Louvre

Países abertos para brasileiros: com ou sem vacina

Todos os dias aparece algum novo país abrindo as fronteiras para brasileiros.

Este post acompanha a evolução das regras nos destinos mais procurados por brasileiros com relação a turismo e vacinas. Favorite e volte sempre (e dê um refresh para ter certeza de que está vendo a versão mais recente).

ATUALIZAÇÃO MAIS RECENTE: 7 de JANEIRO de 2022

A Bóia resume:

Turismo e vacinas: Europa

Alemanha

Rothenburg ob der Tauber

A Alemanha está aberta a brasileiros que tenham se vacinado há 14 dias com duas doses de AstraZeneca (incluindo Covishield) ou Pfizer ou a dose única da Janssen.

Crianças até 11 anos acompanhando adultos vacinados não precisam estar vacinadas.

Depois de anunciar no dia 16 de setembro que brasileiros não-vacinados ou vacinados com outras vacinas (como a Coronavac) poderiam entrar com um teste RT-PCR, a Alemanha voltou atrás no dia 23 de setembro.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Alemanha no VnV

Áustria

Dia 31 de outubro a lista de países com variantes de preocupação foi extinta, e com isso desde 1º de novembro brasileiros podem viajar à Áustria sem fazer quarentena.

Para entrar é preciso:

  • Estar com esquema vacinal completo de qualquer vacina aplicada no Brasil (incluindo Coronavac).

A entrada com a segunda dose vale a partir do dia da aplicação. Para quem tomou Janssen, é necessário um intervalo de 22 dias entre a aplicação da vacina e a entrada.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Bélgica

Trem entre Holanda e Bélgica: Bruges

A Bélgica aceita brasileiros completamente vacinados há pelo menos 14 dias com vacinas aprovadas pela EMA: AstraZeneca, Pfizer, Janssen e Moderna. Coronavac ainda não é aceita.

Ao chegar é preciso fazer um teste PCR e aguardar o resultado em isolamento.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Bélgica no VnV

Croácia

A Croácia está aberta para turistas brasileiros. Para entrar é preciso apresentar um desses documentos:

  • RT-PCR negativo colhido dentro das 72 horas antes do embarque
  • ou teste negativo de antígeno colhido dentro das 48 horas antes do embarque
  • ou certificado de vacinação completa há pelo menos 14 dias com qualquer vacina aplicada no Brasil

Além disso, é preciso comprovar reservas pagas de acomodação por toda a duração da viagem.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Espanha

turismo e vacinas: Madri

Desde 24 de agosto brasileiros vacinados há 14 dias com esquema vacinal completo podem entrar na Espanha. Todas as vacinas aplicadas no Brasil são aceitas: AstraZeneca, Coronavac, Janssen e Pfizer.

Todos os maiores de 12 anos precisam estar vacinados. Crianças até 11 anos precisam apenas estar acompanhadas de um adulto vacinado.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Espanha no VnV:

França

Mont St.-Michel

A França está aberta a brasileiros vacinados com algum desses esquemas:

  • 2 doses de AstraZeneca
  • 2 doses de Pfizer
  • Dose única da Janssen
  • 1 dose de AstraZeneca + 1 dose de Pfizer
  • 2 doses de Coronavac + 1 dose de Pfizer

A dose de reforço da Pfizer deve ser tomada pelo menos 4 semanas depois da segunda dose da Coronavac.

Quem tomou duas ou três doses pode viajar 7 dias depois da última dose. Mas quem tomou a dose única da Janssen só pode viajar depois de 28 dias de vacinado.

Outras exigências: teste e declaração de honra

Quem chegar à França a precisa apresentar um teste RT-PCR ou antígeno negativo feito dentro das 48 horas que acontecedem o embarque.

É também necessário preencher uma declaração de honra, que pode ser baixada do site do governo aqui.

Passe sanitário francês

Para entrar em museus, atrações turísticas, restaurantes e andar de trem, é preciso emitir um ‘passe sanitário’. As regras mudaram em outubro, e agora o passe não é mais solicitado online. Você leva o seu certificado de vacinação braileiro a uma farmácia credenciada na França e a farmácia faz a conversão para o passe sanitário francês.

Veja todos os detalhes no post Como obter o passe sanitário francês.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

França no VnV:

Grécia

turismo e vacinas: Grécia

A Grécia foi o primeiro país europeu a aceitar oficialmente viajantes vacinados com vacinas ainda não aprovadas pela EMA, como a Coronavac (internacionalmente conhecida como Sinovac) e a russa Sputnik V. A Grécia também anunciou que a vacina não será obrigatória: o país vai aceitar também visitantes que apresentem testes PCR negativos.

No entanto, o visitante precisa vir de uma lista de países pré-aprovados, da qual o Brasil não faz parte. Veja a lista aqui.

Grécia no VnV:

Holanda

Como se locomover em Amsterdã: bicicleta

Desde 22 de setembro brasileiros vacinados (incluindo Coronavac) podem entrar na Holanda sem precisar fazer quarentena na chegada.

Para embarcar é preciso:

  • Ter tomado há mais de 14 dias a segunda dose da vacina (Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer) ou há 28 dias a dose única da Janssen
  • Fazer teste RT-PCR 48 horas antes do embarque ou teste de antígeno 24 horas antes do embarque
  • Preencher o formulário de saúde para viajantes

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Holanda no VnV:

Irlanda

A Irlanda, que desde 25 de setembro aceitava brasileiros aprovados com vacinas aprovadas pela EMA, a partir de 15 de novembro passou aceitar também vacinados com vacinas chinesas. Com isso, todas as vacinas aplicadas no Brasil, incluindo a Coronavac, valem para entrar no país.

O intervalo entre a segunda dose e a possibilidade de entrada na Irlanda varia conforme a vacina:

  • Pfizer: entrada liberada 7 dias depois da segunda dose
  • Janssen: entrada liberada 14 dias depois da dose única
  • Coronavac: entrada liberada 14 dias depois da segunda dose
  • AstraZeneca/Covishield/Fiocruz: entrada liberada 15 dias depois da segunda dose

É preciso também preencher o formulário Passenger Location Form.

Jovens entre 12 e 17 anos precisam apresentar RT-PCR negativo colhido até 72 horas antes do embarque. Crianças até 11 anos estão dispensadas do teste.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Islândia

Viaje na Viagem 12 anos - Islândia

A Islândia está aberta sem necessidade de quarentena a turistas de todas as nacionalidades que tenham tomado duas doses de alguma vacina aprovada pela EMA ou pela OMS. São elas: AstraZeneca (incluindo Covishield), Janssen (Johnson & Johnson), Moderna, Pfizer, Sinovac (Coronavac) e Sinopharm.

Ou seja: brasileiros vacinados com a segunda dose da AstraZeneca, da Pfizer, da Coronavac ou com a dose única da Janssen já podem viajar à Islândia. Veja as exigências aqui.

Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Portugal

Lisboa: atalho ao Castelo

Portugal abriu suas fronteiras para todos os viajantes brasileiros dia 1º de setembro e atualizou as regras dia 18 de setembro.

Viajantes brasileiros acima de 12 anos devem apresentar teste negativo RT-PCR (feito até 72 horas antes do embarque) ou antígeno (feito até 48 horas antes do embarque). É recomendável fazer os testes em laboratórios formais.

Portadores de certificados europeus de vacinação estão dispensados do teste.

Crianças até 11 anos não precisam fazer teste.

Requisitos para voltar ao Brasil

É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

Portugal no VnV:

Receba a Newsletter do VNV

Serviço gratuito

    Reino Unido

    Londres dicas - London Eye

    Brasileiros vacinados há pelo menos 14 dias com esquema completo de vacinas aprovadas pelo Reino Unido podem entrar no país sem quarentena.

    Teste pré-embarque

    Até 6 de janeiro é preciso apesentar um teste PCR ou antígeno colhido dentro das 48 horas antes do embarque.

    A partir de 7 de janeiro não será mais necessário fazer o teste antes de viajar.

    Teste de chegada

    Todos os viajantes precisam fazer um teste até o 2º dia depois de chegar (não é preciso esperar até o 2º dia, dá para agendar logo na chegada).

    Até 6 de janeiro só são aceitos testes PCR, e o visitante deve aguardar o resultado em isolamento.

    A partir de 7 de janeiro não é mais preciso aguardar o resultado em isolamento.

    A partir de 9 de janeiro o teste de chegada será o de antígeno, mais barato e com resultado mais rápido. O PCR só será feito em caso de resultado positivo.

    Formulário de entrada

    Além disso, antes de viajar é preciso preencher um formulário eletrônico de entrada. Nesse formulário você marca e paga o seu teste PCR de chegada.

    Vacinas aceitas:

    • AstraZeneca (Covishield/Fiocruz) – 2 doses
    • Pfizer – 2 doses
    • Janssen – 1 dose
    • Moderna – 2 doses
    • Coronavac – 2 doses
    • Sinopharm – 2 doses
    • Covaxin – 2 doses
    • Ou qualquer combinação entre as vacinas acima

    Nosso certificado de vacinação do ConecteSUS é válido para comprovação da vacinação.

    Viajantes menores de 18 anos não precisam estar vacinados para entrar no Reino Unido.

    Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Reino Unido no VnV:

    República Tcheca

    Praga dicas

    A República Tcheca está aberta a viajantes brasileiros completamente vacinados há pelo menos 14 dias com qualquer vacina aprovada pela EMA: AstraZeneca, Janssen, Pfizer e Moderna. Coronavac ainda não está aprovada.

    Além disso, é preciso preencher um formulário de chegada antes de embarcar, e ter um seguro-viagem que cubra despesas com Covid.

    Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    República Tcheca no VnV

    Suíça

    Brasileiros que já tenham tomado a segunda dose de qualquer vacina aprovada pela OMS – Pfizer, Moderna, Janssen, AstraZeneca, Sinovac (a nossa Coronavac) e Sinopharm – podem entrar na Suíça sem quarentena. Não há exigência de intervalo entre a segunda dose e a entrada na Suíça.

    É necessário também apresentar um teste negativo PCR (coletado dentro das 72 horas anteriores ao embarque) ou antígeno (coletado dentro das 24 horas anteriores ao embarque).

    Para frequentar ambientes fechados você vai precisar de um passe sanitário suíço, que deve ser solicitado nesta página: https://www.covidcertificate-form.admin.ch/foreign.

    Atenção: verifique se a cia. aérea ou o aeroporto de conexão exigem teste RT-PCR para embarcar.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Turquia

    Desde 15 de novembro brasileiros podem de novo entrar na Turquia. Estes são os requisitos:

    • Teste RT-PCR feito dentro das últimas 72 horas antes do embarque
    • Vacinação completa há pelo menos 14 dias com alguma dessas vacinas:
      • 2 doses de AstraZeneca
      • 2 doses de Pfizer
      • 2 doses de Coronavac
      • 2 doses de vacinas diferentes
      • 1 dose de Janssen

    Crianças até 11 anos estão dispensadas do teste e da vacinação.

    Menores de 12 a 17 anos que não tenham completado a vacinação precisam fazer um segundo RT-PCR ao chegar à Turquia.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Turismo e vacinas: América do Norte

    Estados Unidos

    Onde ficar em Nova York: região da Penn Station e rua 34

    Desde 8 de novembro, brasileiros com visto de entrada em dia voltam a poder entrar nos Estados Unidos. As exigências sanitárias são:

    • Estar vacinado há pelo menos 14 dias com o esquema completo de qualquer vacina aprovada pela OMS (todas as vacinas aplicadas no Brasil – AstraZeneca/Covishield, Coronavac, Pfizer e Janssen – estão incluídas)
    • Apresentar um teste negativo – PCR ou antigeno colhido dentro das 24 horas antes do embarque (prazo mais restrito, introduzido por causa da variante ômicron)

    Menores de 18 anos precisam apenas apresentar teste negativo (PCR ou antígeno)

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Destinos nos EUA no VnV:

    México

    Chichén-Itzá

    O México não tem nenhuma exigência sanitária. Não é preciso vacina, nem mesmo teste PCR. Mas desde 11 de dezembr é necessário solicitar uma autorização eletrônica de viagem neste link.

    Quem tenha visto válido para os Estados Unidos, Canadá ou Japão fica dispensado de pedir a autorização. Basta apresentar o visto no embarque e na chegada.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    México no VnV:

    Canadá

    Turismo e vacinas: Canadá

    Brasileiros totalmente vacinados há pelo menos 14 dias com vacinas aprovadas no Canadá podem viajar a turismo desde 7 de setembro.

    As vacinas válidas são Pfizer, Janssen, Moderna e AstraZeneca, incluindo Covishield e Fiocruz. A entrada de viajantes vacinados com Coronavac será permitida a partir de 30 de novembro.

    Além da vacina é preciso fazer um teste RT-PCR 72 horas do embarque, e preencher o formulário ArriveCAN também até 72 horas antes do voo.

    Lembre-se que brasileiros precisam de visto ou eTA para entrar no Canadá. Leia sobre o eTA aqui.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Turismo e vacinas: América do Sul

    Argentina

    Viagens de Natal: El Calafate

    A Argentina está aberta a visitantes de países limítrofes desde 1º de outubro e de todos os países estrangeiros desde 1º de novembro.

    Essas são as exigências para entrar no país:

    • Estar vacinado há pelo menos 14 dias com 2 doses de AstraZeneca, Coronavac, Janssen ou Pfizer, ou a dose única da Janssen
    • Fazer um teste RT-PCR coletado dentro das 72 horas antes do embarque
    • Ter um seguro-viagem que cubra Covid
    • Fazer a declaração juramentada no site do governo argentino
    • Menores de 6 a 17anos não precisam estar vacinados: só precisam apresentar o PCR negativo
    • Visitantes a partir dos 6 anos devem fazer um novo PCR na Argentina entre o 3º e o 5º dia de viagem
    • Menores até 5 anos estão dispensados do PCR

    Entre as fronteiras terrestres, as únicas abertas são as de Foz do Iguaçu e Uruguaiana. Para ir e voltar no mesmo dia, os requisitos são os mesmos, exceto o seguro-viagem.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Argentina no VnV:

    Chile

    O que fazer em Santiago: Sky Costanera

    O Chile revogou o relaxamento de algumas regras, que estava programado para 1º de dezembro. Valem as regras que estavam vigentes em novembro:

    • Fronteiras habilitadas: aeroportos de Santiago, Iquique, Punta Arenas e Antofagasta
    • Fronteiras terrestres: seguem fechadas

    Requisitos de entrada

    • Ter completado o esquema vacinal (com qualquer vacina aprovada pela OMS) há pelo menos 14 dias
    • Atenção: é exigida a dose de reforço depois de 6 meses de tomar a segunda dose ou dose única
    • Preencher o formulário do site MeVacuno, que emite o Passe de Movilidad chileno
    • Apresentar teste RT-PCR colhido dentro das últimas 72 horas antes do embarque
    • Fazer seguro de saúde que inclua covid e ofereça uma cobertura mínima de US$ 30 mil
    • Fazer um teste RT-PCR ao chegar ao Chile
    • Ir para o isolamento em hotel ou lugar escolhido pelo visitante e esperar o resultado

    O exame PCR na chegada deve ser feito no próprio aeroporto de Santiago. O resultado sai em até 24 horas. O viajante pode aguardar o resultado em isolamento no seu hotel em Santiago ou no seu destino final, caso tenha um voo de conexão vinculado à passagem de vinda.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Para voltar por via terrestre não é necessário apresentar teste de antígeno.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Uruguai

    Uruguai devolução IVA problemas MasterCard

    Os requisitos de entrada no Uruguai são:

    Menores de 18 anos só precisam apresentar o teste.

    Não há mais exigência de um segundo teste 5 dias depois da chegada.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    Para voltar de avião, é preciso apresentar um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Para voltar por via terrestre não é necessário apresentar teste de antígeno.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Uruguai no VnV:

    Colômbia

    San Andrés dicas: praia Spat Bright

    Desde 14 de dezembro de 2021 a Colômbia está exigindo vacinação completa de todos os visitantes maiores de 18 anos.

    Além disso, é necesário preencher o formulário de entrada e apresentar o certificado internacional de vacinação contra febre amarela.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Peru

    Machu Picchu novas regras

    Desde 6 de setembro brasileiros já podem voltar ao Peru como turistas, sem necessidade de quarentena.

    Viajantes que tenham esquema vacinal completo de qualquer vacina aplicada no Brasil (2 doses de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer, ou 1 dose de Janssen) só precisam do certificado de vacinação do ConecteSUS.

    Viajantes que tenham tomado apenas a 1ª dose (de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer) precisam apresentar teste RT-PCR negativo feito até 72 horas antes do embarque.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Turismo e vacinas: Caribe

    República Dominicana

    Turismo e vacinas: Punta Cana

    Brasileiros precisam apresentar ou um teste RT-PCR coletado dentro das 72 horas antes da viagem ou vacinação completa há 14 dias, com qualquer das vacinas aplicadas no Brasil.

    A República Dominicana também exige vacinação contra febre amarela.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Aruba

    Aruba

    O país reabriu a fronteira para brasileiros no dia 7 de junho. Não é preciso estar vacinado, mas são exigidos teste e seguro-viagem da ilha. Veja todos os requisitos.

    Atenção: brasileiros precisam de certificado de vacinação contra febre amarela para entrar em Aruba.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Curaçao

    Kenepa Grandi

    Curaçao está aberto a visitantes de todos os países que apresentem teste PCR negativo.

    Ainda não há nenhuma política de entrada vinculada à vacinação.

    Atenção: brasileiros precisam de certificado de vacinação contra febre amarela para entrar em Curaçao.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Cuba

    Cuba eliminou as barreiras de entrada no país para viajantes vacinados em novembro.

    No dia 7 de novembro caiu a exigência da quarentena ao chegar.

    Desde15 de novembro não é mais preciso fazer RT-PCR no desembarque.

    Todas as vacinas são aceitas.

    Mas é bom lembrar que brasileiros precisam de certificado de vacinação contra febre amarela para entrar em Cuba.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Costa Rica

    A Costa Rica está aberta para turismo. É necessário ter um seguro-viagem que cubra Covid e preencher o formulário Pase de Salud.

    Quem está completamente vacinado com Pfizer, Janssen, AstraZeneca ou Moderna não precisa do seguro-viagem.

    Atenção: brasileiros precisam de certificado de vacinação contra febre amarela para entrar na Costa Rica.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Turismo e vacinas: Ásia e África

    Dubai

    turismo e vacinas: Dubai

    A Emirates voltou a vender passagens a brasileiros com destino final Dubai.

    Brasileiros podem entrar nos Emirados Árabes apenas com teste PCR negativo.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Maldivas

    Anantara Dhigu

    Brasileiros podem entrar nas Maldivas.

    Todos os viajantes precisam apresentar um teste PCR negativo feito até 96 horas antes da chegada.

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    Egito

    O Egito está aberto para brasileiros.

    Estas são as exigências de entrada:

    • Vacina contra febre amarela, tomada com pelo menos 10 dias de antecedência do embarque
    • Visto de entrada (pode ser conseguido no desembarque)
    • Vacinação completa há pelo menos 14 dias com qualquer vacina aprovada pela OMS (incluindo AstraZeneca, Coronavac, Pfizer e Janssen)
    • Caso o viajante ainda não esteja completamente imunizado, ou não consiga apresentar um certificado em inglês com QR code, pode entrar com um PCR negativo feito até 72 horas antes do embarque

    Requisitos para voltar ao Brasil

    É preciso fazer um teste de antígeno dentro das últimas 24 horas antes do embarque (ou RT-PCR dentro das 72 horas antes do embarque) e preencher declaração de saúde do viajante da Anvisa.

    Brasileiros que não comprovem esquema completo de vacinação precisarão fazer quarentena de 5 dias ao voltar ao país.

    410 comentários

    Quando não fala a quantidade de doses, mas sim esquema de vacinas completas se refere a 2 ou 3 doses?

      Olá, Rodrigo! Duas doses. As doses de reforço ainda não são obrigatórias em nenhum país (só na França, para quem tomou Coronavac).

    Estou indo para puerto Iguaçu amanhã, sentido a Buenos Aires de carro. Porém, no site conect sus não consigo a declaração, devido a esse ataque hacker. Será que será aceita o cartão de vacina?

    A coronavac já foi aceita na Suíça para solicitar o passe sanitário?
    Entre o quarto e sétimo dia há necessidade de fazer o teste de antígeno na Suíça e submeter para quem?

      Olá, Gi! O passe sanitário suíço já está disponível para quem tomou Coronavac.

      Custa 30 francos suíços.

      Pode ser requerido aqui:
      https://covidcertificate-form.admin.ch/foreign

      (Mude o idioma para inglês)

      Sobre o teste entre o 4ª e o 7º dia:
      After entering Switzerland: Once in Switzerland, everyone aged 16 and over must take another PCR test or rapid antigen test between the 4th and 7th day after entry. For people entering the country and leaving before day 7 (and staying for 6 nights), another PCR or rapid antigen test is not obligatory but recommended. The test result and the number of the entry form or a copy of the contact card must be notified to the canton.

    Para viajar à Republica Dominicana, alguém sabe se 1 dose da Jansenn é considerada como imunização completa? Obrigada!

    Boa tarde! Sobre a França, é referida no artigo a necessidade de apresentação de teste PCR negativo. Entretanto, as páginas do Consulado-Geral da França em São Paulo e do Consulado-Geral do Brasil em Paris falam ser possível também a apresentação de teste antígeno negativo. Qual é a informação mais atualizada? Obrigado!

    Olá, bom dia. Há confirmação que a AstraZeneca Covishield FIOCRUZ é aceita na Holanda? Só consigo achar informação sobre a Covishield da India…Obrigada.

      Olá, Marta! Desde a reabertura dos primeiros países a brasileiros, há uns 5 meses, que já está pacificada esta questão. As vacinas AstraZeneca fabricadas em qualquer lugar são consideradas equivalentes por todos os países que aceitam AstraZeneca.

      Quantas matérias ou relatos você já leu sobre brasileiros barrados por que a Covishield deles era Fiocruz? Nenhum, né? Então.

      Obrigada, Boia. O caso é que submetemos o certificado da minha filha pro sistema da Bélgica (o interno, para uso em trens, restaurantes etc), e foi negado expressamente por não reconhecerem a vacina Fiocruz, apesar da Bélgica reconhecer a covishield Indiana. Minha filha que se mudou pra Holanda em setembro também não conseguiu fazer o covid check para residentes porque não aceitaram a Fiocruz. Ela e o marido tiveram que se vacinar novamente lá. Na KLM não consigo atendimento, mas você levantou um ponto importante, não ouvi nada de ninguém barrado por isso, fico mais tranquila.

      Olá, Marta! Puxa vida, que coisa! Obrigada pelo relato. Até hoje não tínhamos ouvido falar nisso. É muita burocracia, viu? A França tem o mesmo parâmetro (“vacinas aprovadas pela EMA”) e concede o passe sanitário para foi vacinado com Fiocruz.

      Mas para embarque e passagem pela imigração a nossa AstraZeneca vale sem problemas.

      Pois é, foi um susto quando a Bélgica recusou. Mas ficaremos apenas 4 dias na Bélgica, então não será problema fazer dois testes, conforme eles nos orientaram. Minha preocupação era no embarque mesmo. Obrigada!

    Ola!!
    Alguem sabe me dizer quais seriam os testes antigenos aprovados pelo comite de saude uniao europeia? A TAP faz essa exigência para embarque (antigeno ou pcr), mas nao consegui descobrir quais seriam esses testes de antigenos aprovados pela UE. Obrigada!! Vanessa

      Olá, Vanessa! Vá a uma boa farmácia e fale que o teste é para viajar ao exterior.

    Olá Boia, bom dia! O post do Reino Unido menciona necessidade de 2 doses de Janssen, mas entendi que 1 dose é suficiente. Estou errado?

    Atenção: Os comentários são moderados. Relatos e opiniões serão publicados se aprovados. Perguntas serão selecionadas para publicação e resposta. Entenda os critérios clicando aqui.