O bilhete custa 4,60 euros (março/2019) e vale para uma viagem dentro da rede de metrô, incluindo trocas de linha.

Entre os transportes públicos, o metrô é possivelmente o que vai levar você até mais perto do hotel, mas também é o mais lento e o menos confortável para viajar com malas.

Voltar: Como sair do aeroporto | Topo

Chegando a Barcelona de trem

Barcelona como chegar: estação de trem Sants

Estação de Sants

Se você vai chegar de trem vindo de Madri, Valencia, Montpellier, Paris ou de qualquer cidade ligada a Barcelona por trens rápidos, vai desembarcar na estação Barcelona Sants.

Alguns bate-voltas também são feitos a partir de Barcelona Sants.

Barcelona Sants não tem uma localização central. Está num bairro nada turístico, a 3 km da Plaça Catalunya.

Transporte entre Barcelona Sants e o seu hotel:

  • Táxi: uma corrida ao seu hotel vai levar por volta de 20 minutos. Os táxis cobram um suplemento de 2,10 euros (março/2019) para saídas da estação de Sants, e mais 1 euro por cada mala, a partir do tamanho médio. Incluindo esses extras, a corrida deve custar entre 15 e 20 euros.
  • Metrô: as linhas L3 e L5 têm parada em Sants, e levam a muitos hotéis sem baldeção. Caso o seu hotel esteja perto de uma estação das linhas 1, 2 ou 4, vai precisar fazer uma transferência.
  • Trem: os trens Rodalies levam à estação Passeig de Gràcia, no Eixample, e à Estació de França, no Born. Prefira o trem ao metrô caso o seu hotel fique a uma distância caminhável dessas estações. Caso precise continuar a viagem de metrô, é mais vantagem ir de metrô desde Sants.

Voltar: Chegando de trem | Topo

Seguindo viagem pela Espanha e ao resto da Europa

Trem entre Barcelona e Madri

Barcelona costuma estar incluída num roteiro que envolve outras cidades da Espanha ou da Europa.

Veja como organizar seus itinerários de trem, ônibus, carro e avião. Mas antes, veja qual é o melhor transporte para cada destino.

Qual é o melhor transporte desde Barcelona?

Madri: trem. Mas se estiver muito caro, veja as tarifas de avião.

Costa Brava: carro

Valencia: trem

Ibiza, Maiorca e Menorca: avião

Formentera: avião a Ibiza + barco

Granada: avião

Sevilha: avião ou trem

Córdoba: trem

Málaga: avião

San Sebastián e Bilbao: avião, trem ou carro

Andorra: ônibus ou carro

Santiago de Compostela: avião

Lisboa e Porto: avião

Montpellier, Aix-en-Provence, Avignon, Marselha: trem (devolva o carro em Figueres-Vilafant, siga de trem ao seu destino, alugue novo carro ao chegar)

Toulouse e Lourdes: trem

Paris: trem ou avião

Nice: avião

Itália: avião

Voltar: Como seguir viagem | Topo

Seguindo viagem de trem

A Espanha é um país com relativamente poucas rotas ferroviárias de alta velocidade. Barcelona, veja só, é servida por apenas dois tramos de trens rápidos.

Um deles é o eixo principal de alta velocidade da Espanha, que liga Barcelona a Zaragoza, Madri, Córdoba e Sevilha.

O outro, inaugurado em 2014, integra Barcelona aos trilhos dos TGVs franceses, encurtando as viagens para o sul da França e Paris. Diariamente saem dois trens com direção a Paris (com possibilidade de baldeação para o sul da França) e um trem direto para o sul da França.

Há outras duas rotas de média velocidade, servidas por trens confortáveis: a Valencia e San Sebastián.

Para outros destinos na Espanha e na Europa, será melhor pegar o avião.

Esses são os tempos de viagem de trem desde Barcelona:

  • Madri (Puerta de Atocha): 2h30 a 3h10
  • Zaragoza: 1h25 a 2h
  • Córdoba: 4h20 a 4h45 (nos horários sem baldeação)
  • Sevilha: 5h15 a 5h30 (nos horários sem baldeação)
  • Valencia: 3h05 a 3h40
  • San Sebastián: 5h40
  • Bilbao: 6h40
  • Montpellier: 3h
  • Avignon: 4h (no horário sem baldeação)
  • Aix-en-Provence: 4h20 (no horário sem baldeação)
  • Marselha: 4h35 (no horário sem baldeação)
  • Paris: 6h30
  • Toulouse: 3h15
  • Lourdes: 7h, com baldeações em Narbonne e Toulouse (compre na SNCF)

Veja como comprar passagens de trem na Espanha no site da Renfe (tela a tela).

Mas não dá mesmo pra ir de trem?

A viagem ideal de trem leva até 4 horas. Uma viagem de trem de até 6 ou 7 horas é cansativa, mas dá para tolerar se for uma exceção no roteiro. Agora: qualquer trecho de trem com duração de viagem de retirante é uma tortura maior do que um vôo transatlântico na classe econômica.

Veja quanto tempo duram as viagens de trem desde Barcelona que não recomendamos:

Barcelona-Granada: 7 horas em meia (2 baldeações)
Barcelona-Lisboa: 13 horas (1 baldeação)
Barcelona-Porto: 12 horas e meia (2 baldeações)
Barcelona-Nice: 8 horas e meia (2 baldeações)
Barcelona-Milão: 11 horas e meia (2 baldeações)
Barcelona-Roma: 15 horas (3 baldeações)

Voltar: Como seguir viagem | Topo

Seguindo viagem de avião

Devido à escassez de trilhos rápidos na Espanha (e à inexistência deles em Portugal) e também por causa das distâncias entre a Península Ibérica e o resto da Europa, o avião será a melhor alternativa em vários trechos.

Vôos de Barcelona para dentro da Espanha

O deslocamento a Madri é mais rápido quando você faz de trem, porque sai e chega no centro das cidade, não perde tempo com antecedência exagerada para o check-in nem com espera de bagagem. Mas se você não comprar as passagens de trem com antecedência (60 a 90 dias), pode ser que os preços estejam salgados. Vale a pena comparar com os preços de avião no mesmo dia. (Mas olhe: o trem proporciona uma viagem melhor; vale até se for um pouco mais caro.) De avião, Madri está a 1h20 de vôo de Barcelona.

Já a Sevilha o avião é sensivelmente melhor que o trem: dá 1h40, contra mais de 5 horas de trem.

A Granada, nem se fala: você chega de avião em 1h30, contra 7h30 de trem.

Vale a pena voar também para Ibiza (1h), Maiorca (45 min.), Menorca (1h), San Sebastián (1h05), Bilbao (1h10), Santiago de Compostela (1h50) e Málaga (1h45).

Vôos de Barcelona para Portugal

Não pense em outro meio de transporte de Barcelona a Portugal que não o avião.

De Barcelona a Lisboa são 2 horas de vôo. De Barcelona ao Porto, 1h50.

Vôos de Barcelona para outros países da Europa

Imagine um lugar bacana da Europa (e arredores) para seguir viagem, e você quase certamente encontrará vôos diretos de Barcelona. Veneza, Florença, Roma, Nápoles, Berlim, Munique, Nice, Atenas, Dublin, Budapeste, Praga, Estocolmo, Istambul, Marrakech, Tel Aviv: monte seu itinerário, e provavelmente poderá voar direto desde Barcelona.

Pesquise os vôos em buscadores como Kayak, que incluem também cias. low-cost.

E ao montar o seu roteiro, compre sua passagem aproveitando a modalidade múltiplos destinos/várias cidades das outras cias. Desta maneira você rentabiliza melhor as tarifas transatlânticas e evita fazer conexões desvinculadas. Veja como comprar uma passagem múltiplos destinos/várias cidades.

Voltar: Como seguir viagem | Topo

Seguindo viagem de carro

Pense duas (três, quatro) vezes antes de resolver fazer um tour da Espanha inteira de carro. A Espanha é um país enorme.

Recomendamos usar o carro com parcimônia. Alugue carro para percorrer regiões bem delimitadas, de preferência quando seja possível usar estradas secundárias, que são as mais panorâmicas.

A partir de Barcelona, a rota mais indicada é a da Costa Brava, sobretudo no verão, entre junho e setembro (evite agosto). Tossa de Mar, Figueres, Cadaqués, Girona, Besalú, mosteiro de Sant Pere de Rodes e inúmeras prainhas delicadamente recortadas dão uma bela viagem de 4 a 7 dias, voltando a Barcelona ou seguindo para a sul da França (veja aqui).

Roteiros que partem de Barcelona para o interior também são lindos. Fora do inverno, a estrada para Andorra oferece as fabulosas paisagens dos Pireneus, sem o perigo do gelo na pista (no inverno, vá de ônibus). San Sebastián e Bilbao podem ser combinados com uma esticada a Biarritz ou Lourdes, na França -- ou ainda com um tour enófilo pela região vinícola de La Rioja.

De carro ao sul da França

De Barcelona à Provence de carro

Vilarejo no Lubéron (Provence)

Seguir viagem de carro de Barcelona à Provence ou Côte d'Azur é o sonho de muitos viajantes. Na vida real, porém, este é um itinerário com vários problemas de execução. Além da grande distância (você ia perder muito tempo de auto-estrada), tem a questão da devolução do carro em outro país. Se você aluga um carro na Espanha e devolve na França (ou vice-versa), incorre em sobretaxas caríssimas.

Mas calma: se você quer combinar Costa Brava com Provence e/ou Côte d'Azur, existe uma maneira de resolver.

Primeiro, alugue um carro ao sair de Barcelona. Faça seu roteiro com calma pela Costa Brava. E devolva o carro em Figueres-Vilafant, ainda na Espanha.

Em Figueres-Vilafant, você pega um trem rápido para o seu destino na França. Se quiser ir direto à Provence, compre passagem até Aix-en-Provence (ou Avignon). Alugue um novo carro ao chegar. Se descer depois à Côte d'Azur, você pode devolver o carro em Nice (e voar para o seu próximo destino, ou voltar ao Brasil, de lá).

Veja nossa estratégia para visitar a Côte d'Azur e a Provence.

Voltar: Como seguir viagem | Topo

7 comentários

Lucyana
LucyanaPermalinkResponder

Bom dia.
Uns amigos estarão chegando em Barcelona no dia 05 de maio e no mesmo dia irão pegar um cruzeiro no porto.
Para ir do Aeroporto ao Porto de Barcelona existe algum transporte especial? Você saberia me dizer o valor que um táxi cobra para fazer este percurso?
Obrigada

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Lucyana! O porto fica na área central de Barcelona, ao pé da Rambla. O valor do táxi estará dentro dessa média de 30-35 euros. Não é necessário nenhum esquema especial.

alberto gonçalves

Como ir de Barcelona para Ibiza...

A Bóia
A BóiaPermalinkResponder

Olá, Alberto! Avião.

Ise Fagundes
Ise FagundesPermalinkResponder

Excelente matéria!!! Vale à pena conhecer, além de Barcelona, Tarragona, Montserrat, Girona e Figueres. No verão, explorar a Catalunha pela Costa Brava. Cheguei de lá há 10 dias.

Neia Antunes
Neia AntunesPermalinkResponder

Olá!
Excelente essa matéria!
Pretendo ir a Barcelona, Madrid e Lisboa -14 dias no total ( entre natal e ano novo). Gostaria de sugestão para conhecer também, locais próximos a estas cidades, de forma que não fique muito cansativa a locomoção de trem entre elas.

Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.
Bóia de férias. Só voltaremos a responder perguntas que forem postadas a partir de 3 de junho. Relatos e opinões continuarão sendo publicados.
Cancelar